terça-feira, 30 de novembro de 2010

PROPORÇÃO CANDIDATO VAGA - CONCURSO CMBM.


Posição atualizada:

O número de inscritos é grande (6008), mas só está no páreo quem pagou a taxa de inscrição (2513).

Auxiliar de Assessoria de Imprensa
125 inscrições para uma vaga, 57 homologados (1/57)
Auxiliar de Protocolo
936 inscrições para uma vaga, 332 homologados (1/332)
Auxiliar de Secretaria
1020 inscrições para uma vaga, 280 homologados (1/280)
Auxiliar de serviços gerais
1239 inscrições para 9 vagas, 733 homologados (1/81,44)
Contabilista do Controle Interno
119 inscrições para uma vaga, 55 homologados (1/55)
Encarregado do setor de Telefonia
132 inscrições para uma vaga, 45 homologados (1/45)
Motorista
323 inscrições para 4 vagas, 158 homologados (1/39,5)
Oficial Administrativo
624 inscrições para 3 vagas, 300 homologados (1/100)
Oficial de Atas
147 inscrições para uma vaga, 75 homologados (1/75)
Oficial de Livros
40 inscrições para uma vaga, 17 homologados (1/17)
Operador de Som
239 inscrições para uma vaga, 102 homologados (1/102)
Recepcionista
448 inscrições para 2 vagas, 137 homologados (1/68,5)
Telefonista
310 inscrições para 2 vagas, 99 homologados (1/49,5)
Vigia Noturno
306 inscrições para 3 vagas, 123 homologados (1/41)

Em parênteses a proporção parcial vaga/candidato homologado.

Boa Sorte. Vai ser uma honra trabalhar contigo.
Minha parte eu fiz: prometi um concurso honesto, limpo e transparente e é isso que estamos oferecendo.
Agora é com você!

EDITAL DOS LOCAIS DE PROVA

E D I T A L N º 0 4 / 2 0 1 0 – D I V U L G A Ç Ã O D O S L O C A I S D E P R O V A
A Câmara Municipal de Barra Mansa, Estado do Rio de Janeiro, mediante as condições estipuladas no Edital de
Abertura nº 01/2010, seus anexos e demais disposições legais aplicáveis, TORNA PÚBLICO a data, horário e os locais de realização da prova objetiva, nos seguintes termos:
Art. 1º A prova objetiva realizar-se-á na data 05/12/2010, no período da TARDE para todos os cargos em concurso.
Parágrafo primeiro. O portão de acesso ao local de realização da prova objetiva será aberto às 13h e fechado às 13h45min, observado o horário oficial de Brasília - DF.
Parágrafo segundo. A aplicação da prova objetiva terá início às 14h, observado o horário oficial de Brasília - DF.
Art. 2º O candidato deverá comparecer, com antecedência mínima de 45 (quarenta e cinco) minutos do horário
fixado para o fechamento do portão de acesso ao local de realização da prova escrita objetiva. O candidato deverá estar munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta, documento oficial de identificação com foto, o comprovante de pagamento devidamente quitado e o COMPROVANTE DEFINITIVO DE INSCRIÇÃO impresso através do endereço eletrônico www.aocp.com.br.
Art. 3º O local de realização da prova objetiva de cada candidato deverá ser consultado através do link CONSULTA DE LOCAL DE PROVA disponível no endereço eletrônico www.aocp.com.br. A identificação do local de realização da prova objetiva é de responsabilidade exclusiva do candidato, não podendo o mesmo realizar a prova em desconformidade com as disposições estabelecida por este Edital e pelo Edital de Abertura Nº01/2010.
Art. 4º Este Edital entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Barra Mansa, 30 de novembro de 2010.
Presidente da Câmara Municipal de Barra Mansa

CONCURSO CMBM - INFORMAÇÕES PARCIAIS.

BOA SORTE.
A empresa realizadora do concurso da Câmara Municipal de Barra Mansa, a AOCP, nos informa que houveram 6.008 inscritos, mas destes, somente 2.513 estão homologados, e 3.495 ainda não realizaram o pagamento da taxa de inscrição.
As provas serão realizadas no dia 05, conforme prometido e os locais de exame serão no C.E. Baldomero Barbará, no CEI Saturnina de Carvalho e Vieira da Silva, no CIEP Brizolão 292 - Professora Jandyra Reis de Oliveira, no Colégio Estadual Barão de Aiuruoca e no Colégio Municipal Waschington Luiz.
As provas terão início às 14 horas e maiores informações podem ser obtidas no site da empresa www.aocp.com.br, onde dentro de instantes a empresa divulgará o edital de local de prova.

CONCURSO PÚBLICO CMBM.

Hoje será a divulgação do número de inscritos e locais de provas para o concurso público da
Câmara Municipal de Barra Mansa.
Aguardem.

O PRIMEIRO SACRIFÍCO DE ALICIA.




DEUS NÃO TEM ENDEREÇO.


Domingo foi o batizado da minha neta Alicia. Marcado para às 7.30h.

Não preciso falar do esforço hercúleo que fiz para estar presente. Até aí tudo bem, se o sacrifício fosse apenas acordar de madrugada num domingo de sol, porém o estrago foi bem maior.
Antes de continuar a postagem, quero fazer alguns esclarecimentos:
Fui batizado na Igreja Católica Apostólica Romana, mais precisamente na Igreja de São Judas Tadeu, no Cosme Velho, no Rio de Janeiro. Dei sorte e minha afinidade com São Judas vem desde o berço. Esse santo, primo de Jesus, como já reportamos aqui, é o padroeiro do funcionário público, do Flamengo e das Causas Impossíveis. Tudo, muito, muito a ver comigo.
Continuo com muita fé nos Santos (pessoas de luz irradiante em suas passagens na Terra) e na Virgem Maria e as imagens no meu gabinete dão provas disso. Mas perdi muito a fé nos homens, principalmente em alguns dirigentes da Igreja Católica. Não bastasse a Inquisição, as demais covardias dessa Igreja em busca incessante de poder e riquezas já me demonstravam que Jesus teve suas palavras adulteradas pelas mãos desses gananciosos.
No Brasil, mais precisamente, a Igreja Católica macomunou-se com escravagistas que tinham suas crueldades e estupros perdoados no leito de morte em troca de parte das suas riquezas, que pelas fianças dos “falsos procuradores” de Jesus eram permutadas por lotes no Céu ao lado do Senhor. Com o tempo, os fazendeiros foram ficando malandros e deixaram de cair no engodo, quando casuisticamente veio a Encíclica papal da “Opção pelos pobres”. Em suma: A fonte da receita principal foi trocada. Ao invés de muito de poucos, optou-se pelo pouco de muitos. O dízimo ficou cada vez mais obrigatório e essencial para saciar da gana dos inescrupulosos. Porém, seria necessária uma multiplicação da pobreza e nada melhor do que incentivar a geração de vida (dizimistas em potencial) indiscriminada e inconseqüente além da proliferação da ignorância cultural. Quanto mais tolos, mais fiéis.
Até hoje, muitos pensam assim, e de mãos dadas com semeadores do consumo desenfreado pela sedução imposta pela mídia, e de prática agradável para alguns dominantes políticos que mantem sem seus feudos os dependentes do Estado (Dilma é presidente graças a isso), tais métodos continuam muito vivos, às vezes mascarados pelos recursos tecnológicos. E aí o Catolicismo se deu mal. Com a mesma teoria, mas com tecnologia superior, outras correntes religiosas engordam absurdamente os bolsos de seus patronos, mas isso fica para outra discussão.
Mas continuo católico de batismo, porém kardecista por convicção e fé, e isso também fica pra outro papo.
Batizei minha primeira filha em tenra idade na Igreja Católica por pressões sociais e familiares, porém quanto aos outros dois, preferi esperar que eles escolhessem quando tivessem domínio de pensamentos. Ambos, seguindo a fé da mãe, optaram pelo batismo na Igreja Católica e respeitei a decisão e cumpri meu ritual.
Da mesma forma, minha neta, com apenas três meses foi batizada no domingo por vontade de seus pais e novamente acatei, e não me caberia outra postura.
E aí voltamos para o início da conversa.
Sete e meia da manhã estávamos lá na Igreja Sagrado Coração de Jesus, no Ano Bom, para o batizado. Outras três crianças, também com meses de vida, estavam lá nos colos de seus pais, padrinhos e avós para receberem a benção “divina”.
Uma missa enfadonha professada por leigos demorou uma hora e dez minutos, e nada de batismo. Das cem pessoas presentes na Igreja, setenta estavam por conta do batismo, outras vinte ou trinta participantes das pastorais diversas e talvez nem dez tenham ido assistir a missa. Não os culpo. A missa como disse, foi enfadonha e em nada estimuladora da fé. Após encerrada a primeira parte da “provação”, a coordenadora da pastoral do batismo solicitou paciência aos presentes pois haveria demanda de tempo para montagem do “palco”. E haja paciência.
Começa a segunda parte da tarefa.
A tal coordenadora, como professora infantil, fala para nós, como retardados mentais fossemos, dos procedimentos a serem tomados. Didática ao extremo, menos no português, com sua voz aguda e seus erros clamorosos de concordância verbal, agredia todos os ouvidos mais esclarecidos.
Enfim, depois de duas horas e quarenta minutos, num calor extenuante, quatro crianças de pouquíssimos meses de vida, ávidas de fome e leite materno, tiveram, assim como os seus, que suportar os caprichos da equipe batismal e como platéia de programa de calouros, agüentar as frases mal elaboradas e rituais enfadonhos e infantis.
Suponho que essa equipe que comanda a Igreja, sem a presença sequer de um Padre, no seu vazio existencial de vida, se regozija com essa tortura.
Leigos, totalmente leigos, falam em nome de Jesus sem sequer respeitar o vernáculo e a língua pátria.
Não é a toa que a Igreja perde seus fiéis em clamorosa debandada para outras correntes, que se por acaso não carregam dentro de si inspirações mais louváveis, pelo menos tem o cuidado de respeitar a língua, o trajar e o tempo de cada um.
Só para registro, tudo que foi falado de forma maçante na missa, já tinha sido repetido no curso de pais e padrinhos. Para que então, tal sofrimento bisado?
Não creio que Deus se pronuncie pelas mãos nem pelas palavras dessas pessoas, que podem até ter muito boa fé, mas que inadvertidamente foram delegadas para tais missões. Culpa deles? Não. Textualmente não. Culpa absoluta de quem por comodismo, preguiça e irresponsabilidade, os delega tal mister.
Respeito todas as religiões, é bom deixar claro, mas muitos de seus líderes atuais não me merecem respeito algum.
E a partir do próximo ano, segundo consta, o curso de padrinhos levará um ano. Tempo para ocupar o vazio da vida desses organizadores. Poderiam gastar esse tempo com bons livros e cartilhas, aprimorando a expressão ortográfica.
Bem, depois do sacrifício, fomos para a casa dos compadres Daniel e Dayse para um agradável churrasco.
Ali, tenham certeza, Deus estava muito mais presente e nos salvou o dia.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

ESQUEMA DO "BEM".


COM LICENÇA. COM PREMIO. COM DINHEIRO.

Na prefeitura de Barra Mansa, todos as concessões de licenças-prêmio estão suspensas. Principalmente, se o desejo for a transformação da licença em pecúnia, mesmo que seja para pagamento de impostos municipais.

Nenhuma novidade, né?

Mas houve uma singela e acelerada exceção.

Através do processo administrativo 14.614/2.010, de 08/11/2010, um senhor de nome ROOSEVELT BRASIL FONSECA, residente à Rua Maria de Lourdes Barcello Camargo, 77, bairro Santa Rosa, em apenas 8 dias úteis conseguiu êxito em seu pleito de licença-premio e sua transformação em pecúnia.

O processo chegou na Gerencia de Recursos Humanos no dia 08, dia 09 já estava na Secretaria de Adiministração, no dia 16 deu entrada na Contabilidade e no dia 17 já estava prontinho na Tesouraria. Dia 19, foi PAGO E LIQUIDADO.

Quem tiver alguma dúvida a respeito, entre no site da prefeitura, vá até o link do protocolo, digite o número do processo e veja com os próprios olhos.

Por via das dúvidas, já imprimi o andamento pois algo me diz que brevemente este serviço ficará indisponível.

A propósito, alguém conhece esse senhor e o porque de seu tratamento diferenciado e privilegiado?

Esse é o "bem" que nos dão.

Se não houver servidor homônimo, trata-se do ex-prefeito Roosevelt, que em janeiro voltará a assumir o seu cargo de Pachá de Apiacá.

SUSPENSE


Na Coluna "Extra, Extra!" do jornal EXTRA, assinada por Berenice Seara, na edição de domingo, veio uma nota pra lá de enigmática, que reproduzimos abaixo:
NOVELA REAL
Um ex-prefeito de importante cidade do Vale do Paraíba se desentendeu com a amante, ao descobrir que a moça tinha outros parceiros.
Pressionada, a jovem foi abrindo a lista com nomes de pessoas influentes, até que chegou num conhecido promotor de Justiça.
Furioso, o traído passou uma mensagem para o celular do promotor, ameaçando-o de morte. De posse da gravação, o moço registrou queixa e o ex-prefeito está respondendo a um inquérito criminal por ameaça.
Parece novela. E não é.

Nota do Blog: Antes que mentes impressionáveis venham entender que sei sobre quem a nota se refere, quero afiançar que não tenho a menor ideia.

RIO. NOITES E VIDAS MAIS LONGAS.


POR AMOR. COM SANGUE, SE PRECISO FOR.
Nasci em Leopoldina, Minas Gerais, porém com apenas dez meses de idade, mudamos para o Rio de Janeiro, mais precisamente para o Méier. Até os dez anos de idade, foi lá que brinquei, estudei, aprendi, vivi e circulei. Pacificamente, sem problemas ou medos. Dos onze aos quinze, residi no Rio Grande do Sul, mas com quinze já estava no Rio, estudando no cursinho pré-vestibular e morando com meus tios e primas em Ipanema. Lá, aprendi a dançar, beber, curtir à noite, as praias e os amores incondicionais e efêmeros ao mesmo tempo. Tudo com muita tranqüilidade e segurança, considerando-se que estávamos numa grande metrópole e na capital cultural do país.
Com a morte de minha tia, vim no meio do ano para a casa dos meus pais em Barra Mansa, mas já no outro ano, estava eu de novo no Rio, fazendo faculdade e morando numa modesta pensão na Tijuca. Lá conheci à madrugada, a malandragem, o sexo intenso, as noitadas, e tudo de ruim e de bom que a juventude oferece. Mesmo num ambiente mais delicado, a insegurança não nos amedrontava nem nos repeliam às aventuras.
Depois de estabelecido em Barra Mansa, não abandonei o Rio, e vira-e-mexe estive lá trabalhando e na maioria das vezes, me divertindo. Não foram poucas a s vezes que sai à noite pela Dutra nos finais de semana e voltava direto ou esticava no outro dia nas praias. Meus carnavais também tiveram belas passagens no Rio, onde desfilava eventualmente na diretoria da minha Portela. O Maracanã, as boates, os bares, os motéis, os restaurantes e as praias foram intimas de minha vida em passagens alternadas.
Esse ritmo vem diminuindo constantemente. Assim como qualquer cidadão, a insegurança me assolou, e assistimos entristecidos, as noites terminarem mais cedo, assim como milhares de vidas.
Por isso, fico imensamente feliz em ver a reação da cidade e dos órgãos de segurança pública neste momento. Não importa agora, quem são os culpados ou as origens. Pouco importa também se a reação foi demorada, e muito menos quem é o pai da criança. O que importa, e está sendo feito com maestria, é a organização da sociedade contra o tráfico, que insatisfeito com o mal que causa diretamente, ainda dominou diversos segmentos da sociedade em prol do seu poder absoluto.
Assim como qualquer cidadão de bem que ama o Rio de Janeiro, estou feliz em ver a ação que está sendo desencadeada com êxito contra esses parasitas da vida alheia.
Quero as noites mais longas, assim como a vida das pessoas.
O Rio merece. Nós merecemos. A vitória é do amor, mesmo que com sangue, se preciso for.

LEI É LEI...


ORDEM NO RIO...
Atenção, atenção,
secadores de plantão:
Tenham exata noção,
Do que reza a Constituição:

Art. 74, paragráfo sexto, inciso oitavo, alínea f:
TIME GRANDE NÃO CAI.
MENGOOOOOOOOOOOOOOOOO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Chorem secadores e invejosos de todas as matizes e credos,
Lamentem-se no vale dos despeitados,
Renovem suas pragas e maledicências,
Triturem-se no ódio e na decepção,

JAMAIS CAI O MENGÃO...

Cai o Cruzeiro, cai o Alemão,
Cairá a Rocinha e cai-cai até balão,
Mas para a felIcidade geral da Nação,
Nunca, jamais, cairá o Mengão!!!!

MENGOOOOOOOOOOO!!!!!!!!

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

FALA AÍ... ESTAMOS AGUARDANDO A SUA VOZ.


Baseado na última postagem, voltaremos a realizar nossas enquetes, e a pergunta da vez é a seguinte:

VOCÊ CONCORDA COM O AUMENTO DO NÚMERO DE VEREADORES NAS CÂMARAS MUNICIPAIS?

Opções, as óbvias:

SIM ou NÃO.

Vote aí no canto direito. A sua opinião sempre vale muito, mesmo que você não perceba.

ENSAIO DE BANDO.


NA CAÇA DAS MIGALHAS.
Vi, entristecido, no jornal “A Voz da Cidade, que sete partidos políticos estabelecidos em Barra Mansa, estão se reunindo com o pretexto de pressionar os vereadores da Câmara Municipal de Barra Mansa para estenderem o número de cadeiras no legislativo municipal de 12 para 21, na próxima legislatura.
Não vi, até hoje, nenhuma dessas pessoas pressionando vereadores para atentarem para o caos na educação de Barra Mansa. Jamais vi esses articuladores pressionarem a Câmara Municipal a tomar posição contra as mortes que costumeiramente estão acontecendo na ruína da Saúde Pública de nosso Município. Nunca vi nenhum deles querer se informar sobre a receita da Câmara Municipal, suas despesas para oferecer estrutura para os edis, sem procurar saber que, “per capta”, a Câmara de Barra Mansa recebe muito menos que as de Volta Redonda, Porto Real, Resende, Angra, entre outras. Tudo isso sem ser manchete de jornais por escândalos ou malversações tão freqüentes por aí.
Não querem saber quais os deveres e direitos da vereança, qual a estrutura física dos gabinetes ou do plenário, nem absolutamente nada.
Simplesmente querem aumentar o número de vereadores.
Todos eles, sem exceção, são candidatos, ou seja, estão pressionando em causa “personalíssima”. Mas, inocentes, ávidos pelo “emprego” de vereador e em talhar um caminho mais fácil para isso, não atentam que com 21 vereadores, não teremos efetivamente nenhum. Teremos apenas, 21 assistentes sociais remunerados que ignoram as responsabilidades da função. Todos eles desconhecem, ou não ligam para tal, que na próxima legislatura a receita das Câmaras Municipais do porte igual a de Barra Mansa, sofrerão em todo país, um corte de receita na razão de 7,14%, e mesmo assim, eles querem aumentar o número de vereadores em 75%.
Será o fim da independência do poder legislativo e teremos, caso a malfadada iniciativa tenha êxito, um bando de servidores públicos eventuais batendo à porta do Executivo em busca de migalhas.
Prestem bem atenção em quem são esses senhores e seus reais objetivos.
Barra Mansa já te sofrido demais nas mãos de quem só enxerga o próprio umbigo.
Precisamos produzir e repartir o pão para todos, e não disputar migalhas para si mesmo.
Em tempo: Caso o Congresso consiga aumentar os próprios salários, na mesma proporção, os vereadores de todo o País farão jus idêntico percentual de reajuste na próxima legislatura.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

POR OLAVO DE CARVALHO


ÂNSIA DE BAJULAR.

Neste país, a ânsia de bajular é uma paixão avassaladora, inebriante, incontrolável. Sobretudo nos dias que se seguem à revelação do nome de um novo mandatário, ela bloqueia por toda parte o uso das faculdades racionais, rompe as comportas do mais elementar senso da realidade, dando vazão a arrebatamentos de entusiasmo laudatório que raiam a idolatria e a psicose.
Ninguém, nem entre os melhores, escapa à sua contaminação pestífera e obsediante.
Em artigo recente, o sr. Paulo Rabello de Castro, que num Fórum da Liberdade em Porto Alegre me foi um dia apresentado como uma das mais belas esperanças do pensamento liberal-conservador no Brasil, festeja a vitória de Dilma Rousseff em termos que fariam corar de inibição os mais maduros e circunspectos cabos eleitorais do PT.
Não contente de enxergar méritos inigualáveis na carreira de terrorista daquela senhora incapaz de completar uma frase com sujeito e objeto ou de recordar o título de um só livro que tenha lido, o fundador do Instituto Atlântico explode também em louvores ao antecessor da referida, ao qual ele denomina “um gigante”, “provavelmente o maior dos nossos presidentes”, e a quem atribui a glória de haver devolvido aos brasileiros o orgulho da nacionalidade.
Como se isso não bastasse, ele estende seus aplausos a toda a “geração de 68” por nos ter dado figuras estelares como José Dirceu e Franklin Martins, sem as quais, digo eu, nossa História não teria sido embelezada por episódios honrosos como o Mensalão e o projeto de controle estatal da mídia.
Enquanto essas efusões de amor febril aos vitoriosos do dia são publicadas no site do Instituto Millenium, entidade nominalmente destinada a combater tudo aquilo que o establishment petista representa, alguns fatos notórios podem dar uma idéia dos motivos de orgulho que inflamam a alma nacional:
O Brasil está em 73º. lugar no Índice de Desenvolvimento Humano da ONU, abaixo do Peru, do Panamá, do México, da Costa Rica e de Trinidad e Tobago.
Segundo dados da mesma ONU, entre quarenta e cinqüenta mil brasileiros continuam sendo assassinados por ano (o equivalente a duas guerras do Iraque), fazendo deste país um dos lugares do universo onde é mais perigoso cometer a imprudência de andar nas ruas ou, pior ainda, a de ficar em casa.
O Brasil é o único país da América Latina onde o consumo de tóxicos está aumentando em vez de diminuir.
Nossos estudantes continuam tirando persistentemente os últimos lugares em todos os testes internacionais de aproveitamento escolar.
A universidade que a mídia unânime proclama ser a melhor do Brasil, a USP, ficou em 210º. lugar no ranking das instituições universitárias calculado pelo London Times.
Há várias décadas o Brasil não tem um único escritor que se possa comparar aos dos anos 60 ou 70, exceto os nonagenários e centenários que sobraram daquela época. A alta cultura simplesmente desapareceu deste país, ao ponto de já ninguém ser culto o bastante para dar pela sua falta, quanto mais para enxergar algo de grave nesse fenômeno, inédito mesmo em nações paupérrimas.
Os índices de corrupção cresceram mais durante o governo Lula (inclusive no ministério de Dona Dilma) do que ao longo de toda a nossa História anterior, tornando, por exemplo, o uso eleitoral da máquina administrativa do Estado um direito consuetudinário contra o qual é inútil protestar.
Que motivo de orgulho sobra para ser louvado pelo sr. Paulo Rabello? A recuperação econômica, é claro. Mas, descontado o fato de que o índice de crescimento reconquistado não passa de 4,6 por cento – um terço do que chegou a alcançar no período militar –, ainda resta uma diferença moral substantiva: no tempo dos militares o presidente Médici ainda tinha a hombridade de reconhecer que “a economia vai bem, mas o povo vai mal”, ao passo que hoje não só o governo, mas também os seus bajuladores “de oposição” pretendem que festejemos como conquista suprema e valor absoluto um mero crescimento econômico menor que o obtido naquelas décadas e nos inebriemos de orgulho financeiro no meio da matança, do sofrimento, do fracasso e da degradação intelectual e moral mais abjeta e constrangedora que já se viu em qualquer país do mundo.
No mínimo, no mínimo, o julgamento que o sr. Paulo Rabello faz da era Lula reflete uma obsessão dinheirista que nada enxerga além de cifrões, que reduz o progresso da civilização a uma questão contábil e, ao ver que a coluna do “haver” supera a do “deve”, se torna cega e insensível para a destruição de tudo o mais que constitui a substância, o valor e a dignidade da vida humana.Será que ao celebrar “O Poder das Idéias”, como no lançamento recente de uma coletânea de Ludwig von Mises à qual o Instituto Millenium deu esse título, nossos liberais e conservadores não estão se referindo ao poder que as idéias do inimigo têm sobre os cérebros deles?
OLAVO DE CARVALHO.

GASOLINA. NOSSA RESPOSTA.


Maria Giovanna me encaminhou o e-mail abaixo, que é no mínimo interessante. Pelo sim, pelo não, vou aderir.

IMAGINE SE SEGUIRMOS AS ORIENTAÇÕES ATÉ FEVEREIRO.

Tô nessa, a partir do próximo abastecimento.

GASOLINA (GNV, DIESEL e ÁLCOOL)

Como poderemos baixar os preços???

NÃO DEIXE DE LER ..

Você lembra do Criança Esperança?
A UNICEF e a Rede Globo ‘abriram as pernas’...
Foi a força da Internet contra uma FÁBRICA DE DINHEIRO que DESCOBRIU-SE nunca chegar a quem de direito.
Então continue a ler. Não deixe de participar, mesmo que você HOJE não precise abastecer seu carro com gasolina!!
Mesmo que você não tenha carro, saiba que em quase tudo que você consome, compra ou utiliza no seu dia-a-dia, tem o preço dos transportes, fretes e distribuição embutidos no preço de custo e conseqüentemente repassados a você.

Você sabia que no Paraguai (que não tem nenhum poço de petróleo) a gasolina custa R$ 1,45 o litro e sem adição de álcool. Na Argentina, Chile e Uruguai que juntos (somados os 3) produzem menos de 1/5 da produção brasileira, o preço da gasolina gira em torno de R$ 1,70 o litro e sem adição de álcool. E que o Brasil vende nosso álcool para os paises vizinhos à R$0,35 o litro?
QUAL É A MÁGICA ??

Você sabia, que já desde o ano de 2007 e conforme anunciado aos "quatro ventos" pelo LULA e sua Ministra DILMA... o Brasil já é AUTO-SUFICIENTE em petróleo e possui a TERCEIRA maior reserva de petróleo do MUNDO.

Realmente, só tem uma explicação para pagarmos R$ 2,67 (cartel do DF) o litro, a GANÂNCIA do Governo com seus impostos e a busca desenfreada dos lucros exorbitantes da nossa querida e estimada estatal brasileira que refina o petróleo por ela mesma explorado nas "terras tupiniquins".

CHEGA !!!

Se trabalharmos juntos poderemos fazer alguma coisa.
Ou vamos esperar a gasolina chegar aos R$ 3,00 ou R$ 4,00 o litro?
Mas, se você quiser que os preços da gasolina baixem, será preciso promover alguma ação lícita, inteligente, ousada e emergencial.

Unindo todos em favor de um BEM COMUM !!!

Existia uma campanha que foi iniciada em São Paulo e Belo Horizonte que nunca fez sentido e não tinha como dar certo. A campanha: "NÃO COMPRE GASOLINA" em um certo dia da semana previamente combinado, que foi popular em abril ou maio passado.

Nos USA e Canadá a mesma campanha havia sido implementada e sugerida pelos próprios governos de alguns estados aos seus consumidores, mas as Companhias de Petróleo se mataram de rir porque sabiam que os consumidores não continuariam "prejudicando a si mesmos", ao se recusarem a comprar gasolina..

Além do que, se voce não compra gasolina hoje... vai comprar MAIS amanhã. Era mais uma inconveniência ao próprio consumidor, que um problema para os vendedores.

MAS houve um economista brasileiro, muito criativo e com muita experiência em "relações de comércio e leis de mercado", que pensou nesta idéia relatada abaixo e propôs um plano que realmente funciona.

Nós precisamos de uma ação enérgica e agressiva para ensinar às produtoras de petróleo e derivados que são os COMPRADORES que, por serem milhões e maioria, controlam e ditam as regras do mercado, e não os VENDEDORES que são "meia-dúzia".

Com o preço da gasolina subindo mais a cada dia, nós, os consumidores, precisamos entrar rapidamente em ação!! O único modo de chegarmos a ver o preço da gasolina diminuir é atingindo quem produz, na parte mais sensível do corpo humano: o BOLSO.

Será não comprando a gasolina deles!!!

MAS COMO ??!!

Considerando que todos nós dependemos de nossos carros, e não podemos deixar de comprar gasolina, gnv, diesel ou álcool.

Mas nós podemos promover um impacto tão forte a ponto dos preços dos combustíveis CAIREM, se todos juntos agirmos para FORÇAR UMA GUERRA DE PREÇOS ENTRE ELES MESMOS.

É assim que o mercado age!!!
Isso é Lei de Mercado e Concorrência!!!

Aqui está a idéia:

Para os próximo meses (DEZEMBRO,JANEIRO E FEVEREIRO...) não compre gasolina da principal fornecedora brasileira de derivados de petróleo, que é a PETROBRÁS (Postos BR).

Se ela tiver totalmente paralisada a venda de sua gasolina, estará inclinada e obrigada, por via de única opção que terá, a reduzir os preços de seus próprios produtos, para recuperar o seu mercado.

Se ela fizer isso, as outras companhias (Shell, Esso, Ipiranga, Texaco, etc...) terão que seguir o mesmo rumo, para não sucumbirem economicamente e perderem suas fatias de mercado. Isso é absolutamente certo e já vimos várias vezes isso acontecer!

CHAMA-SE LEI DA OFERTA E DA PROCURA;

Mas, para haver um grande impacto, nós precisamos alcançar milhões de consumidores da Petrobrás.
É realmente simples de se fazer!!

Continue abastecendo e consumindo normalmente!! Basta escolher qualquer outro posto ao invés de um BR (Petrobrás). Porque a BR?

Por tratar-se da maior companhia distribuidora hoje no Brasil e conseqüentemente com maior poder sobre o mercado e os preços praticados. Mas não vá recuar agora...

Leia mais e veja como é simples alcançar milhões de pessoas!! Essa mensagem foi enviada a aproximadamente trinta pessoas. Se cada um de nós enviarmos a mesma mensagem para, pelo menos, dez pessoas a mais (30 x 10 = 300) e se cada um desses 300 enviar para pelo menos mais dez pessoas, (300 x 10 = 3.000), e assim por diante, até que a mensagem alcance os necessários MILHÕES de consumidores!

É UMA "PROGRESSÃO GEOMÉTRICA" QUE EVOLUI RAPIDAMENTE E QUE VOCE CERTAMENTE JÁ CONHECE !!

Quanto tempo levaria a campanha?

Se cada um de nós repassarmos este e-mail para mais 10 pessoas A estimativa matemática (se você repassá-la ainda hoje) é que dentro de 08 a 15 dias, teremos atingido, todos os presumíveis 30 MILHÕES* de consumidores da Petrobrás (BR).

(fonte da ANP - Agencia Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis)

Isto seria um impacto violento e de conseqüências invariavelmente conhecidas...A BAIXA DOS PREÇOS

Agindo juntos, poderemos fazer a diferença.

Se isto fizer sentido para você, por favor, repasse esta mensagem, mesmo ficando inerte.

PARTICIPE DESTA CAMPANHA DE CIDADANIA ATÉ QUE ELES BAIXEM SEUS PREÇOS E OS MANTENHAM EM PATAMARES RAZOÁVEIS!

ISTO REALMENTE FUNCIONA.

VOCÊ SABE QUE ELES AMAM OS LUCROS SEM SE PREOCUPAREM COM MAIS NADA!

O BRASIL CONTA COM VOCÊ!!!

DEVANEIOS DE PERDA.

Para se fazer uma redução de estômago, tem que ter disciplina e equilíbrio posterior. Mas quem tem equilibio e disciplina, não precisa fazer redução de estômago. Controvérsia clara. Medicina cara. Quem ganha? Quem perde? Ganha a máfia. Perde a ética. Ganha o comércio. Perde a vida.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

PREFEITO COM A CABEÇA NA LUA...N...

Além da violencia nas ruas, há violencia nos bastidores....
RIO, CAPITAL OLÍMPICA. E O CAPITAL CORRE SOLTO...
Acabei de mandar um recado para uma vereadora de oposição ao prefeto Eduardo Paes, do Rio de Janeiro.
A prefeitura do Rio teve a cara-de-pau, para não dizer outras coisas antes de profundas averiguações, de pagar R$600.000,00 para um show do.....LUAN SANTANA!!!!!
TÔ DE CARA!!! Esta informação de cocheira será desvendada como um METEORO! A conferir.

VÁ PEGAR O 307!



Colaboração: Ricardo Maciel.
PUTA QUE PARIU.....EXISTE!
Comprovado, Puta que Pariu, existe!
Quando alguém lhe disser: "Vá pra Puta que o Pariu!", não vai ter mais problema, pois o lugar existe... e dá até pra gente ir de ônibus! Fica na cidade de Bela Vista de Minas, em Minas Gerais. Bela Vista, uma cidadezinha cercada de mato no interior de Minas Gerais, ( no Brasil é claro).
Uma grande surpresa: um dos bairros tem o nome de Puta que Pariu ! Acredite se quiser! O município de Bela Vista de Minas foi criado pela Lei nº 2764, de 30 de dezembro de 1962, desmembrando do município de Nova Era, declarando naquele momento, às margens do Córrego do Onça a Independência de Bela Vista de Minas.
A cidade é divida em 7 bairros: Bela Vista de Cima, Lages, Serrinha, Córrego Fundo, Favela, Boca das Cobras e ... Puta que Pariu.
Podem pesquisar, é verdade !!!
É só digitar "Puta que pariu" no Google e confirmar.
Só no Brasil mesmo Imaginem, o padre da paróquia dizer que vai celebrar uma missa na Puta que Pariu ?!
Ou o Jornal Nacional informar que o debate entre os candidatos ao governo de Minas será realizado na Puta que Pariu.
Ou ainda... Bancada do DEM reúne-se neste final de semana na puta que pariu para distribuição dos Panetones.
Agora você já sabe.
Quando quiser mandar alguém para aquele lugar, é só dizer: pega o 307 !!!
Nota do Blog:
Apesar da história ser engraçada é TOTALMENTE INVERÍDICA. As fotos acima são montagens (a placa, da Bahia) e o ônibus (de Curitiba), e a cidade de Bela Vista tem 12 bairros e nenhum tem esse nome pejorativo.
Ricardo, caro amigo, o 307 está te esperando!
Um abraço.

VOLTA REDONDA - DENUNCIA - ESTACIONAMENTO - ABUSO - UNIMED.

O Colaborador Carlos landim reproduz a denuncia abaixo que merece registro:

"Gostaria de divulgar aos moradores de Volta Redonda e região, a cobrança de estacionamento no novo hospital da Unimed instalado na cidade de VR.
Na opinião de muitos, a cobrança é absurda! Hospital não é shopping center e ninguém escolhe estar lá! Além disso, não há outra opção de estacionamento em função da localização do hospital.
Se alguém tiver um parente internado lá e for visitá-lo diariamente, no final do mês terá pago uma fortuna só de estacionamento! E os religiosos (pastores, padres, missionários, pastorais de saúde...) que visitam enfermos diariamente?
Isto é exploração, a Unimed não precisa disso!
O espaço p/ estacionar é imenso, o hospital é particular e os preços dos planos de saúde nada baratos! É uma questão de conciência e colaboração com a comunidade! Se alguém está doente, já tem gastos extra orçamento do tipo medicação, dietas ... Agora a família do enfermo também tem que incluir ESTACIONAMENTO de hospital? Isto não parece coisa de profissionais da saúde que se preocupam realmente em contribuir com a comunidade, como diz a Unimed em suas campanhas publicitárias. Isto é coisa de urubu de bolsa de valores! De predador capitalista que busca lucro a qualquer custo!
Vamos divulgar! Quem sabe a empresa acorda e percebe que é um hospital e não um banco!"

O LAPTOP DA XUXA.


Este texto foi "hit" na Internet no final do ano passado, mas como estamos já às vésperas natalinas e essa efeméride é a apoteose da inversão de valores e do consumismo desenfreado, e como recebemos este texto novamente do nosso amigo Esquerdinha, creio ser válido sua publicação para reflexão. O assunto é muito mais grave do que aparentemente é, e inocentemente se faz desapercebido. Isso sim, cara Jéssica, é prejudicial para as crianças, e não a exposição do belo e a sátira do cotidiano.

O jornal Folha de São Paulo publicou o depoimento de um jovem pai, que, aflito, dizia:
A minha filha pediu um laptop da Xuxa. Ela só tem três anos e fala direitinho ‘Laptop’. Acho que ela nem sabe o que é, mas viu na TV e quer de qualquer jeito. O pai afirma que já percorreu duas lojas à procura do ‘laptop da Xuxa’, mas que estavam com o estoque esgotado. Prossegue, dizendo que irá se dirigir, apesar da forte chuva, ao shopping, pois a felicidade de sua filha depende do tal laptop. Nada mais irá satisfazê-la, e não se contentará com um laptop de brinquedo similar,– quer unicamente o ‘laptop da Xuxa’. Apenas três anos de idade, e a marca do desejo já foi inscrita em sua subjetividade.
Enquanto as crianças assistem a desenhos e programas infantis, a educação para o consumo vai se instalando de forma poderosa no seu subconsciente. Como muitos pais passam longas jornadas fora de casa, e desconhecem o que os filhos vêem na televisão, vamos fazer uma breve descrição do comercial do brinquedo em questão.
O comercial inicia-se com Xuxa e duas meninas sentadas ao redor de uma mesa com cadernos e lápis de colorir. Xuxa diz que vai mostrar para as duas meninas algo muito mais legal e divertido. Nesta hora, entram em cena os efeitos especiais, e uma esteira colorida leva as três até o Céu E no Céu está o tal laptop. A esteira converte-se num gigantesco tobogã,
pelo qual elas descem escorregando felizes (reflita sobre como uma criança pequena processará tais fantasiosos efeitos visuais). E no fim do comercial, Xuxa apresenta os vários modelos e cores para se colecionar.
Trinta segundos se mostram suficientes para convencer a criança pequenina de que a felicidade reside no adquirir o produto anunciado. A esteira que conduz ao Céu.O incontido sorriso de Xuxa e das duas crianças figurantes, que mal cabem em si.
Ter = Ser Feliz.
O desejo de posse e o consumismo impostos a mentes indefesas, ainda na mais tenra idade. A pedagogia do consumo, – o aproveitar da imaturidade natural de uma criança pequena para convertê-la num consumidor precoce.
Gerações e gerações de crianças desenvolveram a criatividade e o gosto pela arte por meio de cadernos e lápis de colorir. E um comercial de 30 segundos consegue fazer com que a criança enxergue tal atividade como coisa do passado, e passe a almejar o objeto anunciado. “Lápis e cadernos de colorir, que coisa mais sem graça…”
A publicidade infantil se torna ainda mais cruel, desumana e desalmada quando recordamos que as crianças das famílias mais carentes encontram-se igualmente expostas à sua invasiva, massiva, desregulamentada e abusiva veiculação.
Nos países desenvolvidos, onde a Infância e a Educação são priorizadas, cuidadas e protegidas, existem leis regulamentando e restringindo a publicidade infantil. Nos Estados Unidos e na Europa, apresentadores de atrações infantis são proibidos por lei de ter sua imagem associada a qualquer produto comercial. A criança pequenina não tem a menor capacidade intelectual de compreender que por trás do comercial existem empresários, publicitários, diretores televisivos e seus milionários lucros comerciais. Para a criança pequena, o que há é apenas a Xuxa, que ela considera uma amiga, dizendo para ela que a felicidade reside no possuir tal laptop.
Fôssemos nós também um país desenvolvido, priorizando a Infância e a Educação, a apresentadora, os diretores televisivos, os publicitários e todos os demais envolvidos na criação e veiculação de um comercial como o do ‘Laptop da Xuxa’ estariam respondendo criminalmente, sujeitos a duras penas. O que se pode esperar de uma sociedade na qual, interesses comerciais se sobrepõem aos cuidados básicos com a Infância?… Os olhos e os ouvidos das crianças pequenas são sensíveis demais para a futilidade das novelas, as coberturas sensacionalistas dos dramas e tragédias humanas dos telejornais,…
Pode ser que ainda não seja tarde e possamos reverter o triste cenário que prevalece. Qual ação é mais prioritária do que o resgate do cuidado devido que a Infância merece?
"A luz, por mais fraca que seja, vale mais que todas as trevas juntas.”

BARRA MANSA FICOU MAIS TRISTE.

Perdemos, precocemente, nosso amigo Fabio Gilberto, o Fabinho. Seu corpo está vindo do Rio de Janeiro e será velado na antiga Câmara Municipal de Barra Mansa.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

FARRA MANSA.


CAI, CAI, BALANCETE, AQUI NA MINHA MÃO...
Chegou o balancete de outubro da prefeitura. Antes de comentá-lo, é preciso mais uma vez reiterar que esses valores são extraídos do balancete oficial tão somente da prefeitura, excluídas autarquias e fundações, e são valores efetivamente PAGOS durante o mês.
Como é de praxe, primeiramente vamos abordar os gastos efetuados com algumas empresas de fora de Barra Mansa, que adoram nossa cidade e o lucro que obtém aqui sem gerar impostos, renda ou empregos. Verdadeiras sanguessugas do nosso erário com a complacência e carinho de nossos “administradores”.

Valores em reais (R$)
NUTRI – PIRACICABA – SÃO PAULO – SP 800.000
CIA. BRAS. SOLUÇÕES E SERVIÇOS – SÃO PAULO – SP 378.114
COC – RIBEIRÃO PRETO – SP 187.000
TIPLAN – RIO DE JANEIRO – RJ 63.600
7 LAN – RIBEIRÃO PRETO – SP 57.810
INVESTIPLAN – RIO DE JANEIRO – RJ 55.996
LM 174 TELECOMUNICAÇÃO – NITERÓI RJ 49.000
DAISY PARTNESS – SÃO PAULO – SP 47.619
SHEIKNA- SÃO PAULO – SP 34.346
RPS RIOS – BELO HORIZONTE – MG 33.332
PAULA DE RESENSE – JUIZ DE FORA – MG 27.500
TRANSMARGOO TURISMO – RESENDE – RJ 24.400
GRUPO CIAP – BELO HORIZONTE – MG 23.600
TRANSP. INGÁ – NITERÓI – RJ 21.316
CONFECÇÕES AIRES – RIO DE JANEIRO – RJ 14.910
DIBOA COMERCIAL – NITERÓI 12.485
SÁVIO DE VASSOURAS – VASSOURAS – RJ 12.000
PORTO REAL TRANSP. COLETIVO – PORTO REAL – RJ 11.532

Mas há uma surpresa este mês. Como a eleição acabou, a imprensa ficou de lado e fora o SBT, no mês de outubro não teve mesada para ninguém. Coincidentemente, não sei se vocês repararam que nos jornais, nas rádios e nas tevês, estão começando a aparecer algumas mazelas de nossa cidade.

Mas as mesadas tradicionais continuaram a ser concedidas, tais como:
ONG CONSTUINDO SONHOS – 318.000
BARRA MANSA FUTEBOL CLUBE – 51.000
ASSOCIAÇÃO ABADÁ-CAPOEIRA 10.961
ASS. DE PRODUTORES RURAIS DE SANTA RITA – 8.000
IGREJA PRESBITERIANA 9 DE ABRIL – 6.000

No mês de outubro também percebemos o pagamento maior de salários para estagiários: R$125.000,00. Por que seria? Coincidência, né? A eleição também foi em outubro. Coincidência maior será este valor cair, e o Polvo me falou antes de morrer que isto vai acontecer.

Percebemos alguns gastos extraordinários com turismo, transporte, gráficas, combustível, letreiros, brindes, roupas, etc....Outra coincidência certamente.

Ai,ai.....

DESEMBARGADOR PINTO DEFENDE O USO DO PAU.

Como na postagem anterior o assunto descambou para a sacanagem real, vale a pena a reprodução desta notícia de 2002, vinculada num jornal de Brasília.
Notícia jurídica - Pau no Nome
Tribunal de Justiça de Brasilia -

Isso é um texto jurídico verdadeiro, no mínimo, CURIOSO. - "Pau No Nome"
Tribunal de Justiça (Brasília) recebeu o seguinte requerimento:

Eu, Maria José Pau, gostaria de saber da possibilidade de se abolir o sobrenome Pau de meu nome, já que a presença do Pau tem me deixado embaraçada em várias situações. Desde já, antecipo agradecimentos e peço deferimento. Maria José Pau.

Em resposta, o Tribunal lhe enviou a seguinte mensagem padrão:

Cara Senhora Pau, sobre sua solitação de remoção do Pau, gostaríamos de lhe dizer que a nova legislação permite a restirada do seu Pau, mas o processo é complicado. Se o Pau tiver sido adquirido após o casamento, a retirada é mais fácil, pois, afinal de contas, ninguém é obrigado a usar o Pau do marido se não quiser. Se o Pau for de seu pai, se torna mais difícil, pois o Pau a que nos referimos é de família, e vem sendo usado por várias gerações. Se a senhora tiver irmãos ou irmãs, a retirada do Pau a tornaria diferente do resto da família. Cortar o Pau de seu pai, pode ser algo que vá chateá-lo. Outro problema, porém, está no fato de seu nome conter apenas nomes próprios e poderá ficar esquisito caso não haja nada para colocar no lugar do Pau. Isso sem falar que, caso tenha sido adquirido com o casamento, as demais pessoas estranharão muito ao saber que a senhora não possui mais o Pau de seu marido. Um opção viável, seria a troca da rdem dos nomes. Se a senhora colocar o Pau atrás da Maria e na frente de José, o Pau pode ser escondido, porque a senhora poderia assina o seu nome como Maria P. José. Nossa opinião é a de que esse preconceito contra este nome já acabou há muito tempo e que, já que a senhora usou o Pau do seu marido por tanto tempo, não custa nada usá-lo um pouco mais. Eu mesmo possuo Pinto, sempre o usei, e muito poucas vezes o Pinto me causou embaraços.
Atenciosamente, Geraldo Pinto Soares. Desembargador Tribunal de Justiça - Brasília/DF

TÁ PASSIONE SACANAGEM.

DEDICADO A MADRE JÉSSICA DO BEM.
A nossa intelectual tupiniquim, Jéssica do Bem, em comentário filosófico peculiar, disse que nosso Blog está tornando-se um Blog pornográfico e por isso tem perdido acessos e visitas. Duas inverdades. Nosso Blog nunca manteve uma média tão consistente e alta de acessos, mesmo sem atualizações, e jamais publicamos genitálias. “A beleza do deserto é que tem sempre um oásis escondido”. E nós somos amantes da beleza.
Mas se que falar de pornografia, na sua essência, continue assistindo a novela “Passione”, no horário nobre da Rede Globo.
Isso sim é putaria, e das grossas.
Vamos para um das peças principais da trama:
Ela casou-se grávida de outro homem e teve um filho que o marido enganado escondeu, mentindo para ela toda a vida...
Todos os seus filhos são herdeiros de cornitude, até a filha esquisita.... Todos, inclusive o italiano.
Um dos filhos tem um problema misterioso que só pode ser pedofilia. Outro traço marcante desse nobre personagem á a tentativa de suicídio.
O outro, já morto, odiava a mãe, alem da mulher que não mantinha relações; essa, por sua vez, copulava com todo mundo.
Tem um filho viciado em drogas e outro chifrudo, que ama a menina que o irmão drogado comeu e que abortou um filho dele. Além disto, o ex-malandro agulha Saulo, tinha uma filha corneada pela mãe, que é apaixonada pelo bonitinho amante da mãe, que é filho do italiano corno. Lembrando que o empregadinho da casa dele é uma tremenda bichona.
E que ele era safado, e fazia qualquer coisa (vender a mãe, mulher, filho ou filha) pelo poder da fábrica quase falida por ele mesmo...
O italiano Totó, cerne na trama, tem uma filha corna que é casada com um bígamo, que é casado com a filha ninfomaníaca de um casal de velhos, também ninfomaníacos cujo homem, é o pai do Totó.
Mas a confusão na suruba nobre da Globo não acaba, pois o genro do Totó é casado com a irmã do Totó (filha do rico lixeiro pai do Totó), que então, é a tia da filha da outra mulher do marido dela!
Então a neta do Totó se torna sobrinha da outra mulher do seu genro etc.etc.
A bela mulher do Totó, Clara, é amante do malandro principal, que é sobrinho do Totó.
Repetindo: o sobrinho do Totó, drogado, é apaixonado pela mulher do Totó, ex-puta profissional, ladra, que foi criada pela avó cafetina das netas, que as prostitui as para explorá-las, inclusive a menor de idade.
Clara, a linda mulher do Totó é amante do principal bad guy da novela, Fred, o malandrinho, bandido, cafetão, receptador etc. que come também a filha da velha Beth Gouvêa, (e que é o pai do filho dela...).
A irmã velha do Totó, Gema, tem uma relação edipiana com o Totó, assumindo o papel de mãe dele.
O filho mais velho do Totó também é apaixonado por outra puta italiana...
O Totó como vêem, é uma riqueza de personagem... Bom homem de família...! Ele não fazia nada... Ficava ali em São Paulo, onde não conhece quase ninguém, sem trabalhar. A roça dele abandonada nos campos de Florença, e a mulher dele, o dia inteiro trepando com todo mundo: quando não é o viciado, é o gigolô dela...
E, segundo dizem, o Totó vai se apaixonar pela boazinha da Felícia, irmã do gigolo Fred, (que comia a Clara mulher dele), que é a mãe da menina apaixonada pelo viciado em droga, que come a mulher do Totó...
E que ainda por cima é uma menina que tem um pai misterioso que no final vai ser - querem apostar? - o bonitinho pedófilo, corno e suicida, corredor de carros, filho da viúva genial... O pai ninfomaníaco do Totó, (Cuoco) (que adora um cabaré e uma gafieira onde é amigo dos boyolas), é casado com uma futilíssima e frustrada dama da sociedade paulistana, "nouvau riche", que sabe que a enteada é corna do bígamo, mas só pensa no seu umbigo vazio...
O avô do Totó, corre atrás das empregadas e faz chantagem pra não contar quem é o pai da filha da futura namorada do Totó (para tentar comer a velha mãe do malandro bonitão e da mãe da menina do pai misterioso...)
Essa zorra toda ocorre entre três famílias apenas: a da velha viuva, Beth Gouvêa, a da Clara, putissima, e a da velha mãe do malandro e da futura esposa do Totó...
E claro, para não falar do filho do chofer, e filho adotivo da velha, que é o presidente da metalúrgica, que come a filha e a nora da velha, o honesto competente e bonzinho... que será o pai do filho do malandro com a filha da velha ...outro corno...
Isto não tem fim: todas as mulheres são infiéis e todos os homens, babacas!
Vamos lembrar que a velha Beth Gouvêa insinuou voltar a paquerar o velho do lixo, pai do Totó?
E o velho dos velhos, falso avô paterno do Totó (pois pai do pai corno do Totó) que foi apaixonado pela irmã do Totó?...
E a velha Gema ainda por cima é moralista!!! Cheia de valores!!!
E a velha esposa do velho avô do Totó, Brígida, insinuada desde o início da novela, como amante e freqüentadora do quarto do motorista da família, dentro da própria casa, se escondendo do velho marido...
Então cara Jéssica, nem que eu quisesse transformar meu Blog em pornográfico, conseguiria tantas proezas como a Globo em seu carro-chefe.
Quanto a pornografia que você enxerga no nosso Blog (e não abre mão, é bom ressaltar), creia que se encontra exatamente no meio de sua cabecinha e como não a conheço, não posso afirmar que também é existente e abundante em outras partes da sua anatomia.
Tá de sacanagem?

Em tempo: O titular do Blog não assiste a novela mencionada nem por decreto, mas lê Internet e recebe e-mails, que foram a base desta postagem. Por isso, caso haja algum erro na interpretação da putaria, favor desculpar.

NO MEIO DO MEU AMOR.

UM PAI MEIO CORUJA.
No fim do arco-íris tem um pote de ouro.
O início é o mais importante de uma longa caminhada.
A sociedade é um produto do meio.

Cito essas três máximas para discutir o aniversário de minha filha do meio, Thatia, ocorrido no último domingo.
E pensando nela, afirmo que existem potes de ouro no meio do arco-íris e que também o meio é fundamental numa caminhada. Mas Thatia, certamente é produto do meio da sociedade de nosso amor.
Tem muito de mim no meio dessa menina. Uma dose de intransigência e teimosia na luta pelas suas crenças, um destemor de enfrentar desafios na busca da sua felicidade, uma fidelidade a seus princípios e convicções e uma vontade de viver sem prejuízo da felicidade de outrem, são algumas marcas que nos identificam.
Thatia tem os seus meios, e os vive por inteiro.
Tem muito da Thatia no meio de mim, mais precisamente no meu coração.
Hoje, mãe há três meses, Thatia deu o primeiro passo para o seguimento de nossa prole e a perpetuação de nossas espécies. Alicia veio do seu meio, gerado pelo seu amor, para espalhar amor em nossas vidas e nos tornarem mais eternos.
Isso só já bastaria para ter orgulho em ter dedicado pedaços de minha vida em nome da dela, mas há mais, há muito mais prazer em ser seu pai. Há o orgulho de tê-la conquistado com a naturalidade da convivência simples e real e de ter, dentro de nossas possibilidades, oferecido nossas vidas em prol do seu aprendizado e felicidade que espero seja plena e cada vez mais abundante com o passar dos anos na nossa longa e maravilhosa caminhada nesta escola.
Thatia é minha filha do meio. Mas meu amor é inteiro, primeiro e derradeiro.

NOVIDADES NA CULTURA DO AÇO.




PREFIRO AS BELAS. EU E SIMONE.
Que vocês sabem que o show do Belo foi adiado para quinta-feira no projeto Cultura para Todos, pela prefeitura de Volta Redonda, eu tenho certeza (Neto nos falou que ele tem uma gravação na Globo inadiável, programada em cima da horta pela Toda Poderosa Platinada). Que vocês sabem que semana que vem tem uma comédia com atores do Zorra Total, também não duvido. Que está todo mundo careca de saber que o show da Maria Rita finalmente vai ser realizado no dia 07 de dezembro, é fato.
Mas o que vem dia 14? Ah...essa voces não sabem. Aliás, não sabiam, pois quem acompanha o Blog do Julinho tem informação privilegiada. Pois é, dia 14, já fechado, tem o show da SIMONE.
Milton Nascimento ficou tão encantado com o projeto que incentivou a cantora amiga para se apresentar no projeto com uma substancial redução de cachê.
Em tempo: Quem não conseguiu ingresso para o Belo, nem tente, esgotou tudo e já tem 500 pessoas em pé nas duas sessões. Tem gosto pra tudo. Eu sou muito mais a Gracyane ou a Viviane, mas fazer o que?

SE OCÊS PENSA QUE NÓIS FUMO SIMBORA, NÓIS ENGANEMO OCÊIS....


NÓS FEZ QUE FUMO E VORTEMO,
OI NÓIS AQUI TRA VEIS.
Bem amigos, como vão? Espero que não tenham sentido muito a falta de atualização no nosso blog. No final de semana fiquei no hotel fazenda Lagos doVale em Quatis, para poder assistir o show do Capital Inicial na Apppaloosa, e lá nem cheiro de Internet ou celular se sente. Depois aproveitei a parada para umas análises pessoais mais profundas e deixei nosso blog um pouquinho de lado. Mas bastou a gente ficar apenas poucos dias sem postar que a turma do bem já veio com papo que me vendi ou calaram a minha boca sob pressão, etc...
É incrível como eles tentam me medir com a régua que usam para si mesmos.
Repito, Julinho não está a venda, e o Blog, muito menos.
Bem, mas valos falar de coisas boas, o final de semana foi maravilhoso, o show do Capital Inicial foi incrível assim como como do Julinho Marassi e Gutemberg, que mais uma vez nos receberam no super camarote de cara com o gol. Até a minha música preferida da dupla, “Os meus heróis” foi dedicada para mim pelo meu xará e mais uma vez recebi a gentileza com muita honra e orgulho.
Enfim, para alegria de muitos e tristeza de outros, estamos de volta, felizes, alegres, em paz com a vida e cheios de vontade de viver.
Vamos simbora...
Em tempo: Neste intervalo fiquei mais a vontade para meu descanso virtual pois o Rodrigo voltou a escrever no seu Blog. Bom retorno e muita coerência e coragem, é o que espero e desejo.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

POR QUEM OS SINOS DOBRAM?

por Valmir Fonseca de Azevedo
Os sinos badalam para informar as horas, para chamar os fiéis para os serviços religiosos, para assinalar as efemérides, para lembrar os entes queridos, para saudar os heróis, e para... lamentar.
Recordamos o filme de sucesso. O “best – seller” do afamado Ernest Hemingway mostra cruamente o lado mais desumano da guerra civil espanhola, e aborda, acima de tudo, a condição humana e...
Para nós, diante de malévolas incertezas, repercute fundo o título contundente, inexorável e perquiridor “Por quem os sinos dobram?”.
Por nós, respondemos Não somos muitos, talvez os que votaram no Serra, os votos nulos, sem contar os que não votaram.
Sim, a outra parte, apenas escuta o badalar do sino que o PT toca, ruidosa e festivamente.
Os sinos dobram por que antevemos que a liberdade será maculada, violentada, conspurcada sob os aplausos daqueles que não pensam, não questionam, não se importam.
Os sinos dobram pelos ANALFABETOS, pois prosseguirão na sua ignorância a vender o seu voto.
Os sinos dobram pelos APOSENTADOS, que viverão à margem de qualquer melhoria.
Os sinos dobram pelos DOENTES, que padecerão no inferno crepitante do SUS.
Os sinos dobram pelos MISERÁVEIS, que após anos de desgoverno populista e demagogo, viram piorar o seu Índice de Decadência Humana (IDH).
Os sinos dobram pelos ESTUDANTES, jovens mentes deturpadas por ensinamentos inconseqüentes que desvirtuam virtudes, que ridicularizam valores e distorcem a história.
Os sinos dobram pelos PROFISSIONAIS DA IMPRENSA, pelos jornalistas imparciais que serão tolhidos no seu livre exercício profissional.
Os sinos dobram pelos MILITARES, desalentados, desorientados e atrelados às inconseqüências de um desgoverno revanchista.
Os sinos dobram por aqueles que trabalharam, economizaram, compraram suas casas, e pagaram com sacrifício, e poderão perder tudo.
Os sinos dobram por aqueles que plantaram, com suor colheram, e que poderão ter invadidas e confiscadas as suas terras.
Os sinos dobram pelos que trabalham muito, e que trabalharão muito mais para manter um padrão digno de vida, pois os impostos abarcarão grande parte dos seus salários.
Os sinos dobram pelos que usam jornal para ler ou para higiene corporal, pois todos, independentemente do tipo de uso, comeremos o pão que a inconseqüência dos que não lêem, amassou para os demais.
Os sinos dobram pela desmoralização do TRIBUNAL DE CONTAS DA UNIÃO, pela leniência do TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL e pelo claudicante SUPREMO TRIBUNAL DE JUSTIÇA.
Os sinos dobram pela danosa influência política que gerencia a ocupação de cargos de direção e favores aos amigos, que lidera as práticas de corrupção, os negócios nocivos aos cofres estatais e os benefícios a pessoas ou partidos políticos.
Os sinos dobram pelas minorias raciais, sociais, sexuais, joguetes úteis na criação de dicotomias que enfraquecem a grandeza da nação.
Os sinos dobram pelo pífio crescimento dos últimos anos, período em que se perdeu o bonde de desenvolvimento que o mundo propiciou.
Os sinos dobram pelo tremendo aumento da DÍVIDA INTERNA e da DÍVIDA EXTERNA.
Os sinos dobram pela covarde oposição, privilegiada assistente da derrocada nacional, e incompetente para se contrapor ao que virá.
Os sinos dobram pela morte da imparcialidade, da meritocracia, pela falta de perspectivas, pelas inconseqüências, pelas mentiras descaradas, pela ausência de vergonha, pela falta de ética e pela falência dos padrões morais que se perderam no desvão dos interesses pessoais.
Os sinos dobram para lamentar a democracia que se esvai lenta, mas inexoravelmente.
Os sinos dobram pelo BRASIL, parque de diversões de uma camarilha disposta a transformar esta soberana nação em pária internacional.
Os sinos dobram para cantar que, apesar de tudo, um novo futuro poderá ocorrer se tivermos a coragem de vazar o lixo fora.
Por derradeiro, os sinos dobram, para alertar, para sacudir, e para saudar os verdadeiros brasileiros, que por certo surgirão neste momento tão difícil.

AHÁ, UHÚ, A GEISY NÃO TOMOU NO...



EVOLUÇÃO GENÉTICA.
ME BEIJA, MINHA FLOR.
Nossa anti-musa de todos os carnavais, a gostosa de laboratório Geisy Arruda, novamente aparece em destaques nos jornais.
A Coluna “Roda de Samba” do jornal Extra na edição de ontem, reportou-se em destaque o lançamento da biografia da ex-baranga, com uma bomba em seu teor: Geisy Arruda afirma ter recebido uma proposta para desfilar na Beija-Flor em troca de sexo.
Disse que recebe proposta desse tipo todos os dias (Porque será, heim?).
O diretor da escola, Laíla, que nesse caso pode ser chamado de Lá ia (mas não foi), afirma que não procede pois a escola não tem o hábito de convidar artistas para seu desfile, com exceção de Claudia Raia e Celulari (Será que tentaram botar o Celulari na Raia da Geisy???)
Geisy se recusa a dar (redundância???) qualquer detalhe adicional sobre a história. Deve preferir dar outro tipo de detalhe. Calma, minha tesão de farmácia, Beija-Flor é bicudo mas não pica. Não, pica... (redundância de novo...).

Mas como Geisy é nossa anti-musa e nossa maior inspiração, me remeto à poesia e ressuscito Gregório de Matos:
Gregório de Matos (1633-1696), primeiro poeta barroco brasileiro, em resposta a uma freira que o havia chamado de Pica-Flor* (devido a sua fisionomia delgada) criou a seguinte composição poética:
“Se Pica-Flor me chamais,
Pica-Flor aceito ser,
mas resta agora saber,
se o nome que me dais ,
meteis a flor, que guardais!
Se me dais este favor sendo só de mim o pica,
e o mais vosso claro fica,
que fico então Pica-Flor”**.
* Naquela época, o beija-flor era chamado "pica-flor".
** Por estas e outras, o poeta era também chamado de "boca do inferno".

Fica então a pergunta em formato de poesia:
Se fosse então Pica-Flor, a Geisy Arruda daria?

Tchau, minha luxúria siliconada de plumas aveludadas.
Beijinho, Beijinho, Pau, Pau.

Ainda chego a conclusão que Geisy é uma garbosa ave fruto da mistura genética entre o Beija-Flor, o Quero-quero e o Pica-pau.
E pensar que na época da Uniban era apenas uma simples galinha.

CONSEQUENCIAS.


A VIDA REAL. 27 ANOS.
Há exatos vinte e sete anos, um rapaz no auge de seus vinte e um anos de idade, entrava na Igreja do Ano Bom, repleta. Aguardou no altar por minutos uma bela jovem de dezessete anos que havia lhe jurado amor eterno. De lá para cá, como em todos jovens casais apaixonados, houveram brigas que o tempo foi omitindo, houveram crises que o trabalho e a fé suplantaram, houveram ciúmes e rompantes que a experiência foram lapidando e transformando em amor na sua essência mais nobre. Mas acima e mais do que tudo, houveram muitos e muitos beijos e abraços, e as conseqüências prazerosas que os beijos e abraços nos dão. E dessas conseqüências foram gerados tres filhos maravilhosos, e das conseqüências dessas conseqüências, Deus já os abençoou com uma neta.
Hoje eu e Gi fazemos vinte e sete anos ininterruptos de casamento. Ainda arde no corpo nossa paixão, queima na pele nosso desejo e flui no ar o nosso amor. Talvez por isso, mesmo já senhor, me sinta com esses mesmos vinte e sete anos de idade. Talvez seja mesmo real, pois hoje vejo que minha vida começou a ter sentido pleno exatamente no dia em que me casei.
Obrigado meu amor por também ter me dado a vida, a segunda vida, a vida real.

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

MANCHETE DA QUINTA (DE NOVO). O CARA MERECE.


ALÉM SEM ALENCAR.
Cancer no abdome, 15 cirurgias, Obstrução intestinal, Tumores abdominais, Edema agudo no pulmão, Crise de hipertensão, Cateterismos, Soboclusão intestinal, Sarcoma, Infarto agudo no miocárdio, Sessões de quimioterapia, Lula, Dilma, Mensalão, Erenice, Dirceu...Nenhum desses males matou o Alencar, nosso vice.
O homem já está de alta e fazendo piada.
O mineirim ruim de morrer, sô!!!

Saúde, guerreito!!!

DENÚNCIA


Recebemos este e-mail e a pedido, publicamos:
Boa tarde Júlio,
Tamanha a minha revolta, segue abaixo uma denúncia, que se possível gostaria que divulgasse no seu blog:
Existem na PMBM (Prefeitura Municipal de Barra Mansa - inserção nossa) vários "advogados" contratados como assessores substituindo o trabalho dos concursados deste ano, impedindo-os de tomar posse e até mesmo reduzindo as vagas ali existentes.
A justificativa da Prefeitura para a não contratação dos aprovados ao cargo de Advogado no último concurso é a "falta de $$". Ora, como pode faltar para chamar os concursados sendo que estão mantendo vários advogados contratados - não concursados?
E o pior: existe uma contratada, advogada, cujo nome é Tatiana, vem intimidando vários companheiros advogados que militam contra a Municipalidade e também fazendo jogo duro com processos administrativos de servidores, prejudicando-os, proferindo pareceres sem nenhuma fundamentação legal.
Gostaríamos de chamar a atenção do Procurador Geral e Controlador - Ronaldo Barbosa - até o momento não foram chamados nenhum aprovado... E o Zé também não faz nada....
Abraços Júlio!

André Moreira

CONVITES

Já que falei em convites na postagem anterior, aproveito a deixa para agradecer os convites para o Aniversário da Vereadora Sonia Coutinho, do Aniversário da amiga Graça Garcia e do jantar dos Melhores do Ano da ACIAP, que ocorrerão nos próximos sete dias. A todos, meu muito obrigado e minha sincera intenção de estar presente, se possível for.