sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

CARNAVAL BARRA MANSA 2010.


NÃO VOU FICAR PARA VER A BATERIA, MAS GOSTEI DA COMISSÃO DE FRENTE.

A Prefeitura de Barra Mansa, divulgou a sua programação de carnaval. Além dos desfiles de blocos e escolas em frente ao cemitério (isso eu jamais vou aceitar, entender ou concordar), tem atrações variadas como shows quase diários do meu amigo Hebert Levy - antigo U Gheto (muito bom, creiam), Leandro Sapucahy, Cordão do Bola Preta, Banda Marauê (aquela da cantora de Barra Mansa que fez sucesso no Caldeirão do Hulk), Fundo de Quintal e Dominguinhos, além de conjuntos locais de pagode e DJ.

Já tem gente reclamendo no site do Diário do Vale, mas perto do que foi feito nos outros anos está muito bom. Pena é esse defile mórbido no cemitério. Mas no mais, rendo meus parabéns a Prefeitura. Não é o ideal mas já é um grande começo. Já se percebe que o evangélico Pachá de Apiacá não está mandando tanto assim.

Gostei, Zé, vamos evoluir mais.

Pensa em discutir a volta para a Avenida. Sambista gosta de rua.

A burguesia da ditadura do silêncio absoluto pode não gostar, mas temos que ter ousadia para devolver vida à nossa cidade.

Vocês não sabem como fico feliz em elogiar a administração da minha cidade.

Gostaria de poder fazer isso todos os dias.

Quem sabe não é um sonho de carnaval que se concretize.
Sonhar não custa nada, é meu sonho é tão real... (Marcos Moran - Mocidade Independente)

INFORME COLARINHO BRANCO


Boa tarde !!!


O BOTEQUIM COLARINHO BRANCO para encerrar esse Janeiro de muito sol e muita chuva traz para vocês mais uma grande apresentação do músico FIGURÓTICO essa sexta-feira.

Em seu repertório constará os clássicos do rock nacional e internacional dos anos 70, 80 e 90 Dia 29/01/2010 (sexta-feira).Horário: 19h.


*Obs: Não percam dia 06/02/2010(sábado) – 1º FESTA PRÉ-CARNAVALESCA DO COLARINHO BRANCO !!!


Anotem na agenda e venham curtir conosco !!!


Att,


BOTEQUIM COLARINHO BRANCO
“Cara, Alma e Jeito de Botequim”

INFORME APPALOOSA.


CONVITE DIFERENTE.


DIFERENÇAS. PODEMOS FAZE-LAS, MESMO TENDO-AS.

Bem amigos, como já é de praxe, antes de terminarmos a nossa semana, a gente deixa uma mensagem com um desejo sincero de que você aproveite os dias de descanso para viver com intensidade e conspirando para a criação de um mundo melhor.
Quase ao final dessa semana, surgiu a idéia de nos mobilizarmos para através da música prestarmos um ato de solidariedade aos companheiros que tiveram sérias perdas em face das chuvas que assolaram alguns bairros de Barra Mansa. Quero me envolver nisso e quero te convidar também para fazermos diferença nesse processo.
Muitos amigos acham que para fazer a diferença no universo, tem necessariamente de criar uma solução global para todo o mundo. O nosso mundo, a nossa pequena sociedade é composta somente por uns poucos círculos de pessoas que estão mais próximas a nós: nossa família, nossos amigos, nossos colegas de trabalho, pessoas conhecidas, etc. Você não precisa olhar para os problemas da Etiópia para ser uma pessoa que equilibra as ações no mundo. Você só precisa olhar para dentro de você e enxergar que poderes você possui para ajudar a estas poucas pessoas que estão a sua volta a resolverem os seus problemas. Basta isso, e creia: é muito, muitíssimo.
Se você se desalinha com os seus poderes (seus talentos, principalmente os musicais a quem estou clamando), sua insatisfação será eminente e a alegria de servir não estará presente. Existem pagamentos maiores que os cachês, e a vida está cheia de milagres que comprovam a tese.
Desde que uma centelha permaneça incandescente, o fogo da solidariedade pode ser novamente aceso e transformar-se em uma grande fogueira. E se apenas uma centelha permanecer no nosso coração, o Senhor poderá usá-lo para restaurar a ardente confiança em cada ser humano. Se você sentir que apenas uma fagulha da fé permanece em sua vida, peça a Deus que a use para reacender o ardente fogo do comprometimento com Ele e com os irmãos que estão vivendo essa jornada junto conosco.
Mas, a chama da esperança está acesa, porque existe um remanescente de homens e mulheres sérios, que não se dobraram aos interesses mesquinhos e egocêntricos, daqueles que estão procurando o crescimento da sua força interior, e o cerne de seu espírito incomensurável.
Fico realmente triste e decepcionado em ver que em alguns cada vez mais cresce o egoísmo, a indiferença e o amargo entre eles. Parece que cada um deles se fechou em seu casulo travando assim uma inútil batalha contra todos e principalmente contra si mesmo.
Quem não procura fazer a diferença passa despercebido, talvez não atrapalhe, mas certamente não contribui. Quem não faz diferença é apenas um rosto oculto e enevoado no meio de uma multidão de desconhecidos e “anônimos”.
Fazer a diferença é dar aquela contribuição única, no momento certo, que gera os resultados mais inesperados e louváveis. A pergunta básica é: você quer ser a diferença? (muitos não querem, é muito mais fácil, mas nenhum pouco gratificante e engrandecedor!)

Cada um de nós trás um conjunto único de características: a nossa forma de pensar, de sentir e de agir é única e intransferível. E precisamos conhecer isto muito bem, na busca de nossos sonhos, na busca de fazer a diferença. É o talento de todos, cada um na sua praia, por mais modesta que aparentemente possa ser, que convido para realizarmos essa festa de solidariedade no dia 10 de fevereiro.
Há mais de duzentos anos, o grande pensador alemão Goethe disse que quando nós realmente nos comprometemos com uma decisão, o Universo inteiro conspira para que dê certo. Se você quer fazer a diferença, para valer, então dará certo!
Um bom descanso e prazer, e saiba, independente de algumas diferenças que possa haver entre nós, eu espero muito a sua participação fazendo a diferença na vida de quem precisa. Tenho certeza de que nosso carnaval vai ser muito melhor e em harmonia com nós mesmos.
Agradecendo ao amigo Marcial que nos propôs esse desafio, deixo um grande abraço caloroso em todos, sem exceção.
Que Deus se manifeste através de nossas ações.
Bom final de semana, com muita paz no coração e muito amor na cama.

SOLIDARIEDADE BARRAMANSENSE - MÚSICA NA ALMA.


MÚSICOS, ABENÇOADOS PELO DOM, VAMOS RETRIBUIR.

Ontem à noite, estávamos eu e o amigo Marco Antonio Hauegen (ou Marcial se preferirem, ou Quiba, tanto faz) no Bar Bracarense em Volta Redonda, quando ele teve a feliz inspiração de me propor organizar um evento onde os músicos de nossa região, se exibiriam de graça em troca de doações de alimentos, roupas ou materiais que visem a restauração da dignidade dos desalojados e desabrigados pelas chuvas que maltrataram Barra Mansa nos últimos dias. De imediato, achei fantástica a idéia, e começamos a desenhar o evento. Hoje pela manhã, estive com o vereador Lula, presidente do legislativo municipal e ele disponibilizou o pátio de estacionamento da Câmara para realizarmos esse ato de solidariedade. Também vai arcar com as despesas de sonorização.

Então amigos, e precisamos de todos, fica assim mais ou menos combinado: Dia 10, quarta de carnaval, a partir das 19 horas, tentaremos realizar um evento onde todos os amigos artistas que puderem efetuar essa magnitude, vão tocar de graça em troca de donativos para os necessitados. Convoco desde já a rapaziada musical para participar desse pré-carnaval de amor. Figurótico, Pança, Erick, Tony Madeira, Carlinhos Midnight, Julinho Marassi e Gutemberg, Peter e Alan, Angélica, Setas, Dario, Jegg e Vinicci, Coronel Jorge, Guerra, Soninha, Conjunto Indaiá, Tiago Oliveira, Nill, Dinho, entre tantos que a memória não me colabora no momento, por gentileza, vejam se dá para encampar a idéia e entrar nesse barco.
A Du Elo do meu amigo Geraldinho (que também pode dar uma canja), solicito que bolem o material publicitário do evento e com a criatividade que lhes é peculiar, e se quiserem adicionem algum atrativo a mais.
Aos meus companheiros blogueiros do Café no Bule, Blog do Rodrigo, Blog do Leandro Manes, e a galera antenada do Estação BM, solicito cumplicidade e apoio e divulgação na empreitada.
Aos meios de imprensa, em especial nossos amigos Xavier, Bill, Parrã, Tim, entre tantos, também rogo que façam adesão ao movimento.
Aaos grandes amigos disparadores de e-mails Ricardo Rosas e esquerdinha, vamos metralhar.
Enfim vamos arregaçar as mangas para abençoarmos nosso carnaval. Não podemos sair para brincar sem realizar um ato de solidariedade com nossos irmãos.
Aos generosos empresários (Cláudio Manes, Dib Hauegen, Rodrigo Marinho, Chico Caldeira, entre tantos) solicitamos apoio e da forma que vier, será benvindo.
É preciso deixar bem claro que esse evento será uma oferta dos músicos e não terá nenhuma conotação político-partidária. A situação requer união de todos e demagogia alguma terá espaço, mas aos políticos, de qualquer partido ou segmento, que quiserem colaborar de que forma for, terão a eterna gratidão dos beneficiados.

Vamos nos reunir com as lideranças de bairros para diagnosticarmos as prioridades de atendimento, inclusive a comercialização de comidas e bebidas será em favor deles também.
Conto com todo mundo, principalmente com os artistas, que mesmo marginalizados em Barra Mansa, tem amor por essa cidade e jamais vão desistir de lutar por ela.

Como diz nosso “brother" Beto Guedes: “Vamos precisar de todo mundo, um mais um é sempre mais que dois”.

quinta-feira, 28 de janeiro de 2010

PEGANDO FOGO.


BOMBA, BOMBEIRO.

O coronel do Corpo de Bombeiros Adilson Oliveira, 53 anos, foi preso em flagrante nessa quinta-feira, por policiais da 24ª Delegacia de Polícia (Piedade) em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Ele foi encontrado em um motel com uma adolescente de 15 anos.
De acordo com o delegado Sérgio Lomba (Lomba no lombo do bombeiro) , agentes de sua equipe receberam uma denúncia anônima informando que o coronel estaria em um motel com adolescentes e foram até o local. No motel, localizado no início da rodovia Presidente Dutra, os agentes encontraram o militar com duas jovens, uma de 15 anos e outra de 18.

É o fenômeno Viagra atacando. O coronel naturalmente vai dizer em defesa, que estava apagando o fogo das moças.

Cuidado, "El taradon" de Barra Mansa. Nem coronel eles estão aliviando, imagina "sargentinho" puxa-sacos. E não adianta vir com a conversa de que a sua magueira de bombeiro é pequininha e não faz mal a ninguém. Pedofilia é crime do mesmo jeito. É a maior gelada.

PICARETA REFINADA E SUAS AFINIDADES.


TRE E PF FECHAM COMITÊ DA PRESIDENTE DA CÂMARA DE ANGRA.

Fiscais do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e agentes da Polícia Federal (PF) fecharam hoje (28) um comitê da vereadora e presidente da Câmara Municipal de Angra dos Reis, Vilma dos Santos (PRB). A ordem de busca e apreensão foi expedida pela juíza Juliana Bessa Ferraz, da 147ª Zona Eleitoral.
Segundo o delegado da PF, Fábio Galvão, o comitê, localizado na Rua 7 de Abril, no bairro Parque Mambucaba, antigo Perequê, foi lacrado pelos agentes. Ainda segundo o delegado, no local foram apreendidas uma série de documentos e cadastro de pessoas.

Conforme eu já tinha apontado aqui no blog, é só olhar para a figura e ver, sem muito esforço, que trata-se de uma picareta refinada.

A propósito, Vilma é da base aliada de Tuca Jordão, que tem como mentor político, antecessor e guru, Fernando Jordão. Sabe quem?? Exatamente. Aquele que o Roosevelt quer anfiar goela abaixo de nosso povo como deputado federal.

Naturalmente por pura "ideologia".

São tantas coincidências e afinidades no modo de agir, que vou acabar acreditando que nessa prostituição rola um pouquinho de amor.

MA-TE-MÁ-TI-CA.


INVOLUÇÃO DA ESPÉCIE HUMANA.

Como nosso blog foi aderido pelo pessoal da Educação, o que muito nos honra, reproduzo o e-mail enviado pela seguidora Rosangela, que nos remete a uma agradável reflexão.

A Evolução do Ensino da Matemática (Aritmética).

Antigamente se ensinava e cobrava tabuada, caligrafia, redação,datilografia.. havia aulas de Educação Física, Moral e Cívica, Práticas Agrícolas, Práticas Industriais e cantava-se o Hino Nacional, hasteando a Bandeira Nacional antes de iniciar as aulas..Hoje as crianças e os adolescentes primeiramente tem que saber o que é cidadania, sexo seguro com apetrechos eróticos, igualdade racial, igualdade de gêneros, dívida social, dívida histórica, inclusão digital, semântica socialmente correta, etc. Semana passada no COMPER comprei um produto que custouR$15,80. Dei à caixa do mercado R$ 20,00 e peguei na minha carteiar 80 centavos, para evitar receber ainda mais moedas (motociclista odeia isso, cai do bolso). A balconista pegou o dinheiro e ficou olhando para a máquina registradora e para mim, aparentemente sem saber o que fazer.Tentei explicar que ela tinha que me dar 5,00 reais de troco, mas ela não se convenceu e chamou o gerente para ajudá-la. Ficou com lágrimas nos olhos enquanto o gerente tentava explicar e ela aparentemente continuava sem entender. Ainda mais depois que fiz uma piadinha (coisa de Eddie) que ela tem nas mão 11 dedos e não dez...contei na frente dela de um a cinco na primeira e ao contrário na segunda 10, 9, 8, 7 e 6...perguntei quanto era 6 + 5 = 11, então ? vc tem ou não 11 dedos nas mãos...também não sabia responder.Por que estou contando isso?
Meu saudoso Professor nos tempos do Colegio Militar já me avisava sobre o "enburrecimento ciclico" do ensino, que se dá, quando se espera do professor e o aluno deixa de ser auto-didata. Ou seja, eu ensino 100% do que sei, vc aprende 80%, passa pra frente 80% do que aprendeu comigo e o outro absorve só 50%, quando esse foi professor, vai ensinar 50% do que aprendeu e o seu aluno só entenderá 30% disso, em breve, ninguém saberá mais a teoria e nem resolver o problema inicial, pois ninguém foi além do mestre e nem tentou se superar em 120%.

A evolução do ensino de matemática desde 1950, que foi assim:
1. Ensino de matemática em 1950:Um lenhador vende um carro de lenha X por R$ 100,00. O custo de produção Y é igual a 4/5 do preço de venda. Qual é o lucro?

2. Ensino de matemática em 1970:Um lenhador vende um carro de lenha X por R$ 100,00.O custo de produção é igual a 4/5 do preço de venda ou seja R$80,00. Qual é o lucro?

3. Ensino de matemática em 1980:Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Qual é o lucro?

4. Ensino de matemática em 1990:Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. Escolha a resposta certa, que indica o lucro:
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00( )R$100,00

5. Ensino de matemática em 2000:Um lenhador vende um carro de lenha por R$ 100,00. O custo de produção é R$80,00. O lucro é de R$ 20,00.
Está certo?( )SIM ( ) NÃO

6. Ensino de matemática em 2009:Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$80,00. Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.
( )R$ 20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00
7. Em 2010 vai ser assim:Um lenhador vende um carro de lenha por R$100,00. O custo de produção é R$80,00.
Se você souber ler coloque um X no R$ 20,00.
(Se você é afro descendente, especial, indígena ou de qualquer outra minoria social que recebe benefício do governo não precisa responder)
( )R$20,00 ( )R$40,00 ( )R$60,00 ( )R$80,00 ( )R$100,00

Eddie A. Miranda Carvalho.

Atenção, secretários municipais: para que não haja dúvida nem percam o sono, a resposta certa é R$20,00.

NIGUÉM SEGURA NOSSA ANTI-MUSA. OU TODO MUNDO SEGURA?


GEISY NA TV. REPAGINADA. RECAUCHUTADA. REMUNERADA.

Ana Hickmann recebe no programa “Tudo é Possível” da Tv Record, do próximo domingo (31), a estudante mais polêmica do Brasil, Geisy Arruda, apenas com pintura corporal no quadro “Essa Moda Pega?”.

Completamente recauchutada, Geisy Arruda agora só quer saber de exibir seu corpo.

Conforme nossa previsão para a anti-musa do blog, Geisy não quer mais saber da faculdade de turismo, e está viajando em outras carreiras mais "fáceis" e "lucrativas". Agora por exemplo, está navegando pela "pintura no corpo".

É pinto no corpo todo dia.

quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

PERGUNTA??????


AS PERGUNTAS QUE NÃO QUEREM CALAR?


POR QUE NINGUÉM CONSEGUE INFORMAÇÕES ATUALIZADAS SOBRE O NÍVEL DE OPERAÇÃO E RESERVA DA REPRESA DO FUNIL?


POR QUE A POPULAÇÃO NÃO TEM DIREITO A ESSAS INDISPENSÁVEIS INFORMAÇÃOES, MESMO EM PERÍODOS DE ALTO RISCO, COMO O VERÃO?


ALGUÉM PODE NOS DAR ALGUMA INFORMAÇÃO CONFIÁVEL A RESPEITO?

QUEM SABE PEGA NO TRANCO???


CONSELHOS DIDÁTICOS E EXEMPLIFICADOS

PARA A ADMINISTRAÇÃO MUNICIPAL.

Baseado no e-mail encaminhado pelo Thiego Phillipe, vamos dar algumas recomendações ao Governo Municipal de Barra Mansa que ainda não se encontrou. De uma forma bem sugestiva, vamos ver se eles aprendem alguma coisa sobre Gestão administrativa. São 9 aulas exemplificadas para melhor compreensão, visto que eles não tem muita facilidade para o uso da faculdade do raciocínio.

AULA 1
Uma linda jovem foi passear com o seu namorado, quando ouviram uns empregados de uma obra gritar:- Ô babaca, não vá passear, leva para um lugar escuro e come!!! O rapaz, muito envergonhado, segue o seu caminho com a namorada e passam por um parque onde estão vários aposentados sentados, que ao vê-los começam a sugerir ao rapaz: - De mãozinha dada com a gatinha? Você devia é levá-la para um motel, ô veadinho!!!! O rapaz, cada vez mais envergonhado, decidiu levar a namorada para casa. - Então até amanhã, meu amor! A garota responde-lhe: - Até amanhã? Até nunca mais, surdo de merda!
Conclusão:
Escute e ponha em prática os conselhos dos comentários do blog, pois são pessoas que não dependem de puxa-saquismo para viverem. E se não fizeres, a tua imagem de prefeito ficará seriamente comprometida. Cuidado com os conselhos hipócritas dos veadinhos.
AULA 2
Um réu, condenado à prisão perpétua por assassinato em primeiro grau, consegue fugir ao fim de 25 anos na prisão. Ao fugir, entra numa casa, onde dorme um jovem casal. O assassino amarra o homem a uma cadeira e a mulher na cama. A seguir, encosta o seu rosto ao peito da mulher levantando-se e saindo do quarto. Imediatamente, arrastando a cadeira, o marido aproxima-se da esposa e lhe diz: - Meu amor, este homem não vê uma mulher há anos. Eu o vi te beijando o peito e já que ele se afastou um pouco, quero te pedir que cooperes com ele e faça tudo o que ele te pedir. Se ele quiser fazer sexo selvagem contigo, faça e finja que gosta. Por favor. As nossas vidas dependem disso!!! Seja forte, minha linda, eu te amo. A jovem esposa diz ao marido: - Querido, estou agradecida que pense assim! Este homem não vê uma mulher há anos, no entanto ele não me beijou o peito. Ele me disse no ouvido que gostou muito de você e perguntou se guardamos a vaselina no banheiro. Seja forte, meu lindo, eu também te amo muito.
Conclusão:
Não estar verdadeiramente informado sobre a realidade pode trazer sérios inconvenientes. A informação atualizada e exata de nossos comentaristas é fundamental para ter sucesso num eventual ataque de puxa-saquismo desleal e assim evitar surpresas desagradáveis. Muito embora, para alguns daí, a surpresa da história seria “bem”-vinda.
AULA 3
Um rapaz vai a uma farmácia e diz ao farmacêutico: - Senhor, tem preservativo? A minha namorada convidou para eu ir jantar esta noite na casa dela. O farmacêutico dá-lhe o preservativo e jovem sai da farmácia. De imediato, volta, dizendo: - Senhor, é melhor dar outro, porque a irmã da minha namorada, é uma gostosona, e vive cruzando as pernas na minha frente Às vezes, até vejo suas entranhas. Acho que também quer algo, e como vou jantar hoje lá na casa delas... O farmacêutico dá o preservativo e o jovem sai da farmácia. Mais uma vez, volta, dizendo: - Senhor, é melhor dar outro, porque a mãe da minha namorada também é boa pra cacete. A velha, quando a filha não está por perto, vive se insinuando de um jeito que me deixa excitado, e como eu hoje vou jantar lá na casa delas... Chega a hora da comida e o rapaz está sentado à mesa com a sua namorada ao lado, a mãe e a irmã à frente. Nesse instante entra o pai a namorada e senta-se também à mesa. O rapaz baixa imediatamente a cabeça, une as mãos e começa a rezar: - Senhor, abençoa estes alimentos, bzzzz, bzzzz, bzzzz,.. damos graças por estes alimentos ... Passa um minuto e o rapaz continua de cabeça baixa rezando: - Obrigado Senhor por estes dons, bzzz, bzzz, bzzz...... Passam cinco minutos e prossegue: -Abençoa Senhor este pão, bzzz, bzzz, bzzz,.... Passam mais de dez minutos e o rapaz continua de cabeça baixa rezando. Todos se entreolham surpreendidos e a namorada diz ao ouvido: - Meu amor, não sabia que eras tão religioso... - E eu não sabia que o teu pai era farmacêutico!
Conclusão:
Não comente os planos estratégicos da administração com desconhecidos, porque essa inconfidência pode destruir o seu próprio governo. E muito cuidado com quem você recebe na sua casa. Puxa-sacos inconvenientes não são as melhores companhias nem os melhores conselheiros.
AULA 4
Um homem está entrando no chuveiro enquanto sua mulher acaba de sair e está se enxugando. A campainha da porta toca. Depois de alguns segundos de discussão para ver quem iria atender a porta, a mulher desiste, se enrola na toalha e desce as escadas. Quando ela abre a porta, vê o vizinho em pé na soleira. Antes que ela possa dizer qualquer coisa, o vizinho diz: - Eu lhe dou 3.000 reais se você deixar cair esta toalha!!! Depois de pensar por alguns segundos, a mulher deixa a toalha cair e fica nua. O vizinho então entrega a ela os 3.000 reais prometidos e vai embora. Confusa, mas excitada com sua sorte, a mulher se enrola de novo na toalha e volta para o quarto. Quando ela entra no quarto, o marido grita do chuveiro: - Quem era??? - Era o vizinho da casa ao lado, diz ela. - Ótimo!!! Ele lhe deu os 3.000 reais que ele estava me devendo??
Conclusão:
Se você compartilha informações no tempo certo, e não fazendo propaganda de coisas que ainda não aconteceram, você pode prevenir exposições desnecessárias.
AULA 5
Um padre está dirigindo por uma estrada quando um vê uma freira em pé no acostamento. Ele para e oferece uma carona que a freira aceita. Ela entra no carro, cruza as pernas revelando suas lindas pernas. O padre se descontrola e quase bate com o carro. Depois de conseguir controlar o carro e evitar acidente ele não resiste e coloca a mão na perna da freira. A freira olha para ele e diz: - Padre, lembre-se do Salmo 129!!! O padre sem graça se desculpa: - Desculpe Irmã, a carne é fraca... E tira a mão da perna da freira. Mais uma vez a freira diz: - Padre, lembre-se do Salmo 129!!! Chegando ao seu destino a freira agradece e, com um sorriso enigmático, desce do carro e entra no convento. Assim que chega à igreja o padre corre para as escrituras para ler o salmo 129, que diz: "Vá em frente, persista, mais acima encontrarás a glória do paraíso".
Conclusão:
Se você não está bem informado sobre o seu trabalho, e confia excessivamente na sua Consultoria Jurídica, assinado coisas sem ler e entender, você pode perder excelentes oportunidades administrativas e evitar ações do funcionalismo.
AULA 6
Dois funcionários e o gerente de uma empresa saem para almoçar e na rua encontram uma antiga lâmpada a óleo. Eles esfregam a lâmpada e de dentro dela sai um gênio. O gênio diz: - Eu só posso conceder três desejos, então, concederei um a cada um de vocês!!! - Eu primeiro, eu primeiro." grita um dos funcionários... Eu quero estar nas Bahamas dirigindo um barco, sem ter nenhuma preocupação na vida " ... Pufff e ele foi ... O outro funcionário se apressa a fazer o seu pedido: - Eu quero estar no Havaí, com o amor da minha vida e um provimento interminável de pina coladas!!! Puff e ele se foi ...- Agora você - diz o gênio para o gerente .. - Eu quero aqueles dois de volta ao escritório logo depois do almoço para uma reunião!
Conclusão:
Deixe sempre o seu chefe falar primeiro. A não ser que você resolva de fato assumir a prefeitura e mande o pachá de Apiacá para casa do cacete.
AULA 7
Na África todas as manhãs o veadinho acorda sabendo que deverá conseguir correr mais do que o leão se quiser se manter vivo. Todas as manhãs o leão acorda sabendo que deverá correr mais do que o veadinho se não quiser morrer de fome.
Conclusão:
Não faz diferença se você é veadinho ou leão, quando o sol nascer você tem que começar a correr. O professorado não agüenta mais tanta incompetência e desmando. Os alunos também não.
AULA 8
Um corvo está sentado numa árvore o dia inteiro sem fazer nada. Um pequeno coelho vê o corvo e pergunta: - "Eu posso sentar como você e não fazer nada o dia inteiro?" O corvo responde: - "Claro, porque não?" O coelho senta no chão embaixo da árvore e relaxa. De repente uma raposa aparece e come o coelho.
Conclusão:
Para ficar sentado sem fazer nada, você deve estar no topo, a não abaixo do pachá de Apiacá ou com ação no TRE ameaçando o seu mandato.
AULA 9
Um fazendeiro resolve colher algumas frutas em sua propriedade, pega um balde vazio e segue rumo as árvores frutíferas. No caminho ao passar por uma lagoa, ouve vozes femininas que provavelmente invadiram suas terras. Ao se aproximar lentamente, observa várias belas garotas nuas se banhando na lagoa, quando elas percebem a sua presença, nadam até a parte mais profunda da lagoa e gritam: - Nós não vamos sair daqui enquanto você não deixar de nos espiar e for embora. O fazendeiro responde: - Eu não vim aqui para espiar vocês, eu só vim alimentar os jacarés!
Conclusão:
Não pense que só porque o centro administrativo está bonito que você pode se banhar. O proprietário real, que é o povo, pode, quando mesmo se espera, vê-lo sem roupa, e sem a cortina da mídia paga que encobre as suas intimidades, poderemos ver o rabo grande dos jacarés que o cerca. É só pensarmos e sermos criativos.
Entendeu, ou quer que desenhe?

TPM NA ECONOMIA.


BRASIL – LÍDER MUNDIAL – DE JUROS.

O Comitê de Política Monetária do Banco Central define hoje a taxa básica de juro que irá vigorar no país pelos próximos 45 dias. Na mais realista das hipóteses, o Brasil levará a taça de campeão mundial de juros, um título que nos tem perseguido ao longo de todo o governo Lula e do qual não temos nada do que nos orgulhar. Segundo levantamento feito pela consultoria UpTrend, se o BC optar por manter o juro básico em 8,75% anuais, hipótese tida como mais provável pelo “mercado”, a taxa real brasileira – ou seja, descontada a inflação projetada para os próximos 12 meses – permanecerá em 4% ao ano. Pode parecer pouco, diante do passado recente, quando o juro real chegava a 10%, mas é uma excrescência perto do que praticam as demais nações neste momento de retomada ainda tênue da economia mundial. A média de juro real nas 40 economias acompanhadas pelo UpTrend é de 0,1% negativo. Isso mesmo: nesse grupo, metade pratica taxas iguais a zero ou menores do que a inflação corrente em suas economias. E por que fazem isso? Porque o juro alto asfixia a atividade econômica, além de provocar distorções na formação de preços básicos da economia, como o do dólar. Façamos a comparação com economias de porte similar à nossa, ou os propalados “emergentes” aos quais os analistas creditam a retomada mundial. Na China, que acaba de tomar medidas para esfriar sua frenética atividade interna, o juro real está em 3,3%. Na Rússia, em 0%, e na Índia, em 9% negativos. Pra não esquecer: no Brasil, são vistosos 4%. E nossos vizinhos latino-americanos, como se comportam? Na Argentina, o juro real é de 2%, e no Chile, 1,9%. Isso significa que em todos estes países dá-se mais estímulo para que a atividade econômica se desenvolva do que no Brasil de Lula e Dilma.
Vale observar também como se comportam os bancos centrais nas economias mais robustas. Nos EUA, o juro real é negativo (-2,5%). Na Inglaterra, idem: -2,3%. Pouco mais conservador, o Japão pratica taxa de 2% ao ano, ainda assim metade da nossa. E na Itália, a taxa é zero.Nos últimos dois anos, 1.066 empresas brasileiras deixaram de exportar; só no ano passado foram 585 firmas a menos atuando no mercado externo. Até o número de grandes exportadores (com vendas anuais acima de US$ 100 milhões) caiu, de 260 para 223. O efeito global pôde ser medido na queda de 22% nas exportações brasileiras em 2009, a maior desde a década de 1950. A consequência disso foi terem produzido menos e empregado menos brasileiros. Como se vê, a cadeia dos juros altos é longa e bate no nosso bolso de várias maneiras, nenhuma delas positiva.

Ontem, ao conversar com um empresário super bem sucedido e que diversifica seus investimentos, ele me fez um alerta que repasso a todos vocês: mesmo na crise, a bolsa chegou a 35.000 pontos, hoje opera na faixa dos 70.000. CFM me disse que fecharemos o ano na casa dos 30.000. Então pequenos acionistas, atenção, pois a dica é quente.

Donas de casa, tenham cuidado com as bolsas nas ruas. Maridos, cuidado com a bolsa de valores e com o governo TPM - Tudo pela mentira.

REGALIAS DE UM FILHO MIMADO DO BRASIL.


DEM,PSDB e PPS protocolam mais uma ação contra Lula e Dilma no TSE

Os partidos DEM, PSDB e PPS protocolam ontem (26.jan.2010) mais uma representação no Tribunal Superior Eleitoral contra o presidente Lula e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. A representação acusa Lula e Dilma de campanha eleitoral antecipada.
Na petição, os partidos questionam evento realizado na última sexta-feira (22.jan.2010) em São Paulo, quando Lula e Dilma participaram de inauguração da sede do Sindicato dos Trabalhadores em Processamento de Dados de São Paulo. Segundo comunicado divulgado pela assessoria de imprensa do partido Democratas “Lula se utilizou do evento em tela para tentar projetar a candidatura da ministra Dilma à sucessão presidencial de 2010”.

Esta é a segunda ação que DEM,PSDB e PPS protocolam contra Lula e Dilma em menos de uma semana. Na última quinta-feira (21.jan.2010) os partidos questionaram a presença do presidente e da ministra na inauguração de uma barragem na cidade de Jenipapo, em Minas Gerais, na terça-feira (19.jan.2010).

É um notório desrespeito à lei que fixa tempo e prazos das campanhas eleitorais. Mas Lula, que mais do que nunca se acha filho único do Brasil, pensa que pode extrapolar todos os limites legais. Inclusive Lula disse que Dilma está uma "palanqueira" de primeira. É ou não é campanha? Triste é que nós é que pagamos os luxos do filho mimado.

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

LULA NOSSO DE CADA DIA.


Hospitais de Barra Mansa deverão anunciar plantonistas na recepção.

Reprodução de matéria do jornal "Folha do Interior", em seu site.

O prefeito de Barra Mansa José Renato (PMDB) sancionou o Projeto de Lei 252/09, de autoria do vereador Luiz Baptista de Barros, Lula (PMDB), que estabelece como obrigatoriedade dos hospitais públicos ou privados fixarem, em local visível, listas dos médicos plantonistas, enfermeiros médico e do responsável pelo plantão. Ao lado do nome de cada médico deverá constar a respectiva especialidade do profissional de plantão. A Lei nº 386l, sancionada no dia 17 de dezembro de 2009, já está em vigor em todo o município.“Precisamos assegurar aos usuários da saúde, nos segmentos público e particular, um tratamento digno e de integral respeito aos direitos do cidadão, mantendo a transparência nos serviços a ele oferecidos e garantindo-lhe o inalienável direito de saber, com antecedência, qual o profissional que o atenderá. O prefeito José Renato entendeu a importância do nosso projeto, que sintetizava a vontade da população e não teve dúvidas em sancioná-lo, permitindo mais uma conquista para os usuários da saúde, melhorando a sua qualidade de vida”, disse Lula.

Parabéns, Lula. Essa é a essência do trabalho legislativo. Simplicidade e criatividade para melhorar a qualidade de vida do povo e respeito a cidadania. Vão dizer que é puxa-saquismo.
Não é, não preciso disso, mas mesmo se fosse, seria merecido.

PRIMEIRÍSSIMA MÃO.


MARIA GADÚ SERÁ O SHOW EM SUBSTITUIÇÃO À MARIA RITA.

Paulistana de 22 anos, que já foi mochileira e cantou na Europa, Maria Gadú se apresentará no Cine 9 de abril, no dia 02 de fevereiro, em substituição ao show de Maria Rita, cancelado pelo risco de um evento ao ar livre nessa época de intensas chuvas na região.

Maria Gadú, que recebe constantes elogios de Miltoin Nascimento e Caetano Veloso, emplacou o sucesso "Shimbalaiê". O curioso é que essa canção foi feita por ela própria quando tinha apenas 10 anos.

Aqui no blog voce as vezes sai na frente da informação e com detalhes só nossos.
Shimbalaiê, Gadú.

REALIDADE NO ESCURO.


PRIMEIROS NÚMEROS DO CONCURSO.

O Diário do Vale, em seu site, anunciou que:

Ontem (25) foram abertas as inscrições para o concurso público de Barra Mansa e, surpreendendo até as expectativas da própria prefeitura, mais de 4,6 mil pessoas já se inscreveram para o processo seletivo, que está oferecendo 1.435 vagas em todos os níveis, para diversas áreas de conhecimento.

Antes, que naturalmente a turma do "bem" venha rotular isso como sucesso, ou então como confinça do povo na administração, temos outra ótica pois a realidade de Barra Mansa, hoje, dia 26 de janeiro de 2010, é outra.

Temos centenas de pessoas desalojadas.

60% dos bairros sem luz.
Ruas sem conservação e esburacadas.

Vários bairros sem água, e para piorar:

4600 desempregados desesperados se sujeitando a pagar taxa de inscrição para concorrer a um salário de fome que não respeita nem o piso estadual.
Estamos ansiosos por uma verdadeira luz de esperança no futuro de nossa cidade, que ofereça um mínimo de dignidade aos nossos moradores.

AQUI E LÁ, O BLOG TÁ DANDO O QUE FALAR...


AQUI ENTRE NÓS.

Percebemos na edição nº 668 do jornal Aqui, de 9 de janeiro de 2010, uma matéria na página 16, que fala da polêmica sobre o edital do concurso público anunciado pela Prefeitura de Barra Mansa. A matéria intitulada "Que trapalhada", ocupa uma página inteira e quase um terço faz menção ao nosso blog. Agradecemos e reproduzimos a parte que nos cita:

"...A polêmica em torno do salário oferecido pode transformar o concurso público em um verdadeiro fiasco. No Blog do Julinho (Júlio Esteves, Controlador Geral da Câmara de Vereadores de Barra Mansa, grifo nosso), não são poucas as postagens sugerindo que os vereadores recorram ao Ministério Público Estadual e Federal para impedir a realização do concurso. E dão pelo menos três bons motivos para isso. O primeiro é porque existe diferença nos valores cobrados pela taxa de inscrição. Os candidatos de nível fundamental, por exemplo, se quiserem participar da seleção terão que desembolsar R$ 15,00 para se inscreverem. Os de nível médio, R$ 25,00 e os de nível superior R$ 50,00. “Como a remuneração é uma só para todos os cargos, o valor da inscrição também deveria ser um só”, defendem os internautas.
O segundo motivo tem a ver com a justificativa que o prefeito Zé Renato deu para explicar a baixa remuneração prevista no edital do concurso. Segundo o chefe do Executivo barramansense, após a aprovação de um Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV) os salários dos concursados poderiam ser reajustados e muitos receberiam, a partir daí, até R$ 1.000,00 – o que, convenhamos, ainda é pouco para determinados cargos, como os de médico que fogem da região justamente pelo que as prefeituras oferecem.
Para piorar, Barra Mansa mesmo não tendo seu PCCV, vem recebendo verbas do governo federal para as áreas de Educação (Fundef) e Saúde (SUS). E políticos de oposição garantem que isso é ilegal, pois a regra seria clara: a União só libera recursos para os municípios que apresentam Plano de Cargos e Salários e os cumprem a risca. O que não é o caso de Barra Mansa.
O terceiro motivo é preocupante. Diz respeito à contratação da empresa organizadora do concurso público: a Fundação Bio-Rio Concursos. Segundo o Blog do Julinho, a Bio-Rio entrou pela porta da frente da prefeitura, sem ter vencido qualquer concorrência. Pior. Júlio Esteves destaca que o governo Zé Renato teria dispensado a licitação e contratado os serviços da empresa, que começou suas atividades em 2009 e que têm no currículo apenas dois concursos públicos: um para a prefeitura de Várzea Paulista (SP) e outro para a Escola Técnica do Arsenal de Marinha (ETAM), no Rio de Janeiro.
“Qual seria a justificativa dada pela douta Consultoria Jurídica da prefeitura de Barra Mansa para dispensar de licitação, para contratação da Bio-Rio?”, questiona, Júlio Esteves, em seu blog. “Acabou a cachimônia dessa gente (...) vereadores, não tem como vocês não adentrarem nesse assunto”, alertou. .."

Agradecemos o jabá.

Espero que essa relação de cumplicidade permaneça.

Mas tenho minhas dúvidas.

CELEBRARE E EU, UMA HISTÓRIA COM FIM. TALVEZ.


MINHA HISTÓRIA COM CELEBRARE.

Frequentei muita discoteca. Tive o prazer de conhecer e dançar muito na “New York City”, “Papagaio”, “Mikonos”, “Marrakesch”, “Tropicana”, “Dancin Days”, “Hippopotamus”, entre outros “disco clubs” do Rio de Janeiro. Arrisquei muitos passos de dança e ganhei alguns concursos, que me renderam o apelido de “Júlio Travolta”, bem antes dos “Cacos Antibes”, “Martas Rochas”, e tantos outros que vieram pela minha vida e que jamais me incomodaram, talvez por isso não emplacaram.

Aqui na região também tivemos a saudosa “Trapus” e o “Porão”, que sobrevive até hoje com outra cara.

O que eu achava mais interessante na "febre disco", além da elegância dos frequentadores, mesmo os jovens, era a alegria espontânea que observava nas pistas e nos arredores. As gangues se desarmavam e a gente só vivenciava era muito sorriso, alegria e beijo na boca.

Ao som de Donna Summer, Bee Gees, Stevie Wonder, Tina Charles, Gloria Gaynor, Village People, Frenéticas, entre outros “monstros" da discomania, vivi intensos prazeres e roubei centenas de beijos.

Depois foram criados novos movimentos e resignado, aceitei com nostalgia. Mas sempre prestigiei os eventos tipo “Dancin days”, que matavam a nossa saudade em parte.
Foi num desses dias nostálgicos que um amigo me falou que no SESC-Barra Mansa, estava se apresentando uma banda carioca que tinha feito um sucesso danado antes do show do Barry White no Rio, e que essa banda, composta de músicos virtuosos, tinha como mote a “dance music”.

Corri para lá e foi amor à primeira vista. Só deu tempo de vê-los executarem as saideiras, mas deu para gostar de imediato.

Meses depois o Júnior Nader realizou dois shows com a banda na Penedo Dance House. Esses dois eu vi completo e carimbei a minha admiração. Depois disso foi a vez do Salume leva-los para tocar no Porão. Foi lá que mantive o meu primeiro contato pessoal com a rapaziada da banda. Passado mais algum tempo, na melhor festa de aniversário de todos os tempos no interior, a comemoração de 80 anos do Thomé de Volta Redonda, assisti o Celebrare mais uma vez, desta feita, em forma de baile. Foram mais de quatro horas de Celebrare. Nesse dia, fechei com o Marco Manela, cantor e “dono” da Banda, que poderíamos realizar parcerias visando um evento em Barra Mansa.

E assim foi feito. Realizei no Clube Municipal, meu primeiro evento com o Celebrare. Nesse dia também lancei oficialmente o meu CD de mensagens. A casa estava cheia e apesar da acústica ruim do Ginásio, o show foi memorável e ficou estabelecida a parceria. Fui convidado de honra para o show deles no Canecão e tive o prazer de já trata-los como amigos de longa data. Mais algum tempo depois realizamos outro show no Municipal, esse não com muito êxito, mas antes disso intermediei mais duas apresentações da banda. Uma na Ilha São João, numa formatura de novos bacharéis de direito (uma das melhores formaturas que já presenciei) e uma outra numa festa beneficente no Clube do Recanto, onde o recente e precoce falecido Clélio do Alho, bancou o show revertendo a renda do “leilão” para uma instituição de caridade da cidade. Digo leilão, pois o motivo da festa era um leilão de camisas de famosos jogadores de futebol do passado. Adivinhem quem foi o leiloeiro? Esse mesmo que vos posta. O Clélio me botou nessa roubada, mas no final, arrecadamos quase vinte mil reais em venda de camisas que só tinham valor sentimental para torcedores apaixonados. Só a do Rivelino, fiz o falecido Dumar do cartório pagar quatro mil reais. Minha carreira de leiloeiro estava inaugurada e automaticamente encerrada. Mas valeu a experiência. Não preciso dizer que minha “comissão” também foi para a Instituição de caridade.

Bem, passados mais alguns anos e depois de ter assistido a Banda mais umas seis vezes em Resende, Volta Redonda e no Riosampa, resolvi apostar no grupo novamente. Realizamos um show épico no Ilha Clube e esse foi o que nos deu maior retorno financeiro. Estava tudo perfeito e apesar das vinte e oito autorizações que tive que conseguir para realizar o show, por intransigência da prefeitura, foi um sucesso.

Marco Manela, Silvia Galhardo, Edu Lissovsky, Emerson Mardine, entre componentes da banda, já tinham se tornado nossos amigos de “infância”, além da equipe dos bastidores da banda que também sempre me foi excessivamente gentil. Porém, um belo dia, atordoado pelo ritmo das campanhas políticas paralelas ao evento, fui forçado a cancelar um show da banda previsto para a PET dos Funcionários. A amizade se encerrava por aí.

Marco Manela, na qualidade de bom judeu e empresário, não aceitou minhas justificativas e deixou registrada sua decepção. Mesmo inocente, creio que fiquei com uma dívida moral com a banda. Não esperava que o ECAD, ao cobrar uma taxa absurdamente cara, inviabilizasse a realização financeira do evento. Não me restou alternativa a não ser cancelá-lo. Eu compreendi a revolta do Marco, afinal eles vivem disso, eu não. Foi a razão por ter abandonado o ramo ou “hobbye” de empresário artístico. Sempre gostei de fazer as coisas bem feito e dessa vez, mesmo involuntariamente, não consegui.
Mas meu carinho pela banda permanece, e sábado, antes de sair do hotel que estava hospedado, tive uma grata surpresa ao vê-los cantando ao vivo para todo o País, na festa noturna do BBB 10. Me senti como se ali estivesse junto com eles e galgando um reconhecimento maior pela mídia. Conhecendo Marco como conheço, percebi que sua voz estava embargada por nervosismo e ansiedade.
No estado do Rio, o Celebrare já tem a sua história e o seu fã-clube, mas no Brasil como um todo, ainda são desconhecidos do grande público, apesar de algumas outras participações em programas de menor expressão.

Em todos os quase vinte shows que vi ou produzi do Celebrare, a emoção de ver uma época tão maravilhosa ressurgindo na minha frente não teve preço. E espero que em todo o País, várias pessoas possam reviver esses momentos com tanta qualidade como é oferecida pela Banda Celebrare.
Celebra Celebrare, vocês vão chegar ao ponto de carreira que merecem.
Do amigo eterno, mas agora só na qualidade de fã,
Julinho Esteves.

Um dia, certamente, vou ter a oportunidade de sanar minha dívida moral.

TREM BALA - NOVA AUDIÊNCIA EM BARRA MANSA


ME DECULPEM OS VIZINHOS, MAS ESSA TEM QUE SER NOSSA.


Postagem reproduzida do site do Diário do Vale. (www.diariodovale.com.br)


Depois de Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas e Brasília, será a vez de Barra Mansa receber os integrantes do governo federal, capitaneados por técnicos da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), para uma audiência público sobre o projeto do Trem de Alta Velocidade (TAV).

O encontro acontece na próxima sexta-feira, dia 29, no Auditório do Centro Universitário de Barra Mansa (UBM), no Centro. As atividades são divididas em dois horários: das 08h30 às 12h30, com a apresentação sobre os estudos de viabilidade; e das 14h às 17h30, quando serão apresentados as minutas do Edital de Licitação e o Contrato de Concessão. Em ambos os momentos, haverá espaço para manifestações do público. Segundo a ANTT, "por motivos de segurança, o número de participantes nas sessões públicas será limitado à capacidade do local de realização do evento". Assim, todos os interessados devem fazer seu credenciamento, no dia do evento, das 08h30 às 09h30. O auditório do UBM possui capacidade de 320 lugares.A mesa diretora do evento será composta pelos seguintes membros: Presidente, Secretário e Representantes da Procuradoria-Geral da ANTT, da Superintendência Executiva da ANTT, do Ministério dos Transportes, da Casa Civil e do BNDES.
O projeto do TAV foi lançado para consulta pública no mês passado, juntamente com a minuta do Edital. Ambos estão sujeitos a sugestões e as audiências públicas são uma forma da população conhecer os estudos e poder sugerir alterações, que serão ouvidas pela ANTT. Os estudos técnicos realizados pela agência definiram oito estações obrigatórias, em seis cidades diferentes. Quatro já estão definidas: Rio de Janeiro, São Paulo, Campinas e Aparecida. Em outras duas estações obrigatórias, localização exata das paradas ainda não foi decidida - uma ficará no Vale do Paraíba paulista, provavelmente em São José dos Campos; e outra no Vale do Paraíba fluminense. Barra Mansa é a cidade que está indicada nos estudos técnicos para receber a estação no Sul Fluminense. Pelo documento, a parada será na altura do bairro São Judas Tadeu, próximo ao Bárbara.
Contudo, a decisão final sobre a estação será feita pela concessionária que vencer a licitação - Volta Redonda e Resende correm por fora e também apresentaram seus planos para os técnicos da ANTT, que visitaram as cidades no ano passado, onde se reuniram com os prefeitos.

Zé, estamos de cara com o gol, vê se não dá mole.

NÃO VAI DAR PARA ABRAÇAR.


CHUVAS COLOCAM EM RISCO REALIZAÇÃO DO SHOW.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Volta Redonda informou hoje (26) que o show da cantora Maria Rita, marcado para o dia 2 de fevereiro, na Praça Brasil, foi cancelado. A medida foi tomada em função das frenquentes chuvas que atingem a cidade, já que a apresentação seria na Vila, em local aberto.
Ainda segundo a assessoria, até o final do dia será anunciada a atração que irá substituir a cantora. O novo show irá acontecer no Cine Nove de Abril, na Vila Santa Cecília.

VELHA DESINFORMAÇÃO GLOBAL.


Está no site da Globo. (www.globo.com):

"...Os municípios de Barra Mansa e Volta Redonda também sofreram fortes consequências em decorrência da chuva forte.
No bairro Oficinas Velhas o volume de água é grande. Muitos moradores ficaram ilhados, e ruas e casas ficaram alagadas. Um morador precisou usar uma boia infantil para se locomover. Outro enfrentou a enchente para levar água potável para casa. Um carro quase ficou submerso...".


Não é de hoje que todas as notícias veiculadas sobre Barra Mansa, através das organizações Globo, são imprecisas e errôneas. Parece teoria da conspiração de minha parte, mas é fato.
Várzea das Oficinas para Oficinas Velhas, é sacanagem.

Velha aqui não é a oficina, é a forma de fazer política e administrar a cidade, sempre com obras imediadistas e eleitoreiras e carente de prevenção, infra-estrutura, conscientização e planejamento urbano.

Não há oficina que conserte essa anomalia congênita. Pelo menos as velhas.

Quem sabe a gente um dia construa uma nova oficina para lanternar essa mentalidade.
Plim-plim.

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

RESULTADO - NOVA PESQUISA.

DE QUEM É A CULPA?
As mulheres ainda são minoria na política e o Brasil tem um dos piores índices de representação feminina no poder público, mas nosso blog postou essa homenagem as poucas aventureiras em forma de enquete. E o resultado para a pergunta de quem foi a melhor representante do sexo feminino na política de Barra Mansa e Volta Redonda foi o seguinte:

BARRA MANSA:
1. RUTH COUTINHO (MÃE) 45,83%
2. INÊS PANDELÓ 31,67%
3. RUTH COUTINHO REBELLO (FILHA) 3,33%
4. ELISA MARIA E SÔNIA COUTINHO 2,50%
6. NEUSA MARIANO 0
NENHUMA DELAS 14,17%

VOLTA REDONDA:
1. GLÓRIA ROUSSIN 51,79%
2. CIDA DIOGO 29,46%
3. NEUZA JORDÃO 5,36%
4. GLÓRIA AMORIM 2,68%
5. DODORA 1,79%
6. AMÉRICA TEREZA E ANGELA PADILHA 0,89%
8. MARRI BALTAZAR 0
NENHUMA DELAS 7,14%

Antes que surjam as costumeiras reclamações sobre o resultado da enquete, quero informar que em comentário em uma postagem, Ricardo Maciel declarou seu voto e seu apoio na enquete, e não sei qual o expediente que ele usa, mas é notório que ele sempre consegue influenciar o resultado final. Já lhe pedi para evitar essa campanha que altera a expressão real de nossos visitantes, mas não tenho como impedi-lo. Em outras enquetes soubemos que houve mutirão entre os comissionados da prefeitura e militantes petistas, que de alguma forma também influenciaram os resultados obtidos. Eu particularmente, só voto uma vez, mesmo porque não teria como votar mais do que isso, e não faço campanha. Nessa enquete específica votei na Ruth Coutinho (mãe) e na Neuza Jordão (a quem não conheço pessoalmente), mas reconheço que as duas que galgaram maior projeção e poder nas duas cidades são respectivamente Inês Pandeló e Cida Diogo. Não conheci Gloria Roussin e não posso tecer comentários sobre ela. Também não consegui fotos das duas vencedoras e ficarei devendo.

Reitero, mais uma vez, que os resultados das nossas enquetes não tem valor estatístico nem científico, nem representam o pensamento popular. Sendo apenas uma abordagem casual sobre as impressões específicas dos nossos visitantes do blog.

Mas nem por isso vamos encerrar a brincadeira, e lançamos a próxima enquete com três perguntas:

COMO VOCÊ AVALIA A ADMINISTRAÇÃO DOS ÚLTIMOS 9 ANOS EM BARRA MANSA (ROOSEVELT -ZÉ RENATO)?

Respostas possíveis: ÓTIMA– BOA – REGULAR – RUIM – PÉSSIMA.

COMO VOCÊ AVALIA A ADMINISTRAÇÃO DOS ÚLTIMOS 13 ANOS EM VOLTA REDONDA (NETO-GOTHARDO-NETO)?

Respostas possíveis: ÓTIMA – BOA – REGULAR – RUIM – PÉSSIMA.

DE QUEM É A CULPA DAS ENCHENTES?

Respostas possíveis:
DA NATUREZA, POR CAUSA DAS CHUVAS.
DO HOMEM, POR CAUSA DO LIXO.
DOS PREFEITOS, POR CAUSA DA INCOMPETÊNCIA.

Nessa última, são aceitas mais de uma opção.

Já começou. Pode votar.


PARTICIPAÇÕES PRA LÁ DE ESPECIAIS.


TAL E QUAL.

Hoje, realizamos uma checagem nos históricos de nosso blog.

É novinho, mas já está dando "trabalho".

Já realizamos 351 postagens, que geraram 1.398 comentários, sendo que 879 de visitantes e 519 realizados pelo autor. No total enviei 870 mensagens e minha boca ainda não quer calar. Parece vício, pois quanto mais eu falo (escrevo) (teclo) (tanto faz), mas dá vontade de falar.

Estamos quase empatados: Eu me pronunciei 870 vezes e vocês 879. Assim que é bom. Sinal que estamos interagindo bem.

Tudo isso, já nos rendeu 6.248 acessos.

Espero que estejamos atingindo nossos objetivos e contribuindo para a discussão de idéias e troca de informações na busca permanente por um mundinho melhor.

Mas, confesso que, com algumas exceções, as participações de voces são bem mais interessantes que as minhas.

Muito obrigado por essa cumplicidade pela qual, tenho apreço, e sem a qual, não vivo mais.
Que a minha mão junto com a sua, colha a flor da justiça social que regamos com nosso amor e nossa luta.

FARMÁCIA - DENÚNCIA - MAUS TRATOS.


ALERTA.

Recebi duas denúncias graves no tocante ao respeito aos idosos de Barra Mansa, mais especificmente sobre o atendimento prestado na Farmácia da Prefeitura e o fornecimento de remédios, muitos, garantidos por liminares emitidas pela Justiça. Segundo os denunciantes, que autorizaram a publicação do nome, mas que omitirei por uma questão de preservação, além do esforço hercúleo para se pegar uma senha que remete a outra senha (???), há uma espera na entrega dos remédios que pode chegar a até quatro horas. Tem gente que conta com familiares e amigos que passam por esse sacrifício em nome deles, porém outros não desfrutam dessa prerrogativa e tem que enfrentar a morosidade do serviço, mesmo sendo portadores de doenças graves que implicam na necessidade da aquisição do remédio. Dizem que existem quatro funcionários não devidamente preparados para o exercício da função que tratam com invariável indiferença nossos idosos. Segundo depoimento, as vezes, três saem para almoçar ao mesmo tempo e fica só um responsável, que inclusive, não nutre simpatia pelos atentidos, não os trata com respeito e amabilidade, nem possui capacidade técnica funcional para faze-lo. Não quero crer que isso seja uma rotina, e espero que haja exagero nas denúnicas, mas pelo sim pelo não, registro este relato, solicitando que as pessoas responsáveis tomem conhecimento, e se por ventura, algo tão grave estiver de fato acontecendo, que providências urgentes sejam tomadas além das sanções aos atendentes que por venturam não estejam se portando com a sensibilidade mínima necessária para o exercício de tão importante ofício.

Espero que esse assunto se encerre brevemente e que nossos idosos e enfermos tenham o tratamento digno que merecem do poder público.

CEGOS PODERES. CHUVA DE LIXOS.


CAMPANHA CRETINA.

Mais um verão, e conforme todo mundo previa, inclusive o nosso blog, mais casas inundadas, mais perdas materiais incontáveis, mais sofrimentos, mais prejuízos, mais desabrigados, mais desalojados, menos água, menos conforto e menos dignidade.

Repito que se as eleições fossem após o verão e não após o inverno, a situação seria outra. Mas os governantes acreditam na falta de memória do povo e nas demagogias recorrentes em épocas de enchentes.

A administração de Barra Mansa segue a mesma cartilha "do bem" há nove anos, e todo o verão assistimos a mesma tragédia anunciada. Não há política permanente de prevenção nem investimentos de porte em infra-estrutura. Mas lá pelo mês de junho todo mundo já se esquece, e no próximo verão o drama voltará, cada vez com mais força e intensidade.
Ao ser entevistado pela imprensa, o prefeito Zé Renato falou que entre a ações de socorro, está sendo efetuada uma campanha para que a povo se convença que a culpa não é das chuvas e sim do cidadão. A campanha é "O que causa enchente não é a chuva e sim o lixo".
De que adianta isso agora? As campanhas tem que ser efetuadas durante todo o ano, oferecendo consicientização desde a idade escolar e investimento pesado de base, além de rigorosa fiscalização. Fazer essa campanha agora cheira como justificativa de gastos com mídia. Não é o lixo jogado nos rios e córregos agora que causa enchentes e inundação. É durante todos os dias, semanas, meses e anos. Essa campanha, de oportunismo barato e covarde, visa tirar o peso da culpa do poder público, pela sua omissão, incompetencia e fragilidade admiistrativa além da crônica falta de planejamento urbano, e transferi-la para o pobre contribuinte e cidadão, que além de tudo, indiretamente, ainda tem que pagar pela mídia efetuada, insensata e insensível.

Chega a me dar nojo esse tipo de procedimento.

O prefeito falou também que "conseguiu" "mobilizar" todas as secretarias envolvidas no socorro às vítimas. E isso é mérito??? Para que então a prefeitura tem um chefe??? É algum favor trabalhar??? Zé, não enverede pelo caminho hipócrita de seu antecessor. Respeite, pelo menos, o sofrimento das famílias e a inteligência das pessoas.

Se o povo tem culpa, é de ter uma memória fraca e quando se chega outrubro, no mes da eleição, se esquece que mais um verão virá, e mais tormento também.

A culpa não é da natureza.

Nem do ser humano.

Mas sim, da natureza podre de certos seres humanos.

LAPADA NA RACHADA


LAPA É A GLÓRIA. SE NÃO É, É VIZINHA.

Comecei o fim-de-semana acelerando cedo. Afinal, na sexta foi aniversário da primeira e única dama. Fomos para o Rio de Janeiro, e apesar de ficarmos mais de uma hora parados na Serra das Araras, chegamos bem. Reservei duas diárias num hotel, na Glória, chamado Challon Motel. É um misto de hotel e motel, que alia as vantagens dos dois. Ficamos na suíte presidencial que possui uma bela e espaçosa “hidro” e uma sauna aconchegante. Apesar da pompa o preço é muito acessível. A cozinha funciona permanentemente e o café da manhã é servido no horário definido pelo cliente, sem limites. A pressão da água é excelente e o cardápio e variado e qualificado.

Depois de nos instalarmos e efetuarmos o “devido reconhecimento” do local, se é que me entendem, nos dirigimos para a Lapa. O primeiro ponto de parada foi no “Buteko do Juca”, onde rolava uma roda de samba de mesa tradicional e tira-gostos de frutos do mar no estilo português legítimo. Lá tive o prazer de rever o arquiteto Carneiro que abandonou Barra Mansa há mais de uma década. Dali, fomos curtir um pop-rock no Bar do Lucas, que também é aconchegante e agradável. Lá pelas tantas horas da madruga voltamos para o ninho, completar a comemoração em altíssimo estilo e alegria (entendem ou não?).
Sábado pela manhã fomo bater o nosso ponto no Zé do Coco em Ipanema. O mar estava maravilhoso assim como o dia. Genro e “filha, futura mamãe” nos acompanharam. Final de tarde, mais namoro, mais descanso e de noite voltamos para a Lapa, dessa vez nos dirigimos para o “Balneário da Lapa”, onde fomos brindados com a voz marcante e o repertório “samba-canção-samba” de extremo bom gosto da cantora Maria Medeiros, uma mulata charmosa com talento de sobre e suingue do bom. Teve também canja da Elisa Loz, que é estilo “Leila Pinheiro”, mas creiam, até melhor. Conhecei no local o “bolinho de cachaça”, e antes que algum engraçadinho de chame de pudim de cachaça, reitero que estou mais para “mousse de whisky”.
Domingo de manhã, bem cedinho, quase sem dormir, fomos pegar nossos outros dois rebentos que chegavam de Salvador no Galeão, extasiados com as maravilhas do festival de Verão. O corpo deles já estava no Rio, mas a alma ainda vai permanecer em Salvador por alguns dias. Adoraram, e não era para menos. Elogiaram tudo, inclusive a extrema organização do evento. Foram dias mágicos que passaram assistindo os 120 shows disponibilizados. Depois de beijos e abraços, fomos para Ipanema e após três horas de mormaço, pegamos estrada. Paramos na “Rodeio Gaúcho” em Nova Iguaçu, ao lado do Riosampa, que deveria ser referencia para as churrascarias da região. Bom ambiente, carnes selecionadas, atendimento eficiente, estacionamento amplo, refrigeração adequada, frutos do mar e comidas japonesas com fartura e tempero corretos, e tudo que uma churrascaria de alto nível proporciona em seu rodízio de carnes. Tudo por apenas R$26,90 por cabeça em pleno domingo. É uma vergonha o que se cobra por aqui se oferecendo muito, muito, muito menos e pior.
Após a chegada, evidentemente fui ao Fronteiras rever a rapaziada e colocar a conversa em dia. Depois só me restou agradecer de novo ao meu Pai, por tudo de bom que ele me proporciona. É simples, eu sei, pode não ser nada tão glamouroso, mas me faz feliz, porque faço o que eu gosto, e não o que os outros pensam. Optei por ser feliz, e ninguém me convencerá do contrário.

Se algum anônimo perguntar: “O que que essa Marta Rocha foi fazer na Lapa???”
Responderei: “Inveja pra você!”.

sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

BOM FINAL DE ROTINA.


IDIOTA SIM, COM ORGULHO.

Hoje, eu demonstrei decepção com a falta de presença do funcionalismo barramansense na sessão da Câmara. Um comentário me chamou de idiota. Talvez realmente o seja. Talvez eu seja idiota em acreditar que nós podemos melhorar o mundo com a nossa participação. Talvez eu seja um imbecil em desconhecer que a omissão e a indiferença sejam os melhores caminho para uma vida modorrenta, pacata e sem sentido. Mas vou continuar assim. Pretendo morrer idiota.

Para os “companheiros” que estão sendo anulados pela própria inércia, dedico a minha mensagem de final de semana:

Você quer mudanças. Você pede prosperidade. Você quer desenvolvimento, bom salário, dignidade e uma vida melhor. Mas acorda, preguiçoso, vai ao espelho, se depara e não vê novidades. A vida transcorre igual, pálida, insossa, sem a energia que você gostaria que os outros tivessem por você. Sua voz interior sopra e clama por uma "Vida Nova", mas tudo parece difícil e distante. A culpa fica por conta do governo, do chefe, da sogra, do prefeito, do presidente, do vereador, da falta de sorte, etc... Aí você resolve mudar! Bem ... "Mas só segunda-feira". Segunda-feira vem e nada muda. Ou então você se auto-apieda e pensa: "Se eu tivesse quinze a nos a menos", "se eu ganhasse na mega-sena" ou "quando eu der sorte". Mas você não faz nada para rejuvenescer, não joga na mega-sena, não procura a sorte, até se esconde dela. Enfim, fica com medo de ser feliz. Talvez por acomodação e cansaço. Desculpas não faltam. Mas saiba sempre, mesmo que você não concorra para isso, amanhã pode ser um novo dia. Basta você querer. Deus jamais vai desistir de te dar esta chance.
Invariavelmente, se você fizer as mesmas coisas de ontem, obterá os mesmos resultados de agora. Então, para mudar, para melhorar, é preciso agir diferente com ousadia, coragem e determinação. Mesmo com a generosidade Divina, Deus não vai fazer por você aquilo que você tem que fazer. A sua missão é só sua, e por mais humilde que seja, é a maior aventura da sua vida. Única, pessoal, intransferível.
Chega de enganar a si mesmo. É impossível enganar a si próprio. É preciso agir para mudar. Mudar significa inovar, alterar costumes, processar com coragem e força de vontade as transformações que se fazem urgentes na sua vida. Eu, seus amigos, seus familiares, podemos te ajudar, mas jamais poderemos fazer por você.
Chega de assistir à vida passar do alto da cômoda e improdutiva cadeira dos críticos!
Chega de se colocar na condição de vítima!
Você pode melhorar a sua vida. Só você pode. A conquista de uma vida nova requer persistência, autoconfiança e nunca, nunca mesmo, medo de ser feliz. Mas exige, sobretudo, que você elimine de vez o vício de tudo adiar, de jogar a responsabilidade para os outros, entendendo, definitivamente, que está mais do que na hora de mudar, de lutar, de se jogar, de valer a pena, de ser feliz.

Como eu sempre dizia nas minhas colunas de sábado no jornal:
“Um bom final de semana, com muita paz no coração e muito amor na cama”.

GISELLI - FELIZ ANIVERSÁRIO.


SENTIDO MAIOR DE UMA VIDA.

A gente ama os pais, mas não os escolhe. Deus nos envia aos seus cuidados e formação.
A gente ama os filhos, mas não escolhe. Deus nos concede a graça de recebê-los, cria-los e devolve-los ao mundo.
A gente escolhe os amigos, e eles nos escolhem, mas não necessariamente os amamos e somos amados por eles.
A gente escolhe o time de futebol para torcer, ou herdamos a paixão de nossos pais, mas por mais amor que se tenha pelo clube, seremos sempre uma pequena gota no mar da imensidão de tantos torcedores.
A única pessoa que amamos e escolhemos e que esperamos receber amor de volta, na mesma proporção, por sermos também escolhidos, é a pessoa que vive com a gente, seja namorada, noiva, amásia ou esposa.
Há vinte e seis anos atrás escolhi um amor e fui escolhido por esse amor também.
Até hoje, vinte e seis anos após nosso casamento, ainda somos adolescentes em matéria de amor. Não amadurecemos nem deixamos nosso amor perder a falta de juízo das paixões. Nutrimos ciúmes, tesões, rompantes e as vezes, até mesmo ódio. O ódio que acentua o amor exacerbado, pois de ódio não tem nada, e só o sentimento de ameaça de posse inerente aos amores juvenis. Talvez por isso, nosso envelhecimento, se é que ocorreu, só existe nos olhos de terceiros, pois ao nos vermos ainda somos aqueles dois jovens que se apaixonaram quase que na primeira troca de olhar.
Nesse período, curtimos inúmeras alegrias, festas, praias, ilhas, viagens, danças, passeios, motéis, restaurantes, bailes, shows, “cantinhos” escondidos, enfim, uma gama interminável de situações gostosas e agradáveis.
Mas também vivemos juntos fome, despejos, doenças, acidentes, crises, medos, ameaças, na mesma proporção inversamente intensa das felicidades narradas.
E foi aí que o amor acentuou-se em nossas vidas. Foi aí que percebemos que nossas vidas não poderiam ser traçadas um sem o outro. Foi aí que a dignidade se sobrepôs e as personalidades se mostraram sóbrias para enfrentar uma vida juntos.
Essa mulher, mãe, amiga, parceira, amante, cúmplice, e futura vovó, faz aniversário hoje.
Que Deus permita que continuemos os mesmos “irresponsáveis” em matéria de amor e que jamais aprendamos a amar com serenidade.

Parabéns, Giselli.

Espero te proporcionar sempre, o que posso fazer de melhor.

É o que dá graça e sentido maior em minha vida.

PARA AS "DONAS" E OS "DONOS" DE CASA.


INFORMAÇÕES ÚTEIS NA COZINHA.

Colaboração: Alex "Esquerdinha".

UTILIDADE PÚBLICA!!!!Os 8 erros na cozinha (essa é ótima)...

Dr. Roberto Figueiredo, o Dr. Bactéria.

Jogo dos Oito Erros na Cozinha.
1° erro: Lavar as carnes debaixo da torneira ..Primeiro, você perde nutrientes. A carne fica esbranquiçada. Segundo: a contaminação que existe vai aumentar, porque aumenta aquantidade de água e as bactérias vão penetrar mais ainda. A única carne que se lava é o peixe e só para tirar escamas e a barrigada.

2° erro: Colocar detergente direto na esponja, o que leva ao exagero. O detergente nunca deve ser colocado direto na esponja.Vai ser muito difícil enxaguar todo esse detergente. O resto de detergente que fica junto com os alimentos pode no futurodar um problema para a sua saúde. Para limpar sem exagero, você precisa apenas de oito (8) gotas dedetergente em um litro de água.

3° erro:Usar tábua de carne de madeira. Na tábua de madeira as bactérias ficam te aplaudindo!Tábua tem que ser de plástico,ou vidro.

4° erro: Não guardar comida quente na geladeira. Este é um dos um dos mitos mais difundidos entre as donas de casa...Não há erro em guardar comida quente na geladeira. O único problema é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia, mas não vai estragar a geladeira de modo algum.

5° erro: Guardar comida quente na geladeira com o recipiente tampado. O ar frio vai bater na tampa. Vai demorar muito para resfriar e as bactérias vão adorar! Então, coloque tudo destampado. Depois de duas horas você pode fechar.

6° erro: Furar a lata de leite condensado e utilizá-la várias vezes. As pessoas pegam a lata de leite condensado e fazem dois buraquinho, um de cada lado. Sai leite condensado por um lado e pelo outro entra uma chuva de bactérias. Abram a lata inteira e passem o leite condensado para um recipiente que pode ser de plástico ou de vidro. Sirvam sempre com uma colher, depois tampem e guardem na geladeira.

7° erro: Ignorar as formigas. Quando se fala em doce, a gente não pode esquecer as formigas. Você provavelmente não se importaria se encontrasse uma formiguinha emcima do seu bolo, não é?
Doutor Bactéria: E se fosse uma barata?
Marina Scherb, de 12 anos: Aí eu não como.
Doutor Bactéria: Se a gente pegar uma barata, matar essa barata,deixar no meio da cozinha, no dia seguinte, cadê a barata?
Marina: Sumiu.
Doutor Bactéria: Quem levou?
Marina: As formigas...
Doutor Bactéria: A mesma que estava em cima do bolo?
Marina: É...
Doutor Bactéria: As formigas são consideradas até maiores agentestransmissores de bactérias do que a própria barata. Doce com formiga só pode ter um destino: a lata de lixo.

8° erro: Soprar velinhas do bolo de aniversário. Este é um péssimo mau hábito. Testes comprovam que o bolo fica contaminado por bactérias de saliva. Esta bactéria produz uma toxina que pode ocasionar aquelas intoxicações com 24 horas de vomito e mal-estar. Evite, também, deixar o bolo fora da geladeira.

Roberto Figueiredo é Biomédico e personifica o Dr. Bactéria

SESSÃO ENCERRADA - CAPÍTULO 4.


ÚLTIMOS DETALHES.

SÉRGIO BRAGA, LIGHT, CHUVAS, DEMAGOGIAS E OUTROS BICHOS.

Ainda houveram outras colocações interessantes na sessão matutina de hoje.

Zé Abel (PMDB), falou que é servidor público municipal há 28 anos, e que seu salário na autarquia (SAAE) é de apenas R$730,00, que é uma miséria para quem dedica toda sua vida de trabalho a uma empresa ou órgão público. Lembou que há exatos dezesseis anos o funcionalismo não percebe aumento salarial.

Maurício disse que em função das chuvas, ficou atolado em Saudade. Foi aparteado pelo presidente Lula, que ironizou o depoimento do colega, pois é sabido que ele não anda de carro, e sim de bicicleta. Maurício disse que era uma opção preservadora da ecologia. Lula reiterou que não era ecologia, e sim "demagogia", um vereador ganhar o que ganha e falar que não tem condições de adquirir um veículo a motor.

Luis Antônio falou que as coisas não estavam pior em relação as chuvas, graças as obras de asfaltamento que o prefeito Rooselvett fez, mencionado a Major José Bento e o bairro Saudade. Foi novamente aparteado por Marcelo Cabeleireiro, que disse morrer de vergonha da obra da Avenida Sérgio Braga, visto que começou há mais de quatro anos e ainda não foi concluída, causando transtornos, acidentes e chacotas.

Por fim o Presidente, vereador Lula, solicitou extra-protocolarmente, um veemente ofício de protesto a Light, pelo "apagão" que moradores de vários bairros de Barra Mansa estão sendo vitimados pela omissão e incompetência da concessionária. Zé Abel pegou carona e falou que o Corpo de Bombeiros em Barra Mansa não dispõe de materiais básicos para o exercício da função e a atuação da corporação, em face disso, era inconsistente no socorro aos desabrigados e desalojados.

Sônia Coutinho (PSB), disse torcer para que durante todo o ano legislativo, os vereadores mantenham amesma disposição em debater e buscar soluções.
Realmente, o salário do funcionalismo público, a obra da avenida Sérgio Braga, o aparato material dos bombeiros, a atuação da Light, e algumas grosseiras hipocrisias, são vergonhas insanáveis.

Fim de papo. Sessão encerrada, e meu reiterado registro da fraca participação popular, principalmente do funcionalismo, maior interessado na matéria em voga na sessão extrordinária.

É muito fácil citicar a Câmara e seus componentes, sem se dar ao luxo de acompanhar o seu trabalho, mesmo quando se é o principal interessado. Não chegaremos a lugar algum assim.
Omissão não nos remete ao progresso nem ao desenvolvimento.