quinta-feira, 30 de setembro de 2010

BOMBA ESPERADA


APURAÇÃO ELEIÇÕES 2010.

COBERTURA COMPLETA E DINÂMICA DA APURAÇÃO DO RESULTADO DAS ELEIÇÕES DE 3 DE OUTUBRO.
DIA 03, A PARTIR DAS 17 HORAS NO BLOG DO JULINHO.
JÁ COMEÇAREI A APURAÇÃO COM UMA NOTÍCIA BOMBÁSTICA QUE SÓ PODERÁ SER REVELADA ÀS 17 HORAS DO DIA 3.
FIQUEM LIGADOS.

bomba esperad

COBERTURA COMPLETA E DINÂMICA DA APURAÇÃO DO RESULTADO DAS ELEIÇÕES DE 3 DE OUTUBRO.
DIA 03, A PARTIR DAS 17 HORAS NO BLOG DO JULINHO.
JÁ COMEÇAREI A APURAÇÃO COM UMA NOTÍCIA BOMBÁSTICA QUE SÓ PODERÁ SER REVELADA ÀS 17 HORAS DO DIA 3.
FIQUEM LIGADOS.

CONCURSO CMBM - ESTATÍSTICAS PARCIAIS.


PARA ANÁLISE DOS CANDIDATOS.

Para dar uma dica aos pretendentes a uma vaga na Câmara Municipal de Barra Mansa, vamos informar o ranking atual de inscrições até o momento:

Auxiliar de Assessoria de Imprensa
19 inscrições para uma vaga (1/19)
Auxiliar de Protocolo
152 inscrições para uma vaga (1/152)
Auxiliar de Secretaria
179 inscrições para uma vaga (1/179)
Auxiliar de serviços gerais
144 inscrições para 9 vagas (1/16)
Contabilista do Controle Interno
24 inscrições para uma vaga (1/24)
Encarregado do setor de Telefonia
15 inscrições para uma vaga (1/15)
Motorista
35 inscrições para 4 vagas (1/8,75)
Oficial Administrativo
85 inscrições para 3 vagas (1/28,33)
Oficial de Atas
24 inscrições para uma vaga (1/24)
Oficial de Livros
11 inscrições para uma vaga (1/11)
Operador de Som
36 inscrições para uma vaga (1/36)
Recepcionista
66 inscrições para 2 vagas (1/33)
Telefonista
48 inscrições para 2 vagas (1/24)
Vigia Noturno
46 inscrições para 3 vagas (1/15,33)

Em parênteses a proporção parcial vaga/candidato.
Boa Sorte. Vai ser uma honra trabalhar com você.

A MELHOR GALINHA DA FAZENDA.


ANTI-MUSA INSPIRADORA.
Nossa eterna e derradeira anti-musa Geisy Arruda, já está “bombando” na Fazenda 3 da Record, como a gente previa. Já é, segundo o jornal EXTRA, que a colocou na capa do caderno de TV, a que mais chama atenção do público que assiste ao reality show.
Ela arrumou a primeira briga, pagou a primeira calcinha, fez a primeira reclamação com a produção, ganhou a primeira cantada, arrematou o primeiro premio do programa (100 mil reais), certamente dará o primeiro beijo e provavelmente dará a primeira.....CENSURADO.
Durante a apresentação do programa, a Revista Sexy lançará o ensaio peladona da nossa anti-musa. Mais ou menos 5 quilos e seiscentos gramas de puro PHOTOSHOP importado, afinal de contas, nossa anti-musa é “must”.
Nossa anti-musa é tão chique e letrada que fiz um poema para ela digno de Clarice Lispector:

Geisy, minha anti-musa
Quero a Sexy autografada,
Em baixo da sua blusa
Na teta siliconada.
Lindo, não?
Ela merece.

PREVISÃO FEDERAL - BLOG DO JULINHO


O DIAP FEZ A SUA PREVISÃO, AGORA O BLOG DO JULINHO FAZ A SUA (O DIARAQUE). REVISADO EM 01.10.-13H.
Relaciono agora os 85 nomes entre os quais considero que estarão os 46 eleitos à deputado federal pelo Rio de Janeiro:
GAROTINHO
SUELY
NEILTON MULIM
DR. ADILSON SOARES
RENATO COZZOLINO
DR. PAULO CÉSAR
LILIAN SÁ
ZOINHO
PASTOR IZAIAS COIMBRA
PAULO FEIJÓ
ROMÁRIO
ALEXANDRE CARDOSO
GLAUBER
CARLOS ALBERTO LOPES
CARLOS VICTOR
XICO PINTADO
CARLOS EUGENIO CLEMENTE
SERGIO SVEITER
ARNALDO VIANNA
MIRO TEIXEIRA
BRIZOLA NETO
DR. DILSON DRUMOND
MARCELO MATOS
VIVALDO BARBOSA
BENEDITA
EDSON SANTANA
ALESSANDRO MOLON
BITTAR
LUIZ SERGIO
CHICO DANGELO
VLADIMIR
CARLOS SANTANA
BISCAIA
MARCELO SERENO
ELIANA ROLIM
RODRIGO MAIA
ANDREIA ZITO
SOLANGE AMARAL
STEPAN NERCESSIAN
OTÁVIO LEITE
MARCELO ITAGIBA
AROLDE DE OLIVEIRA
FÁBIO LINS E SILVA
ALEXANDRE SERFIOTIS
TIO CARLOS
ADOLPHO KONDER
LEONARDO PICCIANI
PEDRO PAULO
NELSON BORNIER
HUGO LEAL
EDUARDO CUNHA
WASCHINGTON REIS
EZEQUIEL
JAIR BOLSONARO
JÚLIO LOPES
SIMÃO SESSIM
ALEXANDRE SANTOS
FERNANDO JORDÃO
SOLANGE ALMEIDA
FERNANDO LOPES
ELYMAR SANTOS
BERNARDO ARITON
RODRIGO BETHLEM
DELEY
FILIPE PEREIRA
SÁVIO NEVES
FELIPE BORNIER
WALNEY ROCHA
NADER FILHO
TATI QUEBRA-BARRACO
LUIZ CARLOS DO CHAPÉU
LAURA CARNEIRO
PAULO BALTAZAR
JIMMY PEREIRA
ATILA NUNES NETO
CHICO ALENCAR
JEAN WiLLYS
VITOR PAULO
JANDIRA FEGHALLI
EDMILSON VALENTIM
MACIEL
MARCELO LESSA
CORONEL CALIXTO
ROGÉRIO LISBOA
SIRKIS
Qualquer um outro do PV.

Chutando, e bota chute nisso, poderia arriscar a formação dos 46, mas, repito, é puro chute:
GAROTINHO – SUELY – NEILTON MULIM – DR. ADILSON SOARES – DR. PAULO CESAR – ROMÁRIO – ALEXANDRE CARDOSO – GLAUBER – CARLOS ALBERTO LOPES – ARNALDO VIANNA – MIRO TEIXEIRA – BRIZOLA NETO – BENEDITA – EDSON SANTOS – ALESSANDRO MOLON – BITTAR – LUIZ SÉRGIO – VLADIMIR (OU CHICO DANGELO-DÚVIDA)– RODRIGO MAIA – ANDREIA ZITO – STEPAN NERCESSIAN – SOLANGE AMARAL – OTÁVIO LEITE – MARCELO ITAGIBA – AROLDE DE OLIVEIRA – LEONARDO PICCIANI – PEDRO PAULO – NELSON BORNIER – HUGO LEAL – EDUARDO CUNHA – WASCHINGTON REIS – EZEQUIEL – JAIR BOLSONARO – JÚLIO LOPES – SIMÃO SESSIM – ALEXANDRE SANTOS – FERNANDO JORDÃO – SOLANGE ALMEIDA – FILIPE BORNIER – NADER FILHO – JIMMY PEREIRA – CHICO ALENCAR – JANDIRA FEGHALLI – EDMILSON VALENTIM – VITOR PAULO – SIRKIS.

Entre nosso estudo (O DIARAQUE) e o do DIAP, percebemos algumas diferenças. O DIAP considerou como fortes candidatos ROGERIO VILA NOVA E DARLEI, o que não concordamos, e deixou de fora nomes de peso como GLAUBER, CARLOS ALBERTO LOPES, CARLOS VICTOR, SÉRGIO SVEITER, STEPAN NERCESSIAN, FÁBIO LINS E SILVA, ALEXANDRE SERFIOTIS, PEDRO PAULO, WASCHINGTON REIS, FERNANDO JORDÃO, ELYMAR SANTOS, RODRIGO BETHLEM, SÁVIO NEVES, WALNEY ROCHA, BALTAZAR, JIMMY PEREIRA, ATILA NUNES NETO, entre outros.

A ordem que postei os nomes é totalmente aleatória sem nenhuma conotação numérica, a não ser no caso do GAROTINHO, que foi o primeiro da lista e será o mais votado no Estado.

ATENÇÃO, NAÇÃO RUBRO-NEGRA...

LUXA...
Salvo grande engano, dentro de horas, ou até mesmo minutos, Silas poderá ser demitido do comando técnico do Flamengo e Vanderlei Luxemburgo deverá ser anunciado.
A expectativa é para que ele já comande o time contra o Botafogo no sábado.
Deus permita.
CORREÇÃO: Silas ganhou sobre-vida. Luxemburgo continua como temoroso fantasma.
Em caso de tropeço contra o Botafogo (Tropeço???), já viu, né?

DILMA ABORTOU SEU PONTO DE VISTA.


ABORTO DE IDÉIAS.
Dilma desmentiu a oposição ontem e disse que é radicalemente contra o aborto e que não defenderá um plebiscito, como faz a candidata do PV, Marina Silva e que, mesmo com o seu partido defendendo uma discussão maior sobre o tema, não proporá nenhuma medida ao Congresso para descriminalizar o aborto.
Mas em maio de 2009, em entrevista à revista "Marie Claire", que defende claramente o aborto, a já então pré-candidata não Dilma deu a seguinte resposta sobre o assunto: "
Abortar não é fácil pra mulher alguma. Duvido que alguém se sinta confortável em fazer um aborto. Agora, isso não pode ser justificativa para que não haja a legalização. O aborto é uma questão de saúde pública. Há uma quantidade enorme de mulheres brasileiras que morre porque tenta abortar em condições precárias."
Portanto, a afirmação de que Dilma é a favor do aborto, que sua campanha está tratando como uma calúnia com objetivos eleitorais, tem base em declarações dela própria.
Por cínica conveniência eleitoreira ela não mantém abertamente seu pensamento íntimo, mas para Dilma e Lula, nada importa, a não ser continuar mamando nas tetas públicas.

FORNO QUENTE.

Noel de Carvalho, Edson Albertassi, Ademir Melo, Cida Diogo, Gustavo Tutuca e Nelson Gonçalves, devem ser, nesta ordem, os candidatos a deputado estadual mais votados no sul-fluminense, segundo pesquisas. Evidentemente que a votação adquirida fora da região pode beneficiar candidatos e alterar o quadro.
Nesse ponto, José Nader dá banho, Noel, Albertassi, Ademir, Cida, Gustavo e Inês ganham pontos e Gotardo, Roosevelt, Nelsinho, Paiva, ficam devendo. Cada um tem sua história em sua coligação, mas, pelo sim pelo não, o Blog crê que o sul-fluminense terá deputados estaduais em profusão: Noel, Albertassi, Ademir, Cida, Nader, Gustavo Tutuca, Gotardo, e mais...Inês, Paiva, Esssiomar e Nelsinho não estão mortos.
Enfim, dia 03, à noite, no Blog do Julinho, todas as verdades estarão cristalinas.

1322

Fechamos o dia de ontem com 1322 acessos no dia de IPs diferentes.
Coisa de louco.
Briagaduuuuuuuuuuuuu!!!!
Vamos, a cada dia, tentar merecer tamanha confiança.
O Blog é seu, o blog é nosso.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

COLARINHO BRANCO CONVIDA...


DE BOCA NO COLARINHO.
Analise nossa programação ...

O Botequim Colarinho Branco está preparando uma semana com muitas atrações para que você tenha noites agradáveis com os amigos e com muita descontração e gente bonita !!!

29/09 (quarta-feira) - Show acústico com a dupla JUNIOR & DYEGO, a partir das 20h, tocando muita MPB de altíssimo nível!!!

01/10 (sexta-feira) – Show acústico com a dupla JEG & VINICCI da BLUE BOX tocando os grandes sucessos em versão de BLUES de Eric Clapton, David Gilmur, Elvis Presley, Beatles, Rolling Stones e etc... IMPERDÍVEL!!!!!!!!

02/10 (sábado) – Venha participar do 1º Encontro de Boca de Urna do Colarinho Branco com a BANDA BLUE ANGELS, com mais de 15 anos de estrada, tocando o melhor dos BEATLES, a partir das 15h, SENSACIONAL !!!!!!
Para esse sábado estamos preparando um Cardápio para as Eleições:
1º Opção: “Lula à ROUSSEFF
2º Opção: “ Picanha à MARINADA
Para acompanhar as duas opções selecionamos uma Caninha da Serra por nossa conta!!!

Nota do Blog: O nome da festa (Boca de Urna), os nomes dos pratos (Lula à Roussef e Picanha Marinada Verde), além do oferecimetno da Caninha da Serra, foram criações deste humilde blogueiro.


BOTEQUIM COLARINHO BRANCO
“Cara, Alma e Jeito de Botequim”

NOVAS MARCAS, NOVOS RECORDES.


BOMBANDO EM CIMA DA BOMBA...

Nosso blog nas últimas 24 horas, recebeu

2.158 acessos de

1.109 IPS diferentes.

Aonde isso vai parar?
De qualquer forma, muitíssimo obrigado por esta alegria.
Estamos juntos.

TÁ ACHANDO POUCO, TOMA MAIS...

NÃO HÁ PORQUE E NEM COMO MENTIR.
Uma aloprada do bem acabou de encaminhar um comentário sobre a matéria relativa ao balancete de agosto da PMBM, me chamando de mentiroso e outras coisas mais, informando que os valores que informei são anuais.
Não, não são, são referentes somente aos PAGAMENTOS EFETUADOS no mês de agosto, só da Prefeitura, sem as autarquias.
Mas já que ela provocou o assunto, informo os valores recebidos por determinadas empresas somente de janeiro à agosto/2010 (8 meses).
NUTRI (PIRACICABA) R$2.995.102,00
CIA BRAS. DE SOLUÇÕES E SERVIÇOS (SÃO PAULO) R$2.654.098,00
COC (RIBEIRÃO PRETO) R$1.500.172,00
CONSTRUTORA TERRACOTA (VOLTA REDONDA) R$670.599,54
CONSERVADORA CIDADE DO AÇO (VOLTA REDONDA) R$565.912,00
VIA RESULT (VOLTA REDONDA) R$236.861,00
OBR (VOLTA REDONDA) R$205.103,70
RORIZ INSTRUMENTOS (GOIÂNIA) R$191.758,00
E MUITO MUITO MAIS...
ONG CONSTRUINDO SONHOS....R$1.908.000,00
ESTAGIÁRIOS....R$900.000,00
ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES RURAIS DE AMPARO...R$500.000,00
BARRA MANSA FUTEBOL CLUBE...R$370.000,00
ALGUNS DA IMPRENSA...
INTERMÍDIA....R$384.000,00
ORGANIZAÇÕES FÉRES NADER...R$164.000,00
DIÁRIO DO VALE...R$134.000,00
TV RIO SUL...R$110.000,00
RÁDIO DO COMÉRCIO...R$67.000,00
AQUI....R$49.000,00
E por aí afora,
Venham, os balancetes estão à disposição.

ADMINISTRAÇÃO CARANGUEJO.

NÚMEROS DA DESORDEM.
Continuando a nossa saga de fiscalizar aonde a prefeitura de Barra Mansa está lançando o meu, o seu, o nosso suado dinheirinho, vamos agora para os gastos do mês de agosto, segundo balancete oficial assinado pelo prefeito e pelo secretário de fazenda.
Mais uma vez é bom lembrar que relatamos aqui somente alguns gastos com enfoque especial para empresas de fora da cidade e gastos em imprensa e publicidade, e só estão computados os gastos diretos da PMBM, sem se considerar os realizados pelas autarquias e fundações, como SAAE, SUSESP, FEBAM, etc..
Vamos primeiro para as empresas que levaram o dinheiro da nossa cidade para outros rincões e lá geram emprego, renda e qualidade de vida:

NAME – COC (RIBEIRÃO PRETO) R$852.012,00
CIA. BRAS. SOLUÇÕES EM OBRAS (SÃO PAULO) R$363.444,00
CONSERVADORA CIDADE DO AÇO (VOLTA REDONDA) R$199.920,00
CONSTRUTORA TERRACOTA (VOLTA REDONDA) R$156.285,00
NUTRI E SABOR (PIRACICABA) R$93.556,00
INOVA (TRES CORAÇÕES) R$50.000,00
DAISY PARTNESS (SÃO PAULO) R$47.619,00
VIA RESULT (VOLTA REDONDA) R$43.118,00
MDW ARQUITETOS (SÃO PAULO) R$37.500,00
TRANSMARGOO TURISMO (RESENDE) R$36.111,00
MELAN E MELO PAPELARIA (MIRACEMA) R$31.960,00
PAULA DE RESENDE AUTOMÓVEIS (JUIZ DE FORA) R$27.326,00
BLUE SEAL (RIO DE JANEIRO) R$25.350,00
COMERCIAL CEDRO CAMPING (SÃO PAULO) R$17.400,00
PORTO REAL TRANSP. COLETIVO (PORTO REAL) R$15.670,00
JMS CONSTRUTORA (SÃO PAULO) R$14.334,00
RODOPLEX (BANANAL) R$12.750,00
VIDA MAIS (PIRACICABA) R$11.008,00
SHEIKNA (SÃO PAULO) R$7.510,00
SOLAR AUDINFO (VOLTA REDONDA) R$5.950,00
ZIEMMER (VOLTA REDONDA) R$4.800,00
DECORLINE (SÃO PAULO) R$4.306,00
HOT LINE (GUARULHOS) R$3.658,00
CS E CS (RIO DE JANEIRO) R$2.760,00

Depois essa gentinha fofoqueira fica falando no Blog do Julinho que a prefeitura de Barra Mansa não paga ninguém. Que mentira. Paga sim e paga bem. Para alguns, é verdade, mas amigo é amigo e quem tem padrinho não morre pagão. Para COC, NUTRI e outros mais, a prefeitura é uma Mãe. Mãe Joana, mas mãe.

Os amiguinhos da mídia também não foram esquecidos, afinal, imprensa boa é imprensa paga e muda, do jeito que o Lula gosta e do jeito que o Pachá quer.

INTERMÍDIA (aquela mesmo também chamada de INTERMEDIA...) R$54.339,00
ORGANIZAÇÕES FÉRES NDER (É isso aí, doutor...) R$35.000,00
DIÁRIO OFICIAL, DIGO, DIÁRIO DO VALE R$17.860,00
RÁDIO DO COMÉRCIO, E BOTA COMÉRCIO NISSO R$8.500,00
O DIA (ONTEM, HOJE E AMANHÃ) R$7.560,00
FOLHA DO INTERIOR R$3.360,00

A maioria das ameaças que recebo são quando divulgo os gastos da PMBM. Eu não entendo porque a prefeitura tem vergonha de pagar e os fornecedores tem vergonha de receber. Vai entender....Ainda sou criança para entender certas coisas.

Mas vamos a outros gastos curiosos:

A Associação Abadá-Capoeira recebeu pelas mais R$5.480,60, e esse ano pelas minhas contas, ela já recebeu mais de R$76.000,00 da prefeitura. Pode ser total ignorância minha, mas não entendo essa despesa de jeito nenhum.
A ONG CONSTRUINDO SONHOS (A que intermedia as despesas do projeto Música nas escolas, composta por esposas de pessoas da administração) recebeu novamente a sua modesta mesada de R$318.000,00.
Também se está constituindo em mesada fixa a parcela de R$8.000,00 que a prefeitura pagou a Associação de produtores de Santa Rita. Esse mês teve de novo.
Outra mesada que não quer calar, digo, não quer parar, mesmo com o campeonato encerrado é a concedida para o Barra Mansa Futebol Clube. Este mês mais R$51.000,00 foram doados ao Clube.
Outro carinho com os amigos íntimos foi ofertado. O CDL recebeu da grande mãe a quantia de R$67.889,00
Coincidentemente, as vésperas eleitorais, uma empresa de brindes recebeu da PMBM, R$70.000,00 (MV COMÉRCIO VAREJISTA DE BRINDES)
Também coincidentemente, a prefeitura aumentou os gastos com estagiários e só no mês de agosto bancou R$121.000,00 para nossos jovens, sem compromisso nenhum e sem vínculo político. Eles só estarão fantasiados de fiscais do PMDB no dia 03 de outubro, por uma feliz coincidência e exacerbado dever cívico que aflorou em seus coraçõeszinhos.

E assim, balancete por balancete, a gente vai descobrindo porque Barra Mansa é a única cidade do Sul-fluminense que caminha como caranguejo e cai em índices de avaliação de qualidade de vida, enquanto as vizinhas caminham em passos largos rumo ao desenvolvimento.
Números são números e não existem argumentos para debate-los.
Nossa esperança é que brevemente o POlVO acorde e derrube o CARANGUEJO.
Antes que seja tarde e nossa mar fique seco.

BANCADA DO BRASIL.


PIADA DE PAULISTA.
Além de Tiririca, o DIAP concluiu que o eleitor paulista tem tudo para eleger para o Congresso Nacional, outros nomes toscos como Vampeta, Agnaldo Timóteo, Batoré, Delegado Protógenes, Frank Aguiar, Juca Chaves, Kiko do KLB, Maguila, Marcelinho Carioca, Paulo Maluf, Raul Gil Jr. e por aí afora.
Depois o eleitor quer reclamar de que?
Como já disse, o Congresso é a cara do eleitorado:
Inconseqüente, irresponsável, corrupto e vagabundo.

PREVISÃO DIAP - DEPUTADOS FEDERAIS - RIO DE JANEIRO,


DEPUTADOS FEDERAIS
O DIAP realizou estudo visando a composição do Congresso Nacional, e apontou os 58 nomes abaixo como os prováveis candidatos à deputado federal com chances para ganhar uma das 46 vagas que o Estado do Rio tem direito.
Mesmo assim, dessa lista rodam no mínimo 12.

ALESSANDRO MOLON PT SEM COLIGAÇÃO NOVO
ALEXANDRE CARDOSO PSB PSB / PMN REELEIÇÃO
ALEXANDRE SANTOS PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
ANDREIA ZITO PSDB PPS / DEM / PSDB REELEIÇÃO
ANTONIO CARLOS BISCAIA PT SEM COLIGAÇÃO NOVO
ARNALDO VIANNA PDT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
AROLDE DE OLIVEIRA DEM PPS / DEM / PSDB REELEIÇÃO
BENEDITA DA SILVA PT SEM COLIGAÇÃO NOVA
BERNARDO ARISTON PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
BRIZOLA NETO PDT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
CARLOS EUGÊNIO CLEMENTE PSB PSB / PMN NOVO
CARLOS SANTANA PT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
CHICO ALENCAR PSol SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
CHICO D'ANGELO PT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
DARLEI PMDB PP / PMDB / PSC NOVO
DELEY PSC PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
DR. ADILSON SOARES PR SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
DR. PAULO CESAR PR SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
EDMILSON VALENTIM PCdoB SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
EDSON EZEQUIEL PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
EDSON SANTOS PT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
EDUARDO CUNHA PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
FELIPE BORNIER PHS PTB / PTN / PSDC / PHS / PTC REELEIÇÃO
FERNANDO LOPES PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
FILIPE PEREIRA PSC PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
GAROTINHO PR SEM COLIGAÇÃO NOVO
HUGO LEAL PSC PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
JAIR BOLSONARO PP PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
JANDIRA FEGHALI PCdoB SEM COLIGAÇÃO NOVA
JEAN WYLLIS PSol SEM COLIGAÇÃO NOVO
JORGE BITTAR PT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
JULIO LOPES PP PP / PMDB / PSC NOVO
LEONARDO PICCIANI PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
LUIZ SÉRGIO PT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
MACIEL PHS PTB / PTN / PSDC / PHS / PTC NOVO
MARCELO ITAGIBA PSDB PPS / DEM / PSDB REELEIÇÃO
MARCELO SERENO PT SEM COLIGAÇÃO NOVO
MIRO TEIXEIRA PDT SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
NADER FILHO PTB PTB / PTN / PSDC / PHS / PTC NOVO
NEILTON MULIM PR SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
NELSON BORNIER PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
OTAVIO LEITE PSDB PPS / DEM / PSDB REELEIÇÃO
PASTOR ISAIAS COIMBRA PR SEM COLIGAÇÃO NOVO
PAULO FEIJO PR SEM COLIGAÇÃO NOVO
RENATO COZZOLINO PR SEM COLIGAÇÃO NOVO
RODRIGO MAIA DEM PPS / DEM / PSDB REELEIÇÃO
ROGÉRIO VILA NOVA PSDB PPS / DEM / PSDB NOVO
ROMÁRIO PSB PSB / PMN NOVO
SIMÃO SESSIM PP PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
SIRKIS PV SEM COLIGAÇÃO NOVO
SOLANGE ALMEIDA PMDB PP / PMDB / PSC REELEIÇÃO
SOLANGE AMARAL DEM PPS / DEM / PSDB REELEIÇÃO
SUELY PR SEM COLIGAÇÃO REELEIÇÃO
TATI QUEBRA BARRACO PTC PTB / PTN / PSDC / PHS / PTC NOVA
VITOR PAULO PRB SEM COLIGAÇÃO NOVO
VIVALDO BARBOSA PDT SEM COLIGAÇÃO NOVO
VLADIMIR PT SEM COLIGAÇÃO NOVO
XICO PINTADO PSB PSB / PMN NOVO

Segundo o DIAP, o Sul-Fluminense poderá ter até tres representantes no Congresso Nacional: Luiz Sérgio (Angra dos Reis), Nader Filho (Barra Mansa) e Deley (Volta Redonda).
Alexandre Serfiotis, Fernando Jordão e Zoinho, entre outros, não constam da relação.
Na linha Tiririca, o DIAP espera que Jean Willys e Tati Quebra-Barraco estejam no pareo, sem contar com Romário, que é pule de dez.
Eduardo Cunha, Alexandre Cardoso, Júlio Lopes, Hugo Leal, entre outros que tem parcerias políticas no sul-fluminense, também estao na lista do DIAP.
À conferir.
Falta pouco.


30.000

Mesmo considerando que o contador adotado pelo Blog sofreu diversas panes durante nossa caminhada, prejudicando sobremaneira a contagem de acessos, acabamos de atingir a marca de 30.000 acessos por IP diferente/dia.
É uma marca modesta se comparada a blogs já estruturados e profissionais e que contam com amplo esquema de publicidade, mas mesmo assim, é dignificante e essa marca quero dividi-la com todos vocês, fiéis leitores que são a essência do nosso blog e razão “sine-qua-non” de sua existência.
Cremos que dentro de pouquíssimos dias atingiremos a marca de 100.000 visitas, pois já estamos com quase 97.000.
Valeu!!!

CONCURSO PÚBLICO - CMBM - ACERTANDO ARESTAS.

SEGUNDO TERMO DE RETIFICAÇÃO DO EDITAL DE ABERTURA Nº 01/2010
A Câmara Municipal de Barra Mansa, Estado do Rio de Janeiro, mediante as condições estipuladas no Edital de Abertura nº 01/2010, seus anexos e demais disposições legais aplicáveis, TORNA PÚBLICO:
Art. 1º Fica RETIFICADO OS ANEXOS do Edital de Abertura 01/2010, referente ao Conteúdo Programático e as Atribuições dos Cargos:
ONDE SE LÊ:
ANEXO I - CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
COMUNS AOS CARGOS PARA ALFABETIZADOS
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão de texto, sinônimos e antônimos; divisão silábica; aumentativo e diminutivo de adjetivos e substantivos; flexão de adjetivos e substantivo; ortografia oficial; acentuação gráfica.
COMUNS AOS CARGOS DE ENSINO FUNDAMENTAL
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão de texto, sinônimos e antônimos; som e fonema, dígrafo, encontro vocálico e consonantal; divisão silábica; ortografia oficial; acentuação gráfica, aumentativo e diminutivo de adjetivos e substantivos; flexão de adjetivos e substantivos. Sintaxe: tipos de sujeito e de predicado; período composto por coordenação e subordinação; Morfologia: classes de palavras e suas funções (emprego) no texto; formação de palavras.
COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia; Acentuação gráfica; Divisão silábica; Fonética e Fonologia: som e fonema, encontros vocálicos e consonantais; dígrafos. Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis e seus empregos no texto. Tempos simples e compostos dos verbos; Formação de palavras. Elementos de comunicação. Sintaxe. Período simples (termos essenciais e acessórios) e período composto por coordenação e subordinação; concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; sintaxe de colocação pronominal. Emprego dos sinais de pontuação e sua função no texto. Elementos de coesão. Função textual dos vocábulos. Figuras de linguagem. Figuras de sintaxe. Noções de semântica.
LEGISLAÇÃO: Constituição Federal /88: Dos princípios fundamentais. Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos, dos direitos sociais. Administração Pública: disposições gerais e dos servidores públicos. Atos administrativos: conceitos, requisitos, atributos, classificação e espécies. Invalidação dos atos administrativos. Revogação e anulação. Efeitos decorrentes. Legislação estruturante do SUS: Lei 8.080 de 19 de setembro de 1990, Portaria GM/MS n.°1.886 de 18 de dezembro de 1997. Estatuto dos Servidores Públicos Municipais (Lei 525 de 25 de março de 2004) e alterações: Do provimento. Do concurso público. Da posse e do exercício. Do estágio probatório. Da estabilidade. Da lotação. Da jornada de Serviço. Da reintegração. Da reversão. Da disponibilidade. Do aproveitamento. Da vacância. Da acumulação. Dos deveres. Das proibições. Da responsabilidade.
INFORMÁTICA: Conceitos de informática, hardware (memórias, processadores (CPU) e disco de armazenamento HDs, CDs e DVDs) e software (compactador de arquivos, chat, clientes de e-mails, gerenciador de processos). Ambientes operacionais: Windows XP Professional. Processador de texto (Word e BrOffice.org Writer). Planilhas eletrônicas (Excel e BrOffice.org Calc). Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, Protocolos Web, World Wide Web, Navegador Internet (Internet Explorer e Mozilla Firefox), busca e pesquisa na Web.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
AUXILIAR DE PROTOCOLO: Protocolo: Conceito; Correspondência recebida; Classificação da correspondência; Rotina da correspondência; Protocolo da correspondência. Arquivo: Conceito; Classificação dos documentos para arquivo; Arquivo dos documentos; Funções básicas do arquivo; Tipos de arquivo. Documentos: Conceito; Recepção da documentação; Classificação dos documentos. Comunicação interpessoal. Ética. Atendimento ao Público nas organizações. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Controle e Direção. Lei n.º 8.112, de 11dez1990 (Regime jurídico dos servidores públicos civis da União). Administração do tempo. Qualidade em Serviços. Redação Oficial (edição 2002): Capítulo I - Aspectos Gerais da Redação Oficial e Capítulo II: As Comunicações Oficiais.
AUXILIAR DE SECRETARIA: Planejamento e Organização de tarefas. Relacionamento e comunicação interpessoais. Técnicas de atendimento. Administração do tempo. Ética profissional. Gestão da Qualidade. Qualidade em Serviços. Qualidade no atendimento ao público (interno e externo). Gestão do Relacionamento com clientes. Organização de reuniões e agenda. Ata: Elaboração, Planejamento e Preparação de Reuniões, Edital e Pauta. Ética Profissional. Administração do Tempo. Lei n.º 8.112, de 11dez1990 (Regime jurídico dos servidores públicos civis da União). Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle. Arquivo: Técnicas de arquivo, Funções básicas de arquivo, Tipos de arquivo.Documentos: Conceito; Recepção da documentação; Classificação dos documentos. Atendimento ao Público nas Organizações. Redação Oficial (edição 2002): Capítulo I - Aspectos gerais da Redação Oficial, Capítulo II - As Comunicações Oficiais e Capítulo III - Elementos de Ortografia e Gramática (com base na Nova Ortografia da Lingua Portuguesa).
CONTABILISTA DE CONTROLE INTERNO: Fatos contábeis: conceito e classificação. Estrutura patrimonial: ativo, passivo e patrimô-nio líquido; critério de avaliação dos componentes patrimoniais. Gestão: fluxo dos recursos, origem e aplicação: receitas, despesas, apuração e distribuição dos resultados; exercício social e regime contábil; exercício financeiro e lucro real. Registro contábil das operações típicas de uma sociedade comercial. Operações com mercadorias. Inventário: periódico e permanente. Operações financeiras. Demonstrações financeiras de acordo com a Lei nº 6.404/1976 e alterações. Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício; Demonstração dos Lucros ou Prejuízos Acumulados; Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos; Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido. Provisões, participações, reservas e dividendos de acordo com a Lei nº 6.404/1976 e alterações. Princípios e convenções contábeis.Controles internos: Considerações iniciais, Conceito de sistemas de controles internos, Importância e objetivos do sistema de controles internos, Classificação dos controles internos, Diretrizes para a implantação ou revisão de um sistema de controles, Controles internos estratégicos. Normas de Auditoria Independente nas Demonstrações Contábeis, NBC T 11. Conceitos de Auditoria no Controle Interno Estrutura Conceitual Básica de Contabilidade e Resolução 750/93.
ENCARREGADO DE SETOR DE TELEFONIA: NR17 – Ergonomia e Norma Regulamentadora Nº 17 Anexo II - Trabalho em Teleatendimento / Telemarketing, Ergonometria, Ética ao telefone, Gestão da Qualidade, Gestão do Relacionamento com clientes, Atendimento telefônico, O telefone como instrumento de trabalho, Organização de reuniões e agenda, Ética Profissional, Comunicação interpessoal, Administração do Tempo, Lei n.º 8.112, de 11dez1990 (Regime jurídico dos servidores públicos civis da União) e Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle.
MOTORISTA: Código de Trânsito Brasileiro: Regras Gerais de Circulação: Normas Gerais de Circulação e Conduta; Regras de Preferência; Conversões; Dos Pedestres e Condutores não Motorizados; Classificação das Vias; Legislação de Trânsito: Dos Veículos; Registro, Licenciamento e Dimensões; Classificação dos Veículos; Dos equipamentos obrigatórios; Da Condução de Escolares; Dos Documentos de Porte Obrigatório; Da Habilitação; Das Penalidades; Medidas e Processo Administrativo; Das Infrações; Sinalização de Trânsito: A Sinalização de Trânsito; Gestos e Sinais Sonoros; Conjunto de Sinais de Regulamentação; Conjunto de Sinais de Advertência; Placas de Indicação; Direção Defensiva: Direção Preventiva e Corretiva; Automatismos; Condição Insegura e Fundamentos da Prevenção de Acidentes; Leis da Física; Aquaplanagem; Tipos de Acidentes; Primeiros Socorros: Como socorrer; ABC da Reanimação; Hemorragias; Estado de Choque; Fraturas e Transporte de Acidentados; Noções de Mecânica: O Motor; Sistema de Transmissão e Suspensão; Sistema de Direção e Freios; Sistema Elétrico, Pneus e Chassi. Conhecimentos Gerais do Veículo: Conhecimentos Práticos de Operação e Manutenção do veículo; Procedimentos de Segurança; Funcionamento Básico dos Motores; Sistema de Lubrificação; Arrefecimento; Transmissão; Suspensão; Direção; Freios; Pneus; Painel de instrumentos; Sistema Elétrico.
OPERADOR DE SOM: CONCEITOS BÁSICOS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS: frequência, amplitude e unidades de medida, Amplificação; EQUALIZAÇÃO: monofonia e estereofonia, Acústica (Transmissão ao vivo e transmissores em tempo real); Operação de áudio; Captação, gravação e seleção de sinais de áudio, processo de preparação, transmissão e recepção; ELETRÔNICA DE SONS: fontes, antenas, sinais, transmissores, equalizadores, Crossover, amplificadores,compressores e Gate. Tipos de conectores e plugs; cabeamento, Noções de mixagem, Terminologia específica, cross fade, fade, graves, agudos, médios, e estática, Sonoplastia, Áudio analógico e áudio digital. ELEMENTOS DE SONOPLASTIA: Características sonoras dos diversos gêneros musicais, dramáticos e programáticos parâmetros, Características sonoras dos diversos veículos (rádio, televisão, cinema, computador, Aparelho de som); Estúdio: tipos e tratamento acústico, Ajustes acústicos especiais de ambientes ou sets de gravação. MICROFONES: tipos, características técnicas, posicionamento e balanceamento, Características dos periféricos básicos, amplitude, frequência, timbre, famílias de processadores,cabine de controle; Domínio de terminologia específica dos tipos de microfone, Sistemas de RF e distribuição de
antenas para microfones sem fio. CAIXAS ACÚSTICAS: manuseio e instalação, características técnicas de um alto-falante. MESA DE ÁUDIO: identificação e operacionalização de seus elementos, Tape-deck e mini-discs, CD player, Conhecimento, operação e interligação de mesas de áudio, Multiplex, Microfones (Funcionamento, aplicação, posicionamento, instalação e operacionalização). EDIÇÃO DE ÁUDIO: Coordenação e seleção de informações destinadas à veiculação em meios eletrônicos, Captação de sonoras, Equalização de informações em áudio, sinais eletrônicos e efeitos sonoros. PROGRAMAS DE EDIÇÃO EM GERAL: Sistemas e formatos de gravação e armazenagem de registros sonoros(ex: softwares Sound Forge 7.0 ou versão acima)
RECEPCIONISTA: Noções gerais sobre processos de arquivo de documentos. Correspondência comercial (recepção e emissão). Relacionamento interpessoal. Atendimento ao público em geral. Organização do ambiente de trabalho.
TELEFONISTA: Ética ao telefone, atividades e conhecimentos básicos sobre a rotina do trabalho compatível com o cargo. Características adequadas ao profissional de atendimento ao público: eficiência no uso do telefone: uso da voz, vocabulário, informações confidenciais, recados, controles; normas de atendimento ao público; processos de comunicação; noções gerais sobre questões de protocolo; Recebimento e encaminhamento de correspondência; comunicação interpessoal; Operação com PABX: conhecimento de equipamento comum da mesa operadora: características técnicas de funcionamento.
COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia; Acentuação gráfica; Divisão silábica; Fonética e Fonologia: som e fonema, encontros vocálicos e consonantais; dígrafos. Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis e seus empregos no texto. Tempos simples e compostos dos verbos; Formação de palavras. Elementos de comunicação. Sintaxe. Período simples (termos essenciais e acessórios) e período composto por coordenação e subordinação; concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; sintaxe de colocação pronominal . Emprego dos sinais de pontuação e sua função no texto. Elementos de coesão. Função textual dos vocábulos. Figuras de linguagem. Figuras de sintaxe. Noções de semântica.
LEGISLAÇÃO: Constituição Federal /88: Dos princípios fundamentais. Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos, dos direitos sociais. Administração Pública: disposições gerais e dos servidores públicos. Atos administrativos: conceitos, requisitos, atributos, classificação e espécies. Invalidação dos atos administrativos. Revogação e anulação. Efeitos decorrentes. Legislação estruturante do SUS: Lei 8.080 de 19 de setembro de 1990, Portaria GM/MS n.°1.886 de 18 de dezembro de 1997. Estatuto dos Servidores Públicos Municipais (Lei 525 de 25 de março de 2004) e alterações: Do provimento. Do concurso público. Da posse e do exercício. Do estágio probatório. Da estabilidade. Da lotação. Da jornada de Serviço. Da reintegração. Da reversão. Da disponibilidade. Do aproveitamento. Da vacância. Da acumulação. Dos deveres. Das proibições. Da responsabilidade.
INFORMÁTICA: Conceitos de informática, hardware (memórias, processadores (CPU) e disco de armazenamento HDs, CDs e DVDs) e software (compactador de arquivos, chat, clientes de e-mails, gerenciador de processos). Ambientes operacionais: Windows XP Professional. Processador de texto (Word e BrOffice.org Writer). Planilhas eletrônicas (Excel e BrOffice.org Calc). Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, Protocolos Web, World Wide Web, Navegador Internet (Internet Explorer e Mozilla Firefox), busca e pesquisa na Web.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
AUXILIAR DE ASSESSORIA DE IMPRENSA: Definição de Comunicação e sua importância na organização social. Assessoria de Imprensa – O Perfil do profissional de comunicação para o trabalho de assessoria de imprensa e a delimitação do campo de atuação do assessor de imprensa. Instrumentos para o trabalho de assessoria de imprensa. Principais diferenças na atuação do assessor de imprensa, do publicitário e do relações públicas. Instrumentos para o desenvolvimento da Assessoria de Imprensa – A produção do press-release e a relação com os profissionais da imprensa, fonte de informação. O profissional de imprensa e as novas tecnologias. O papel do assessor nos órgãos públicos e na iniciativa privada. A produção de notícias e as rotinas de assessoria de imprensa. Mídia Training. Produtos de uma assessoria de comunicação: Veículos de comunicação internos e externos (house organ, revista, newsletter). Estratégias de publicações jornalísticas empresariais; Desenvolvimento de slogans e campanhas; Clipping, clipping eletrônico. Produção de releases, comunicados e notas oficiais: critérios de noticiabilidade.
OFICIAL ADMINISTRATIVO: Lei n.º 4.320/64 (Lei do Orçamento). Lei n.º 8.666/93 e alterações (Lei da Licitação). Lei n.º 11.107/05 (Lei dos Consórcios Públicos). Lei Complementar n.º 101/2000 (Lei de Responsabilidade Fiscal). Lei n.º 8.112, de 11dez1990 (Regime jurídico dos servidores públicos civis da União). Constituição Federal (arts. 29 a 54). Atendimento ao Público nas Organizações. Qualidade no atendimento do público (interno e externo). Ética Profissional. Direito Administrativo: Administração Pública (Direta e Indireta), Agentes Públicos, Princípios Constitucionais no Direito Administrativo, Ato Administrativo, Processo Administrativo, Contrato Administrativo, Serviços Públicos, Bens Públicos, Poderes Administrativos. Arquivo: Conceito; Classificação dos documentos para arquivo; Arquivo dos documentos; Funções básicas do arquivo; Tipos de arquivo. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle. Documentos: Conceito; Recepção da documentação; Classificação dos documentos.
OFICIAL DE ATAS: Redação Oficial (edição 2002): Capítulo I - Aspectos Gerais da Redação Oficial, Capítulo II: As Comunicações Oficiais e Capítulo III Elementos de Ortografia e Gramática (com base na Nova Ortografia da Língua Portuguesa). Ata: Elaboração; Planejamento e Preparação de Reuniões; Edital e Pauta. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Controle e Direção. Lei n.º 8.112, de 11dez1990 (Regime jurídico dos servidores públicos civis da União). Administração do tempo. Ética. Noções básicas de arquivo. Comunicação Interpessoal. Atendimento público nas organizações. Qualidade no atendimento.
OFICIAL DE LIVROS: Redação Oficial (edição 2002): Capítulo I - Aspectos Gerais da Redação Oficial, Capítulo II: As Comunicações Oficiais e Capítulo III Elementos de Ortografia e Gramática (com base na Nova Ortografia da Língua Portuguesa). Ata: Elaboração; Planejamento e Preparação de Reuniões; Edital e Pauta. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Controle e Direção. Lei n.º 8.112, de 11dez1990 (Regime jurídico dos servidores públicos civis da União). Administração do tempo. Ética. Noções básicas de arquivo. Comunicação Interpessoal. Atendimento público nas organizações. Qualidade no atendimento.
ANEXO II – ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS
AUXILIAR DE ASSESSORIA DE IMPRENSA: Auxiliar o assessor de imprensa nas seguintes atividades profissionais: prestar assessoramento em assuntos relacionados com a imprensa e demais órgãos de comunicação, estabelecer relações sólidas e confiáveis com os meios de comunicação e seus agentes, com o objetivo de tornar-se fonte de informação respeitada e requisitada, criar situações para a cobertura sobre as atividades do assessorado, para alcançar e manter – e, em alguns casos, recuperar – uma boa imagem junto à opinião pública, apresentar, firmar e consolidar as informações pertinentes aos interesses do assessorado no contexto midiático local e nacional, capacitar o assessorado e outras fontes de informações institucionais a entender e lidar com a imprensa. Sempre que necessário, substituir o assessor nos trabalhos a ele destinado. Cumprir demais determinações da Mesa Executiva, quando solicitado.
AUXILIAR DE PROTOCOLO: Receber e registrar os papéis entrados na secretaria acompanhando seu andamento, controlando os prazos, arquivando-os a final, se encerrados; expedir a correspondência da secretaria geral; prestar aos órgãos da Câmara Municipal as informações que lhe competirem e às partes as referentes ao andamento dos processos e despachos finais ou definitivos; distribuir os papéis ou processos que devam ser informados; receber, selecionar e dividir todos os documentos a serem expedidos à diversas repartições da Câmara Municipal, distribuindo-os aos funcionários encarregados das relações de remessa.
AUXILIAR DE SECRETARIA: Receber e registrar os papéis entrados na secretaria acompanhando seu andamento, controlando os prazos, arquivando-os a final, se encerrados; expedir a correspondência da secretaria geral; prestar aos órgãos da Câmara Municipal as informações que lhe competirem e às partes as referentes ao andamento dos processos e despachos finais ou definitivos; distribuir os papéis ou processos que devam ser informados; receber, selecionar e dividir todos os documentos a serem expedidos à diversas repartições da Câmara Municipal, distribuindo-os aos funcionários encarregados das relações de remessa.
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS: Abrir e fechar as instalações do prédio da Câmara, nos horários regulamentares; ligar, quando necessário, os ventiladores, luzes e demais aparelhos elétricos e desligá-los ao final do expediente; hastear as Bandeiras Nacional, Estadual e Municipal, em locais e épocas determinadas; transportar documentos e materiais internamente, entre as próprias unidades da Câmara, ou externamente quando determinado; manter limpos os móveis e arrumados os locais de trabalho, bem como instalações sanitárias; manter arrumado e zelar pelo material sob sua guarda; solicitar ao Diretor de Secretaria requisição de material de limpeza, de açúcar, café e outros materiais, quando necessários; executar pequenos mandados pessoais; prestar informações simples, pessoalmente ou por telefone, e encaminhar visitantes; receber e transmitir recados; fazer e servir café, água; lavar copos, xícaras, cafeteiras, coadores e demais utensílios pertinentes; executar outras tarefas afins, que forem determinadas pelo Diretor de Secretaria.
CONTABILISTA DE CONTROLE INTERNO: Levantar o sistema de controle interno; verificar se o sistema levantado é o que está sendo seguido na prática; avaliar a possibilidade de o sistema revelar de imediato os erros e irregularidades; determinar tipo, data e volume dos procedimentos de auditoria; assegurar que todos os procedimentos de controle sejam executados; detectando erros e irregularidades; apurar as responsabilidades por eventuais omissões na realização das transações da empresa.
ENCARREGADO DE SETOR DE TELEFONIA: Executar o serviço de telefonia da Câmara Municipal; proceder às ligações telefônicas que lhe forem solicitadas pelos vereadores e funcionários; comparecer às reuniões plenárias para exercício de sua função.
MOTORISTA: Dirigir os veículos de propriedade da Câmara; verificar, diariamente, as condições do veículo, antes de sua utilização; fazer pequenos reparos de emergência; anotar e comunicar ao Diretor de Secretaria, quaisquer defeitos que necessitem dos serviços de mecânica, para reparos mecânicos e consertos; registrar, quando determinado, a quilometragem do veículo, no começo e no final do serviço, anotando as horas de saídas e chegada; comunicar ao Diretor de Secretaria ou, em sua ausência, ao seu substituto qualquer ocorrência extraordinária; conduzir vereadores ou funcionários da Câmara a local e em hora determinados, conforme itinerário estabelecido ou instrução específica; recolher, periodicamente, o veículo à oficina especializada para revisão e lubrificação, após a devida autorização; manter a boa aparência do veículo; recolher o veículo após o serviço, deixando-o em local apropriado, com portas e janelas trancadas, entregando as chaves ao responsável por sua guarda, se for o caso, ou com elas permanecendo, em caso contrário; executar outras tarefas afins que lhe forem determinadas pelo Diretor de Secretaria ou pela Presidência.
OFICIAL ADMINISTRATIVO: Redigir ou participar da redação de ofícios, cartas, despachos e demais expedientes, segundo normas preestabelecidas; redigir portarias, ordens de serviço, editais e demais atos administrativos, inclusive autógrafos de lei, seguindo modelos específicos; estudar e informar processos simples , dentro de orientação geral; conferir, anotar e informar expediente que exija discernimento e capacidade crítica e analítica; registrar a tramitação de papéis e fiscalizar o cumprimento das normas referentes a protocolo; datilografar documentos, redigidos e aprovados, conferir a datilografia e encaminhá-los para assinatura, se for o caso; datilografar formulários, relatórios, balanços e balancetes, manuais de serviços e outros documentos redigidos e aprovados, conferir a datilografia e encaminhar o documento para assinatura, se for o caso; datilografar quadros, tabelas e mapas estatísticos; marcar entrevistas e reuniões; assistir a reuniões, quando solicitado, e elaborar as respectivas atas; transmitir e encaminhar ordens e avisos; ler, selecionar, registrar e arquivar, quando for o caso, documentos e publicações de interesse da unidade administrativa onde exerce as funções; colecionar leis, decretos e outros atos normativos de interesse da repartição; receber, classificar, fichar, guardar e conservar processos, livros e demais documentos segundo normas e códigos preestabelecidos; verificar as necessidades de material da unidade administrativa em que serve, e preencher ou solicitar o preenchimento de requisições de material ao almoxarifado; guardar o material em perfeita ordem de armazenamento e conservação; preparar editais de concurso; elaborar escala de serviços da unidade, quando solicitado; executar outras tarefas afins.
OFICIAL DE ATAS: Participar das reuniões da Câmara, anotando os elementos para elaboração das respectivas Atas; consultar as gravações das reuniões para, juntamente com os elementos escolhidos, elaborar as Atas; ficar a disposição do Diretor de Secretaria, em especial para lavratura de registros de leis, resoluções, portarias, etc... em livros apropriados; cumprir as demais determinações oriundas do Diretor de Secretaria.
OFICIAL DE LIVROS: Participar das reuniões da Câmara, anotando os elementos para elaboração das respectivas Atas; consultar as gravações das reuniões para, juntamente com os elementos escolhidos, elaborar as Atas; ficar a disposição do Diretor de Secretaria, em especial para lavratura de registros de leis, resoluções, portarias, etc... em livros apropriados; cumprir as demais determinações oriundas do Diretor de Secretaria.
OPERADOR DE SOM: Participar das reuniões da Câmara, gravando-as; organizar a utilização das fitas a serem usadas nas gravações das reuniões; ficar responsável por todo o material de som e conservação das fitas, solicitando sua contribuição ao Diretor de Secretaria, quando necessário; cumprir demais determinações oriundas do Diretor de Secretaria.
RECEPCIONISTA: Recepcionar visitantes, anunciando-os às pessoas ou áreas requisitadas e aguardando a autorização para encaminhamento ou comunicação de dispensa. Prestar serviço de apoio, fornecendo informações gerais e procedendo ao bom encaminhamento dos visitantes. Manter controle de todas as visitas efetuadas à Unidade/Órgão, para assegurar a ordem e a segurança.
TELEFONISTA: Atender as chamadas telefônicas internas e externas , operando em mesa telefônica, ou outros aparelhos, movimentando dispositivos em geral, para estabelecer comunicações internas, locais ou interurbanas. Atender chamadas telefônicas internas e externas, operando em troncos e ramais, transferindo-as ou prestando informações. Verificar defeitos nos ramais da mesa de operação e providenciar os reparos necessários. Registrar as chamadas em impressos adequados, encaminhando as informações às unidades pertinentes. Atender a pedidos de informações telefônicas, anotar recados e registrar chamadas. Colaborar com a manutenção dos equipamentos de trabalho, zelando por eles, comunicando defeitos e solicitando seu conserto, para assegurar-lhes perfeitas condições de funcionamento. Zelar pela guarda, conservação, manutenção e limpeza dos equipamentos, instrumentos e materiais utilizados, bem como do local de trabalho. Executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu superior.
VIGIA NOTURNO: Zelar pela guarda do patrimônio e exercer vigilância dos locais preestabelecidos. Orientar pessoas que eventualmente circulem em locais inadequados. Trabalhar em regime de turnos e escalas de rodízios e revezamento, atendendo as escalas previamente definidas, para manter a segurança das dependências e patrimônio da instituição.
Percorrer sistematicamente e inspecionar seus locais de trabalho, evitando incêndios, roubos, entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades. Fiscalizar as entradas e saídas dos edifícios e estacionamentos, tomando as providências necessárias para quaisquer fatos anormais verificados. Informar o supervisor ou outra autoridade sobre a ocorrência de fatos anormais. Monitorar espaço, através de circuito fechado de TV. Manter-se em seu posto de serviço até sua rendição. Zelar pela segurança individual e coletiva, utilizando equipamentos de proteção apropriados, quando da execução dos serviços. Zelar pela guarda, conservação, manutenção e limpeza dos equipamentos, instrumentos e materiais utilizados, bem como do local de trabalho. Executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu supervisor. Exercer vigilância interna e externa, inspecionando as dependências de seu local de trabalho, controlando a movimentação de pessoas, veículos e materiais, constatando irregularidades, e tomando as providências necessárias para assegurar a ordem e a segurança nos locais e áreas sob sua responsabilidade.
LÊIA-SE:

COMUNS AOS CARGOS PARA ALFABETIZADOS
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão de texto, sinônimos e antônimos; divisão silábica; aumentativo e diminutivo de adjetivos e substantivos; flexão de adjetivos e substantivo; ortografia oficial; acentuação gráfica.
COMUNS AOS CARGOS DE ENSINO FUNDAMENTAL
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão de texto, sinônimos e antônimos; som e fonema, dígrafo, encontro vocálico e consonantal; divisão silábica; ortografia oficial; acentuação gráfica, aumentativo e diminutivo de adjetivos e substantivos; flexão de adjetivos e substantivos. Sintaxe: tipos de sujeito e de predicado; período composto por coordenação e subordinação; Morfologia: classes de palavras e suas funções (emprego) no texto; formação de palavras.
COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL MÉDIO
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia; Acentuação gráfica (Com base na Nova Ortografia da Língua Portuguesa); Divisão silábica; Fonética e Fonologia: som e fonema, encontros vocálicos e consonantais; dígrafos. Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis e seus empregos no texto. Tempos simples e compostos dos verbos; Formação de palavras. Elementos de comunicação. Sintaxe. Período simples (termos essenciais e acessórios) e período composto por coordenação e subordinação; concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; sintaxe de colocação pronominal . Emprego dos sinais de pontuação e sua função no texto. Elementos de coesão. Função textual dos vocábulos. Figuras de linguagem. Figuras de sintaxe. Noções de semântica.
LEGISLAÇÃO: Constituição Federal/88: Dos princípios fundamentais. Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos, dos direitos sociais. Administração Pública: disposições gerais e dos servidores públicos. Estatuto dos Servidores Públicos Municipais (Lei Mun. 1.718/83), Regime Jurídico Único (Lei Mun. 3.380/02), Fundo de Previdência (Lei Mun. 3.545/05), Lei Orgânica Municipal (Edição 2008), Regimento Interno da Câmara Municipal de Barra Mansa (Edição 2008), e respectivas alterações.
INFORMÁTICA: Conceitos de informática, hardware (memórias, processadores (CPU) e disco de armazenamento HDs, CDs e DVDs) e software (compactador de arquivos, chat, clientes de e-mails, gerenciador de processos). Ambientes operacionais: Windows XP Professional. Processador de texto (Word). Planilhas eletrônicas (Excel). Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, Protocolos Web, World Wide Web, Navegador Internet (Internet Explorer e Mozilla Firefox), busca e pesquisa na Web.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
AUXILIAR DE PROTOCOLO: Protocolo: Conceito; Correspondência recebida; Classificação da correspondência; Rotina da correspondência; Protocolo da correspondência. Arquivo: Conceito; Classificação dos documentos para arquivo; Arquivo dos documentos; Funções básicas do arquivo; Tipos de arquivo. Documentos: Conceito; Recepção da documentação; Classificação dos documentos. Comunicação interpessoal. Ética. Atendimento ao Público nas organizações. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Controle e Direção. Administração do tempo. Qualidade em Serviços. Redação Oficial: Capítulo I - Aspectos Gerais da Redação Oficial e Capítulo II: As Comunicações Oficiais.
AUXILIAR DE SECRETARIA: Planejamento e Organização de tarefas. Relacionamento e comunicação interpessoais. Técnicas de atendimento. Administração do tempo. Ética profissional. Qualidade em Serviços. Qualidade no atendimento ao público (interno e externo). Organização de reuniões e agenda. Ata: Elaboração, Planejamento e Preparação de Reuniões, Edital e Pauta. Ética Profissional. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle. Arquivo: Técnicas de arquivo, Funções básicas de arquivo, Tipos de arquivo. Documentos: Conceito; Recepção da documentação; Classificação dos documentos. Atendimento ao Público nas Organizações. Redação Oficial (Edição 2002): Capítulo I - Aspectos gerais da Redação Oficial, Capítulo II - As Comunicações Oficiais e Capítulo III - Elementos de Ortografia e Gramática (Com base na Nova Ortografia da Língua Portuguesa).
CONTABILISTA DE CONTROLE INTERNO: Lei 4.320/64 e Lei Complementar 101/2000 e respectivas alterações. Constituição Federal/88: Dos princípios fundamentais. Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos, dos direitos sociais. Administração Pública: disposições gerais e dos servidores públicos. Estatuto dos Servidores Públicos Municipais (Lei Mun. 1.718/83), Regime Jurídico Único (Lei Mun. 3.380/02), Fundo de Previdência (Lei Mun. 3.545/05), Lei Orgânica Municipal (Edição 2008), Regimento Interno da Câmara Municipal de Barra Mansa (Edição 2008), e respectivas alterações.
ENCARREGADO DE SETOR DE TELEFONIA: NR17 – Ergonomia e Norma Regulamentadora Nº 17 Anexo II - Trabalho em Teleatendimento / Telemarketing, Ergonometria, Ética ao telefone, Gestão da Qualidade, Gestão do Relacionamento com público, Atendimento telefônico, O telefone como instrumento de trabalho, Organização de reuniões e agenda, Ética Profissional, Comunicação interpessoal, Administração do Tempo e Funções administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle.
MOTORISTA: Código de Trânsito Brasileiro: Regras Gerais de Circulação: Normas Gerais de Circulação e Conduta; Regras de Preferência; Conversões; Dos Pedestres e Condutores não Motorizados; Classificação das Vias; Legislação de Trânsito: Dos Veículos; Registro, Licenciamento e Dimensões; Classificação dos Veículos; Dos equipamentos obrigatórios; Da Condução de Escolares; Dos Documentos de Porte Obrigatório; Da Habilitação; Das Penalidades; Medidas e Processo Administrativo; Das Infrações; Sinalização de Trânsito: A Sinalização de Trânsito; Gestos e Sinais Sonoros; Conjunto de Sinais de Regulamentação; Conjunto de Sinais de Advertência; Placas de Indicação; Direção Defensiva: Direção Preventiva e Corretiva; Automatismos; Condição Insegura e Fundamentos da Prevenção de Acidentes; Leis da Física; Aquaplanagem; Tipos de Acidentes; Primeiros Socorros: Como socorrer; ABC da Reanimação; Hemorragias; Estado de Choque; Fraturas e Transporte de Acidentados; Noções de Mecânica: O Motor; Sistema de Transmissão e Suspensão; Sistema de Direção e Freios; Sistema Elétrico, Pneus e Chassi. Conhecimentos Gerais do Veículo: Conhecimentos Práticos de Operação e Manutenção do veículo; Procedimentos de Segurança; Funcionamento Básico dos Motores; Sistema de Lubrificação; Arrefecimento; Transmissão; Suspensão; Direção; Freios; Pneus; Painel de instrumentos; Sistema Elétrico.
OPERADOR DE SOM: CONCEITOS BÁSICOS ONDAS ELETROMAGNÉTICAS: frequência, amplitude e unidades de medida, Amplificação; EQUALIZAÇÃO: monofonia e estereofonia, Acústica (Transmissão ao vivo e transmissores em tempo real); Operação de áudio; Captação, gravação e seleção de sinais de áudio, processo de preparação, transmissão e recepção; ELETRÔNICA DE SONS: fontes, antenas, sinais, transmissores, equalizadores, Crossover, amplificadores,compressores e Gate. Tipos de conectores e plugs; cabeamento, Noções de mixagem, Terminologia específica, cross fade, fade, graves, agudos, médios, e estática, Sonoplastia, Áudio analógico e áudio digital. ELEMENTOS DE SONOPLASTIA: Características sonoras dos diversos gêneros musicais, dramáticos e programáticos parâmetros, Características sonoras dos diversos veículos (rádio, televisão, cinema, computador, Aparelho de som); Estúdio: tipos e tratamento acústico, Ajustes acústicos especiais de ambientes ou sets de gravação. MICROFONES: tipos, características técnicas, posicionamento e balanceamento, Características dos periféricos básicos, amplitude, frequência, timbre, famílias de processadores,cabine de controle; Domínio de terminologia específica dos tipos de microfone, Sistemas de RF e distribuição de antenas para microfones sem fio. CAIXAS ACÚSTICAS: manuseio e instalação, características técnicas de um altofalante. MESA DE ÁUDIO: identificação e operacionalização de seus elementos, Tape-deck e mini-discs, CD player, Conhecimento, operação e interligação de mesas de áudio, Multiplex, Microfones (Funcionamento, aplicação, posicionamento, instalação e operacionalização). EDIÇÃO DE ÁUDIO: Coordenação e seleção de informações destinadas à veiculação em meios eletrônicos, Captação de sonoras, Equalização de informações em áudio, sinais eletrônicos e efeitos sonoros. PROGRAMAS DE EDIÇÃO EM GERAL: Sistemas e formatos de gravação e armazenagem de registros sonoros(ex: softwares Sound Forge 7.0 ou versão acima)
RECEPCIONISTA: Noções gerais sobre processos de arquivo de documentos. Correspondência comercial (recepção e emissão). Relacionamento interpessoal. Atendimento ao público em geral. Organização do ambiente de trabalho.
TELEFONISTA: Ética ao telefone, atividades e conhecimentos básicos sobre a rotina do trabalho compatível com o cargo. Características adequadas ao profissional de atendimento ao público: eficiência no uso do telefone: uso da voz, vocabulário, informações confidenciais, recados, controles; normas de atendimento ao público; processos de comunicação; noções gerais sobre questões de protocolo; Recebimento e encaminhamento de correspondência; comunicação interpessoal; Operação com PABX: conhecimento de equipamento comum da mesa operadora: características técnicas de funcionamento.
COMUNS AOS CARGOS DE NÍVEL SUPERIOR
LÍNGUA PORTUGUESA: Compreensão e interpretação de texto. Ortografia; Acentuação gráfica (Com base na Nova Ortografia da Língua Portuguesa); Divisão silábica; Fonética e Fonologia: som e fonema, encontros vocálicos e consonantais; dígrafos. Morfologia: classes de palavras variáveis e invariáveis e seus empregos no texto. Tempos simples e compostos dos verbos; Formação de palavras. Elementos de comunicação. Sintaxe. Período simples (termos essenciais e acessórios) e período composto por coordenação e subordinação; concordância verbal e nominal; regência verbal e nominal; sintaxe de colocação pronominal . Emprego dos sinais de pontuação e sua função no texto. Elementos de coesão. Função textual dos vocábulos. Figuras de linguagem. Figuras de sintaxe. Noções de semântica.
LEGISLAÇÃO: Constituição Federal /88: Dos princípios fundamentais. Dos direitos e garantias fundamentais: dos direitos e deveres individuais e coletivos, dos direitos sociais. Administração Pública: disposições gerais e dos servidores públicos. Estatuto dos Servidores Públicos Municipais (Lei Mun. 1.718/83) Regime Jurídico Único (Lei Mun. 3.380/02), Fundo de Previdência (Lei Mun. 3.545/05), Lei Orgânica Municipal (Edição 2008), Regimento Interno da Câmara Municipal de Barra Mansa (Edição 2008), e respectivas alterações, Lei 8.666/93 e suas alterações (Lei de Licitações). Lei Complementar Nº 101/2000 (Lei da Responsabilidade Fiscal). DIREITO ADMINISTRATIVO: Administração Pública (Direta e Indireta), Agentes Públicos, Princípios Constitucionais no Direito Administrativo, Ato Administrativo, Processo Administrativo, Contrato Administrativo, Serviços Públicos, Bens Públicos e Poderes Administrativos.
INFORMÁTICA: Conceitos de informática, hardware (memórias, processadores (CPU) e disco de armazenamento HDs, CDs e DVDs) e software (compactador de arquivos, chat, clientes de e-mails, gerenciador de processos). Ambientes operacionais: Windows XP Professional. Processador de texto (Word). Planilhas eletrônicas (Excel). Conceitos de tecnologias relacionadas à Internet e Intranet, World Wide Web, Navegador Internet (Internet Explorer e Mozilla Firefox), busca e pesquisa na Web.
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
AUXILIAR DE ASSESSORIA DE IMPRENSA: Definição de Comunicação e sua importância na organização social. Assessoria de Imprensa – O Perfil do profissional de comunicação para o trabalho de assessoria de imprensa e a delimitação do campo de atuação do assessor de imprensa. Instrumentos para o trabalho de assessoria de imprensa. Principais diferenças na atuação do assessor de imprensa, do publicitário e do relações públicas. Instrumentos para o desenvolvimento da Assessoria de Imprensa – A produção do press-release e a relação com os profissionais da imprensa, fonte de informação. O profissional de imprensa e as novas tecnologias. O papel do assessor nos órgãos públicos e na iniciativa privada. A produção de notícias e as rotinas de assessoria de imprensa. Mídia Training. Produtos de uma assessoria de comunicação: Veículos de comunicação internos e externos (house organ, revista, newsletter). Estratégias de publicações jornalísticas empresariais; Desenvolvimento de slogans e campanhas; Clipping, clipping eletrônico. Produção de releases, comunicados e notas oficiais: critérios de noticiabilidade. Lei 5.250/67 (Lei da Imprensa).
OFICIAL ADMINISTRATIVO: Atendimento ao Público nas Organizações. Qualidade no atendimento do público (interno e externo). Ética Profissional. Direito Administrativo: Administração Pública (Direta e Indireta), Agentes Públicos, Princípios Constitucionais no Direito Administrativo, Ato Administrativo, Processo Administrativo, Contrato Administrativo, Serviços Públicos, Bens Públicos, Poderes Administrativos. Arquivo: Conceito; Classificação dos documentos para arquivo; Arquivo dos documentos; Funções básicas do arquivo; Tipos de arquivo. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Direção e Controle. Documentos: Conceito; Recepção da documentação; Classificação dos documentos.
OFICIAL DE ATAS: Redação Oficial: Capítulo I - Aspectos Gerais da Redação Oficial, Capítulo II: As Comunicações Oficiais e Capítulo III Elementos de Ortografia e Gramática (Com base na Nova Ortografia da Língua Portugusa). Ata: Elaboração; Planejamento e Preparação de Reuniões; Edital e Pauta. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Controle e Direção. Administração do tempo. Ética. Noções básicas de arquivo. Comunicação Interpessoal. Atendimento público nas organizações. Qualidade no atendimento.
OFICIAL DE LIVROS: Redação Oficial (edição 2002): Capítulo I - Aspectos Gerais da Redação Oficial, Capítulo II: As Comunicações Oficiais e Capítulo III Elementos de Ortografia e Gramática (Edição 2002). Ata: Elaboração; Planejamento e Preparação de Reuniões; Edital e Pauta. Funções Administrativas: Planejamento, Organização, Controle e Direção. Administração do tempo. Ética. Noções básicas de arquivo. Comunicação Interpessoal. Atendimento público nas organizações. Qualidade no atendimento.
ANEXO II – ATRIBUIÇÕES DOS CARGOS
AUXILIAR DE ASSESSORIA DE IMPRENSA: Auxiliar o assessor de imprensa nas seguintes atividades profissionais: prestar assessoramento em assuntos relacionados com a imprensa e demais órgãos de comunicação, estabelecer relações sólidas e confiáveis com os meios de comunicação e seus agentes, com o objetivo de tornar-se fonte de informação respeitada e requisitada, criar situações para a cobertura sobre as atividades do assessorado, para alcançar e manter – e, em alguns casos, recuperar – uma boa imagem junto à opinião pública, apresentar, firmar e consolidar as informações pertinentes aos interesses do assessorado no contexto midiático local e nacional, capacitar o assessorado e outras fontes de informações institucionais a entender e lidar com a imprensa. Sempre que necessário, substituir o assessor nos trabalhos a ele destinados. Cumprir demais determinações da Mesa Executiva, quando solicitado.
AUXILIAR DE PROTOCOLO: Receber e registrar os papéis entrados na secretaria acompanhando seu andamento, controlando os prazos, arquivando-os a final, se encerrados; expedir a correspondência da secretaria geral; prestar aos órgãos da Câmara Municipal de Barra Mansa as informações que lhe competirem e às partes as referentes ao andamento dos processos e despachos finais ou definitivos; distribuir os papéis ou processos que devam ser informados; receber, selecionar e dividir todos os documentos a serem expedidos as diversas repartições da Câmara Municipal de Barra Mansa, distribuindo-os aos funcionários encarregados das relações de remessa.
AUXILIAR DE SECRETARIA: Receber e registrar os papéis entrados na secretaria acompanhando seu andamento, controlando os prazos, arquivando-os a final, se encerrados; expedir a correspondência da secretaria geral; prestar aos órgãos da Câmara Municipal de Barra Mansa as informações que lhe competirem e às partes as referentes ao andamento dos processos e despachos finais ou definitivos; distribuir os papéis ou processos que devam ser informados; receber, selecionar e dividir todos os documentos a serem expedidos as diversas repartições da Câmara Municipal de Barra Mansa, distribuindo-os aos funcionários encarregados das relações de remessa.
AUXILIAR DE SERVIÇOS GERAIS: Abrir e fechar as instalações do prédio da Câmara Municipal de Barra Mansa, nos horários regulamentares; ligar, quando necessário, os ventiladores, luzes e demais aparelhos elétricos e desligá-los ao final do expediente; hastear as Bandeiras Nacional, Estadual e Municipal, em locais e épocas determinadas; transportar documentos e materiais internamente, entre as próprias unidades da Câmara Municipal de Barra Mansa, ou externamente quando determinado; manter limpos os móveis e arrumados os locais de trabalho, bem como instalações sanitárias; manter arrumado e zelar pelo material sob sua guarda; solicitar ao Diretor de Secretaria requisição de material de limpeza, de açúcar, café e outros materiais, quando necessários; executar pequenos mandados pessoais; prestar informações simples, pessoalmente ou por telefone, e encaminhar visitantes; receber e transmitir recados; fazer e servir café, água; lavar copos, xícaras, cafeteiras, coadores e demais utensílios pertinentes; executar outras tarefas afins, que forem determinadas pelo Diretor de Secretaria.
CONTABILISTA DE CONTROLE INTERNO: Levantar o sistema de controle interno; verificar se o sistema levantado é o que está sendo seguido na prática; avaliar a possibilidade de o sistema revelar de imediato os erros e irregularidades; determinar tipo, data e volume dos procedimentos de auditoria; assegurar que todos os procedimentos de controle sejam executados; detectando erros e irregularidades; apurar as responsabilidades por eventuais omissões na realização das transações do Órgão.
ENCARREGADO DE SETOR DE TELEFONIA: Executar o serviço de telefonia da Câmara Municipal de Barra Mansa; proceder às ligações telefônicas que lhe forem solicitadas pelos vereadores e funcionários; comparecer às reuniões plenárias para exercício de sua função.
MOTORISTA: Dirigir os veículos de propriedade da Câmara Municipal de Barra Mansa; verificar, diariamente, as condições do veículo, antes de sua utilização; fazer pequenos reparos de emergência; anotar e comunicar ao Diretor de Secretaria, quaisquer defeitos que necessitem dos serviços de mecânica, para reparos mecânicos e consertos; registrar, quando determinado, a quilometragem do veículo, no começo e no final do serviço, anotando as horas de saída e chegada; comunicar ao Diretor de Secretaria ou, em sua ausência, ao seu substituto qualquer ocorrência extraordinária; conduzir vereadores ou funcionários da Câmara Municipal de Barra Mansa a local e em hora determinados, conforme itinerário estabelecido ou instrução específica; recolher, periodicamente, o veículo à oficina especializada para revisão e lubrificação, após a devida autorização; manter a boa aparência do veículo; recolher o veículo após o serviço, deixando-o em local apropriado, com portas e janelas trancadas, entregando as chaves ao responsável por sua guarda, se for o caso, ou com elas permanecendo, em caso contrário; executar outras tarefas afins que lhe forem determinadas pelo Diretor de Secretaria ou pela Presidência.
OFICIAL ADMINISTRATIVO: Redigir ou participar da redação de ofícios, cartas, despachos e demais expedientes, segundo normas preestabelecidas; redigir portarias, ordens de serviço, editais e demais atos administrativos, inclusive autógrafos de lei, seguindo modelos específicos; estudar e informar processos simples , dentro de orientação geral; conferir, anotar e informar expediente que exija discernimento e capacidade crítica e analítica; registrar a tramitação de papéis e fiscalizar o cumprimento das normas referentes a protocolo; digitar documentos, conferi-los e encaminhá-los para assinatura, se for o caso; digitar formulários, relatórios, balanços e balancetes, manuais de serviços e outros documentos, conferi-los e encaminha-los para assinatura, se for o caso; digitar quadros, tabelas e mapas estatísticos; marcar entrevistas e reuniões; assistir a reuniões, quando solicitado, e elaborar as respectivas atas; transmitir e encaminhar ordens e avisos; ler, selecionar, registrar e arquivar, quando for o caso, documentos e publicações de interesse da unidade administrativa onde exerce as funções; colecionar leis, decretos e outros atos normativos de interesse da repartição; receber, classificar, fichar, guardar e conservar processos, livros e demais documentos segundo normas e códigos preestabelecidos; verificar as necessidades de material da unidade administrativa em que serve, e preencher ou solicitar o preenchimento de requisições de material ao almoxarifado; guardar o material em perfeita ordem de armazenamento e conservação; preparar editais de concurso; elaborar escala de serviços da unidade, quando solicitado; executar outras tarefas afins.
OFICIAL DE ATAS: Participar das reuniões da Câmara Municipal de Barra Mansa, anotando os elementos para elaboração das respectivas Atas; consultar as gravações das reuniões para, juntamente com os elementos escolhidos, elaborar as Atas; ficar à disposição do Diretor de Secretaria, em especial para lavratura de registros de leis, resoluções, portarias, etc. em livros apropriados e cumprir as demais determinações oriundas do Diretor de Secretaria.
OFICIAL DE LIVROS: Participar das reuniões da Câmara Municipal de Barra Mansa, anotando os elementos para elaboração das respectivas Atas; consultar as gravações das reuniões para, juntamente com os elementos escolhidos, elaborar as Atas; ficar à disposição do Diretor de Secretaria, em especial para lavratura de registros de leis, resoluções, portarias, etc. em livros apropriados e proceder às averbações necessárias; cumprir as demais determinações oriundas do Diretor de Secretaria.
OPERADOR DE SOM: Participar das reuniões da Câmara Municipal de Barra Mansa, gravando-as; organizar a utilização das fitas a serem usadas nas gravações das reuniões; ficar responsável por todo o material de som e conservação das fitas, solicitando sua contribuição ao Diretor de Secretaria, quando necessário; cumprir demais determinações oriundas do Diretor de Secretaria.
RECEPCIONISTA: Recepcionar visitantes, anunciando-os às pessoas ou áreas requisitadas e aguardando a autorização para encaminhamento ou comunicação de dispensa. Prestar serviço de apoio, fornecendo informações gerais e procedendo ao bom encaminhamento dos visitantes. Manter controle de todas as visitas efetuadas à Unidade/Órgão, para assegurar a ordem e a segurança.
TELEFONISTA: Atender as chamadas telefônicas internas e externas , operando em mesa telefônica, ou outros aparelhos, movimentando dispositivos em geral, para estabelecer comunicações internas, locais ou interurbanas. atender chamadas telefônicas internas e externas, operando em troncos e ramais, transferindo-as ou prestando informações. Verificar defeitos nos ramais da mesa de operação e providenciar os reparos necessários. Registrar as chamadas em impressos adequados, encaminhando as informações às unidades pertinentes. Atender a pedidos de informações telefônicas, anotar recados e registrar chamadas. Colaborar com a manutenção dos equipamentos de trabalho, zelando por eles, comunicando defeitos e solicitando seu conserto, para assegurar-lhes perfeitas condições de funcionamento. Zelar pela guarda, conservação, manutenção e limpeza dos equipamentos, instrumentos e materiais utilizados, bem como do local de trabalho. Executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu superior.
VIGIA NOTURNO: Zelar pela guarda do patrimônio e exercer vigilância dos locais preestabelecidos. Orientar pessoas que eventualmente circulem em locais inadequados. Trabalhar em regime de turnos e escalas de rodízios e revezamento, atendendo as escalas previamente definidas, para manter a segurança das dependências e patrimônio da instituição. Percorrer sistematicamente e inspecionar seus locais de trabalho, evitando incêndios, roubos, entrada de pessoas estranhas e outras anormalidades. Fiscalizar as entradas e saídas dos edifícios e estacionamentos, tomando as providências necessárias para quaisquer fatos anormais verificados. Informar o supervisor ou outra autoridade sobre a ocorrência de fatos anormais. Monitorar espaço, através de circuito fechado de TV. Manter-se em seu posto de serviço até sua rendição. Zelar pela segurança individual e coletiva, utilizando equipamentos de proteção apropriados, quando da execução dos serviços. Zelar pela guarda, conservação, manutenção e limpeza dos equipamentos, instrumentos e materiais utilizados, bem como do local de trabalho. Executar outras tarefas correlatas, conforme necessidade ou a critério de seu supervisor. Exercer vigilância interna e externa, inspecionando as dependências de seu local de trabalho, controlando a movimentação de pessoas, veículos e materiais, constatando irregularidades, e tomando as providências necessárias para assegurar a ordem e a segurança nos locais e áreas sob sua responsabilidade.
Art. 2º Este Edital entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
Barra Mansa, 29 de setembro de 2010.
Câmara Municipal de Barra Mansa

O TOM DO RECADO - O GLOBO.


Miriam Leitão
A pergunta feita a um empresário, numa conversa com várias pessoas, foi: "É verdade que emissários do PT telefonam para empresas avisando que sabem quem não está fazendo doações para a campanha?"
O empresário respondeu: "Para mim, telefonaram e foram pessoalmente dizer que notaram que eu não tinha feito doação na última eleição nem tinha feito ainda nesta."
Eu ouvi essa conversa estarrecedora. Esse tipo de encaminhamento do pedido de doação, se estiver generalizado, é uma forma de ameaça.
A frase: "Notamos que você não fez doação na última eleição e ainda não fez nesta" pode ser entendida pelo que está embutido: estamos de olho em você.
O Estado, hoje, é quem concede a maioria do crédito; o BNDES aumentou de forma extravagante suas concessões de empréstimo subsidiado e a arbitrariedade de suas escolhas dos "campeões", que o faz negar créditos a alguns e conceder em excesso a outros que, na visão do banco, estão mais aptos a vencer a competição global.
A mistura é explosiva: de um lado, um Estado com poder de vida e morte sobre as empresas; de outro, emissários do partido do governo com uma ameaça embutida na formulação do pedido.
Hoje, um dos grandes riscos que a sociedade brasileira corre é exatamente esse poder excessivo do Estado, controlado como donataria pelo partido do governo. O Estado é o grande comprador, o grande financiador, o grande sócio em qualquer empreendimento. Como ficar contra ele?
Por outro lado: ficando a favor dele, que grandes vantagens se pode ter! Os empresários só falam mal do governo se seus nomes não aparecerem; todos eles estão sendo beneficiados por alguma grande obra, algum grande contrato, alguma licença; ou sonham ser beneficiados no futuro.
Um dos maiores empresários do país foi chamado para uma conversa cheia de ameaças indiretas por ele ter feito declarações contra uma das polêmicas obras que promete ser sorvedouro de dinheiro público.
O governo cooptou movimentos sociais, sindicalistas, parte do movimento cultural, através da distribuição de benesses, patrocínios, contratos e financiamentos. Mas a cooptação dos empresários é mais direta.
Algumas empresas não têm capacidade alguma de bancar os empréstimos que recebem, ou outras são viabilizadas por aderirem aos grandes projetos em que todo o risco é público.
Nas sombras de um Estado gigante, tudo viceja, como os intermediários de negócios, mesmo que eles não tenham delegação para entregar o que prometem. Com um Estado todo poderoso, qualquer espertalhão pode dizer que é a ligação direta com quem decide e pedir uma comissão para isso.
Mesmo que não houvesse casos de corrupção, comprovadamente ligados ao governo, ainda assim, seria o ambiente certo para a propagação dos casos nebulosos de pedidos de propina.

Nota do Blog: Numa determinada cidade no interior fluminense, cujos índices oficiais de qualidade de vida são sistematicamente descendentes, percebem-se práticas muito similares, aliás, o que essa gente tem de facilidade de aprender e empregar práticas nefastas, é impressionante.

A "MULHER" DE LULA.



PRIMEIRA-BARANGA.
Quem não gostava de Lula, bem feito. Agora vai ter que engolir Lula e a mulher de Lula”.
A frase acima é do deputado Henrique Eduardo Alves, líder do PMDB na Câmara. Ele a repete à exaustão nos comícios que realiza no Rio Grande do Norte.
Candidato à reeleição, Henrique escora sua campanha nas “conquistas” da gestão Lula.
O deputado corre o mapa de seu Estado. Sobre o palanque, pede votos para si, para os seus e para a “a mulher de Lula”.
A conversão de Dilma Rousseff em primeira-dama informal já rendeu ao deputado uma queixa da titular do posto.
Num comício realizado na sexta-feira (24), na cidade de Macau, Henrique contou à platéia que o presidente do PT, José Eduardo Dutra, o havia procurado.
Trazia um recado de Marisa Letícia: “Dutra, avise ao deputado Henrique que a mulher de Lula sou eu”. O deputado não se deu por achado: “Eu disse ao Dutra: diga pra dona Marisa que, até 3 de outubro, a mulher de Lula não é ela, é Dilma”.
Noutro trecho do discurso, disse: “Se a mulher de Lula não ganhar essa eleição, o povo ia pensar: por que o Bolsa Família, o Luz pra Todos, o Minha Casa, Minha Vida?...”
E arrematou: “Por isso a sua mulher vai se eleger, para continuar o governo dele. Vamos continuar o governo Lula votando na mulher de Lula”.
“Eu conseguia as coisas com Lula. Agora vai ter a mulher dele".
Henrique é, entre os 513 deputados da Câmara, o dono do mandato mais longevo: 40 anos. Caminha para a 11ª legislatura.
Segundo alguns, o inferno é aqui mesmo, e em parte a gente concorda.
O "cara" nunca trabalhou mas virou líder "trabalhista", nunca estudou mas virou "intelectual", não vê "nada", mas todo mundo crê que ele "sabe tudo", seu filho de porteiro virou milionário numa ascensão inimaginável em apenas dois anos, tem quatro dedos mas afana com cinquenta, bebe pra cacete e não tem ressaca, enfim, poderíamos pensar...Um felizardo.
Mas em compensação, olha as duas mulheres dele.
Tá com pena? Leva procê.